Resenha: Salvando Forever - Salvando Forever #1 - Lexy Timms


Ano: 2016
Páginas: 130
*Não lançado no Brasil - Acervo pessoal*
As vezes o coração precisa de um tipo diferente de salvação... Descubra se Charity Thompson irá encontrar uma maneira de salvar o para sempre neste romance de ambiente hospitalar de Timms.Charity Thompson quer salvar o mundo, um hospital de cada vez. Em vez de terminar a escola de medicina para se tornar uma médica, ela escolhe um caminho diferente e levanta fundos para os hospitais novas alas, equipamentos, seja o que for que eles precisem. Só que há um hospital que ela ficaria feliz em nunca colocar os pés novamente - o do pai dela. Então, claro que ele a contrata para criar o baile de gala para o seu sexagésimo-sexto aniversário. Charity não pode dizer não. Agora ela está trabalhando no único lugar que ela não quer estar. Só que ela está atraída pelo Dr. Elijah Bennet, o bonito chefe playboy. Algum dia ela provará para o seu pai que ela é mais do que uma aluna evadida da escola de medicina? Ou irá sua atração por Elijah evitar que ela repare a única coisa que ela quer desesperadamente consertar?
O livro é narrado em terceira pessoa e composto por 17 capítulos. A história tem como protagonista Charity Thompson, uma jovem que teve uma grande virada na vida quando sua mãe ficou doente. Charity estava no primeiro ano do curso de Medicina e largou tudo para voltar para casa e cuidar da sua mãe, que estava com câncer.

Seu pai, Dr. Thompson, é um médico renomado, mas enquanto Charity estava em casa cuidando da mãe, ele se mergulhou de cabeça no trabalho, causando um grande atrito com a filha. Após o falecimento da mãe, o relacionamento dos dois mudou drasticamente, assim como a vida de Charity, que abandonou a ideia de se tornar médica.
Para o pai, esse é o maior pecado que ela poderia cometer. Como um dos médicos mais reconhecidos no país, ter a própria filha abandonando a profissão foi uma grande ofensa e apesar dos dois não se comunicarem com frequência, sempre que pode, ele deixa claro sua opinião sobre a nova carreira da filha.

Charity acabou de fechar um contrato de dois anos com um hospital de Atlanta. Sua função é levantar fundos através de eventos para auxiliar o hospital, seja reformando uma ala já existente, construindo uma nova ou comprando novos equipamentos. Ela é uma organizadora de eventos eficiente, que consegue fazer prosperar os hospitais para os quais trabalha. Seu novo trabalho a deixa empolgada, mas seus planos terão um pequeno desvio quando seu pai entra em contato pedindo que ela organize uma festa para os seus 65 anos de idade, mas em prol do seu hospital em NY.
Então, a protagonista se divide em duas, viajando nos finais de semana para NY e durante a semana, trabalhando em Atlanta. O novo chefe do hospital de seu pai é Elijah Bennet, que faz o estilo Dom Juan.

Ao conhecê-lo, Charity fica interessada no médico, mas em apenas alguns minutos no hospital do pai, ela sabe que Elijah é problemas, pois todas as enfermeiras suspiram ou tiveram uma noite com ele.
A história de Charity é interessante, ainda mais porque vemos grande profundidade no relacionamento com o seu pai. A mágoa pelo passado, a ausência de sua mãe na vida dos dois e a dificuldade de seu pai em aceitar as decisões que a protagonista tomou são alguns dos pontos centrais do enredo.

Temos também a construção da interação entre Elijah e Charity. Os dois começam a se tornar amigos, mesmo tendo grande atração ao redor. O fato deles morarem em cidades diferentes, de Elijah ser muito mulherengo e próximo do pai de Charity são alguns dos pontos discutidos nesse primeiro livro.

4 comentários:

  1. Carolina!
    Confesso que pela capa achei que seria mais um romance super erótico, porém pelo visto, estou enganada...
    Apesar do enredo sem ser muito inédito, gosto demais dos livros que abordam relacionamentos familiares e tenho até a esperança que tenha um pequeno romance.
    Gostaria de ler.
    Desejo um mês repleto de realizações!
    “A música é uma revelação superior a toda sabedoria e filosofia.” (Ludwig van Beethoven)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá achei bem interessante este livro principalmente a interação da protagonista com o pai gosto muito de livros com dramas familiares, gostei do livro mais achei que a capa não tem muito haver com a história.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Pela capa, achei que fosse um romance erótico, mas parece que a proposta é outra, não é mesmo? Já fiquei mais interessada, pois dramas familiares e um romance no meio, sempre trazem bons momentos de leitura.
    Ótima resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Pela capa e super bonita e bem interessante, fiquei meio que receosa com o fato de ela gosta do amigo do pai, será que dará certo?! Bom, a trama e bem envolvente, te faz mostra como é importante esta perto da familia não importa como, mas e importante. Amei a resenha e super interessante!

    ResponderExcluir