Resenha - A Oportunista - Amor e Mentiras #1 - Tarryn Fisher

17.5.17

Editora: Faro Editorial
Páginas: 256
Ano: 2016
Onde Comprar: Amazon
*Recebido em parceria com a Editora
Olivia Kaspen acaba de descobrir que seu ex-namorado, Caleb Drake, por quem era obcecada, perdeu a memória.
Com uma incrível habilidade de tirar proveito das situações, ela acredita estar diante de uma segunda chance para ter Caleb de volta.
E para que seu plano dê certo, Olivia precisa manter sua verdadeira identidade e seu passado sórdido em segredo.
Porém, surge um obstáculo inesperado: a atual namorada de Caleb, a perversa Leah Smith.
Inicia-se então um jogo entre duas mulheres dispostas a tudo para conquistar o homem que parece ter apagado todo o seu passado.
Para encobrir as consequências de suas mentiras, Olivia cria uma teia de novos eventos, em um processo que pode levá-la a descobrir que sua busca pelo amor talvez a tenha feito ultrapassar limites muito perigosos.
"A Oportunista" é o primeiro livro da série Amor e Mentiras da autora Tarryn Fisher, publicado no Brasil pela Faro Editorial.
A protagonista do livro é Olivia e a narrativa é feita em primeira pessoa por ela. A trama gira ao redor de um triângulo amoroso que se prolonga por vários anos, mas que possui os seus diferenciais que tornam a trilogia espetacular.

Olivia e Caleb se conheceram na faculdade e imediatamente se sentem atraídos um pelo outro, mas Olivia não tem a intenção de se envolver romanticamente com ninguém.
Acontece que Caleb é paciente e se insere em vários aspectos da vida da mocinha, tornando a vida de Olivia mais difícil, pois resistir a alguém tão carismático é praticamente impossível.

A dinâmica dos dois é complexa, pois a interação beira a obsessão por ambas as partes. Eles são possessivos mesmo enquanto ainda não estão juntos e agem de tal forma que prejudicam terceiros.
Alguns anos se passam e Olivia reencontra Caleb, mas ele não a reconhece. Mesmo sem reconhecê-la, ele a convida para um café. Olivia descobre que ele sofreu um acidente e que não se recorda dela, então decide manter-se perto dele para descobrir.

O enredo alterna passado com presente, mostrando ao leitor desde o momento em que eles se conheceram até as consequências desse reencontro.

Pela narrativa, percebe-se que Olivia tem sérios problemas de autoestima, pois tudo o que deu errado na história do casal, ela automaticamente se culpa. Por conta dos traumas de sua infância e a falta de amor próprio, ela coloca Caleb em um pedestal. Ele é popular, dormia com várias garotas, é proveniente de uma família rica, atleta enquanto Olivia é tímida, pobre e cheia de neuras por conta de sua criação.

Porém, se prestarmos bastante atenção nas histórias do passado, o que vemos é outra coisa. Sim, Caleb é carismático e popular, mas ele tem uma necessidade de dobrar a vontade de Olivia. Talvez por ela ser independente demais e não confiar em ninguém, mas algumas ações do Caleb mostram que ele não é um cara tão legal assim.

Além desse passeio ao passado, Caleb e Olivia precisam lidar com o presente, em especial com a namorada atual dele, a Leah. Leah é uma personagem ambiciosa, que fará o impossível para agarrar Caleb, alguém que ela considera um ótimo partido.

“Amar alguém de verdade é mais do que buscar a própria felicidade. Você tem que querer que o outro seja mais feliz do que você.” 


11 comentários

  1. O que me deixa com o pé atrás com esse trilogia é o fato de ser um triângulo e um triângulo que demora anos pra se resolver rsrs... Mas as resenhas que leio sobre a trilogia são sempre muito boas e por isso tenho considerado lê-la e tem também o fato de que nenhum dos personagens parece ser totalmente bom e essa característica deles me desperta curiosidade ;)

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha lido nada a respeito mas a resenha que acabo de ler foi o bastante para gostar mesmo não gostando de triângulos amorosos mas parecparece ser bem cativante.
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  3. Estou tentando adquirir o terceiro livro, para aí sim começar a ler.
    Confesso que estou bem curiosa pra saber como termina a situação desse triângulo.
    Eles devem passar por boas e poucas né?
    É um gênero que curto e espero conferir em breve.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Eu achei interessante a premissa da história e por ser dessa autora. Mas confesso que não me chamou taaanta atenção assim. São livros que gostaria de ler, mas não tenho pressa, viu...
    A coisa do triângulo amoroso me deixou meio pé atrás. Mas parece que a história e os personagens são bem apresentados. Tem muita coisa envolvida, muitos sentimentos e muitos fatores pra se levar em conta com cada um. Não acho que são estereotipados e penso que podem surpreender.
    É interessante, acho que pode ser uma boa leitura. Mas não sei mesmo se leio tão cedo....

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei muito deste livro principalmente dos personagens a autora foi muito bem sucedida com as personalidades deles ninguém é completamente bom ou ruim.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Gostei bastante desse livro, a historia e super interessante. Pena que o personagem perde a memoria e não se lembra, mas achei super interessante a trama dele!

    ResponderExcluir
  7. Olá! Li esse livro por indicação de uma amiga e adorei, eu o li rapidamente, pois não é um livro que você pode deixar por um período de tempo e voltar sem ficar confusa, não que alguém possa deixá-lo por muito tempo... confie em mim! É um livro impressionante e bem escrito cheio de emoções, perda e manipulação que irá mantê-lo na borda de seu assento e levá-lo para um forte, mas às vezes, suave passeio de montanha-russa.

    ResponderExcluir
  8. Olá ;)
    Já conhecia a Tarryn pelo livro Nunca Jamais e F*ck Love, livros que eu adoro. E acho a escrita dela bem legal!
    Só fico com um pé atrás para ler porque esse triângulo parece que vai dar muito problema kkk fico é com medo!
    Mas já ta na lista de leitura, vou ver se consigo ler logo e ver o que acho!
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Apesar de ter um triÂngulo amoroso, coisa que não gosto muito em livros, principalmente, achei que o fato de intercalar passado e presente é um ponto favorável, além do romance em si e gostaria de ler.
    “A sabedoria dos homens é proporcional não à sua experiência mas à sua capacidade de adquirir experiência.” (George Bernard Shaw)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Amei esse livro, sobretudo pelos personagens não serem perfeitos, e conseguir me surpreender com algumas atitudes dos protagonistas. Como você mesmo falou, nem mesmo Caleb que parece ser o mocinho perfeito, comete seus erros.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Essa foi uma serie que assim que lançou fiquei bem curiosa para poder ler a historia, mas fui lendo alguns resenha e vi que esse ão é o tipo de livro que irei gostar, pois os personagens não me conquistaram e não conseguir entender muito bem ele, por isso essa é uma serie que não me interessou !!

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por