Resenha || O Papai é Pop 2 - De novo! De novo! De novo! - Papai é pop #2 - Marcos Piangers

Editora: Belas Letras
Série:
Páginas: 112
Ano: 2016

*Recebido em parceria com a editora

Sinopse: O papai é pop está de volta! Marcos Piangers vai colocar você no banco de trás do carro, ao lado das filhas Anita e Aurora, para contar novas histórias - algumas comoventes, algumas divertidas e outras talvez um pouco nojentas - sobre essa coisa absolutamente comum e extraordinária que é ser pai.
Um sentimento que não se pode explicar, não se pode entender. Só se pode viver. Porque você não vai ter um filho para obter vantagens, descontos, deduções do imposto de renda ou balões de graça sempre que for ao shopping. Um filho vai esgotar suas economias e minguar suas noites de sono. Vai sujar suas camisas novas e desenhar em suas paredes.
Você vai ter um filho, na verdade, por um único motivo: para aprender a amar outra pessoa mais do que a você mesmo.
Mais uma de Marcos Piangers agora nosso autor irá nos contar novas histórias relacionadas ao seu dia a dia com suas meninas Anita e Aurora e essas histórias são tão intimas e diversas que irão do cômico ao "ai meu Deus!".

Ser pai ou mãe é algo que não se mede, apenas sentimos e nos entregamos seja lá o que vier! Filhos não trazem benefícios comuns, como diz nosso autor.. Como bonus! E sim muitas e muitas noites sem dormir, muitas despesas, preocupações, mas também alegrias sem fim! 

E uma coisa que eu já disse e concordo totalmente com o autor - ter filhos é amar incondicionalmente alguém.. Acima de tudo, de todos e até de si mesmo! É por aquele ser que faz parte de ti, em primeiro lugar em tudo, exatamente tudo na nossa vida! E acreditem! É sim a melhor coisa do mundo, apesar de algumas vezes dar vontade de sair correndo! Não me julguem! Sou mãe de adolescente e de uma pré adolescente! Acreditem, sei do que estou falando! Penso em fuga muitas vezes! Mas aí no meio da fuga vem o sentimento de fugir levando eles.. Algo louco e bizarro que só quem vive isso entende!

Nos contos que Piangers compartilha conosco podemos entender e muito bem seus sentimentos e suas locuras, por assim dizer. Tudo é como uma batalha, desde a hora em que os pequenos acordam e começam a nos desafiar, até o momento em que o colocamos para dormir em segurança!

Mais uma vez recomendo o livro e não tenho muito o que dizer, apesar recomendar que abram o coração e a mente e sintam com todo o seu ser não apenas a história do Marcos, mas a minha e de tantas outras pessoas!

11 comentários:

  1. Oi, Karini!!
    Que bom que esse segundo livro O papai e Pop 2 e melhor ainda e com histórias engraçadas e divertidas sobre o dia a dia da criação da Anita e Aurora!! Adorei a resenha e esse livro sem dúvida e excelente!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  2. É mais um livro com aquela pegada do primeiro, mas achei interessante por poder dar uma visão de como as coisas vão avançando, de como a vida vai ficando louca e todos os desafios que um pai deve enfrentar no dia a dia. Tem que ter paciência, mas é muito amor pra conseguir seguir em frente sem fugir de fato né! xD
    Porque querer é quase certeza. Com tanta coisa que ser pai e mãe pode trazer pra pessoa e toda essa loucura é de admirar que um pai ou mãe ainda tenha forças pra aguentar o dia seguinte! Minha mãe que o diga xD
    Acho que esses seriam livros que ela amaria ler.

    ResponderExcluir
  3. Resenha show. parabéns 👏👏👏

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Gostei muito da premissa desses livros. Parecem ser muito legais e divertidos <3
    Parece retratar muito bem como é difícil ser pai de um jeito fluido e fofo (:
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá !
    Como no primeiro livro essa sinopse é maravilhosa!
    Parece ser um livro bem divertido onde vai mostrar o cotidiano de um pai ! Bem legal !
    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Que bom que o livro não decepciona,como não tenho filhos não posso dizer sobre este amor incondicional,mas como o outro livro deve ser uma leitura bem divertida.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Karini!
    São ensinamentos que ele pode aprender ao conviver de perto com a criação dos filhos e isso não há preço que pague.
    Bom ver que pode transmitir todo seu amor e é mesmo incondicional, através dos contos do livro, deve ser maravilhoso!
    Bom domingo!
    “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu achei a ideia desses livros muito legal. E achei legal o autor contar mais algumas histórias nesse livro. Eu ainda não tive filhos, mas imagino mesmo que ter filhos não é exatamente as mil maravilhas, mas também imagino que todo esse esforço e tudo mais, vale muito a pena.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Esse segundo livro também parece ser muito bom. A ideia desses livros é muito bacana, e já imagino que as histórias são bem divertidas mesmo. Eu realmente não faço ideia de como é cuidar de filhos, mas acredito que apesar dessas batalhas, a alegria é muito grande também.
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    É uma fofura ele compartilha com nos leitores sobre seu dia a dia com suas filhas, o relacionamento e o amor que sente por eles. Realmente filho são unico, com eles você vive os melhores e os piores momentos até o seu ultimo suspiro e eles um tesouro que ganha na vida para estar ao seu lado. Gostei bastante do livro!

    ResponderExcluir
  11. Oi, deve ser tão bom quanto o primeiro, pena que meu pai não gosta de ler, seria um bom presente.

    ResponderExcluir