Resenha - Miga, Sua Louca! - Luiza Costa e Julianna Costa

Editora: Universo dos Livros
Páginas: 240
Ano: 2017
Deixe eu te apresentar a Yara.
Ela parece meio certinha e meio louca. Um pouco de tudo. Ou talvez nada disso.
Na verdade, ela é só mais uma adolescente buscando descobrir sua própria identidade. O problema da Yara é que, nessa busca, ela vai encontrar o André, o Danilo, o Diego, o Rodrigo…
Pois é, pessoal. A Yara é meio nervosa. E meio desesperada. E meio tímida. E meio inexperiente.
Mas não precisa se preocupar com ela, porque a Yara pode ser meio tudo isso, mas ela não está sozinha: ela tem a Alexia.
Alexia é a metade que falta da Yara: sua melhor amiga, com experiências, dicas e surtos para compartilhar. E enquanto Yara enfrenta todo tipo de complicação – seja a indecisão sobre qual universidade cursar, os problemas com a mãe ou o interesse recém-descoberto pelo melhor amigo – Alexia vai ficar por perto, guiando sua amiga maluca (com sugestões nem sempre convencionais) em um dos momentos mais delicados de sua vida.
Por meio de uma troca de cartas entre essas duas grandes amigas, Miga, sua louca mistura ficção com conselhos práticos para a vida real em uma narrativa jovem e antenada para um público que, assim como a Yara, não faz ideia de como entrar para a vida adulta.
O livro é narrado em primeira pessoa e apresenta principalmente a perspectiva de Yara, uma adolescente que se corresponde por cartas com sua melhor amiga, a Alexia. As duas são amigas desde pequena e mesmo quando a Alexia precisou mudar-se com a família, elas deram um jeito de manter contato através das preciosas cartas que Yara guarda com carinho.

O leitor é apresentado ao universo de Yara conforme ela passa pela adolescência. É uma época complicada, cheia de questionamentos e inseguranças. Além disso, a sexualidade começa a aflorar e as dúvidas sobre sexo e como lidar com ele também vão surgindo.

Cada carta que Yara envia para Alexia tem o nome de um garoto e como está sendo sua interação com ele. Yara conhece garotos que só pensam em sexo, outros que ficam se vangloriando para os amigos mesmo quando nada acontece, aqueles que têm namorada, mas omitem esse “detalhe” e ainda tem aqueles que tentam se aproveitar da inocência e juventude dela.

Em cada cartinha, Yaya recebe uma resposta de Alexia. Uma resposta direta e reflexiva da amiga, que por um lado fica feliz em ver a Yara se soltando, mas que por outro, fica preocupada com os extremos vividos pela protagonista.

Yara ainda conta com outro melhor amigo, o Danilo. O Danilo é o tipo de garoto protetor, que tenta ajudar, mas algumas vezes é rechaçado. 

“Miga, sua louca” é uma obra cheia de assuntos atuais abordados de forma simples e direta, perfeito para os jovens que estão lidando com seus próprios questionamentos e inseguranças.
"Você precisa de um melhor amigo. Todo mundo precisa de um melhor amigo. É a única coisa na vida verdadeiramente indispensável, inescapável e insubstituível - um melhor amigo." (p. 05)

10 comentários:

  1. Não parece muito meu tipo de livro, mas achei a história bacana. O título foi bem interessante e chama atenção.
    Parece jovem a atual mesmo, cheio de temas adolescentes, das inseguranças e questões que a gente passa nessa época, as coisas dos namoros e ficantes e interesses românticos...pode ser bom de ler.
    Achei legal esse negocio das cartinhas na história, bem interessante.

    ResponderExcluir
  2. Este é um livro mais voltado para um público jovem,parece ser um leitura bem descontraída que com certeza vai agradar esta galera infanto-juvenil .
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Hey *-*
    Adorei o enredo do livro ! Adoro dramas adolescentes !
    Quem não tem uma amiga igual a Alexia que é tipo irmã ♡
    Parece ser bem divertido !

    Bjo

    ResponderExcluir
  4. A história do livro parece ser boa, mas não é o tipo de livro que eu costumo gostar de ler. Mas é uma ótima dica para os mais jovens!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Já gostei de saber que o livro é através de cartas, gosto quando esse artifício é usado, porque torna o livro bem íntimo e pessoal, podemos perceber os sentimentos impingidos nos relatos e quando a história é com adolescentes, sempre temos surpresas e ação, muitas dúvidas e no caso aqui, uma verdadeira amizade.
    Um final de semana esplendoroso!
    “O amor é a única loucura de um sábio e a única sabedoria de um tolo.” (William Shakespeare)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Adorei o livro! Já vou procurar para ler <3
    Adoro livros adolescentes e com vários assuntos atuais (:
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Não faz meu tipo de livros assim pra adolescentes . Mas a resenha como sempre está ótima

    ResponderExcluir
  8. Acho muito legal a estória baseia-se nas duas amigas que mesmo distantes não deixam de se comunicarem!! Acho muito interessante a amizade das duas!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  9. Eu não costumo ler livros desse gênero, e não me interessei muito por esse livro. A história parece ser muito boa, e legal por ser bem simples e direta. Com certeza é uma ótima dica para os mais jovens =)
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Não leio livro desse gênero, mas a trama e super interessante. A forma que conta a historia da personagem de enfrentar a fase da adolescencia e algo que acontece com muitos que esta experimentando coisas novas.

    ResponderExcluir