Resenha || Sempre Haverá Você - Heather Butler

6.4.17

Editora: Novo Conceito
Páginas: 256
Ano: 2017
*Recebido em parceria com a Editora
A mãe do George e do Theo é genial. Ela conta histórias incríveis, acena mais rápido do que qualquer pessoa do planeta e, o mais importante, foi ela que sugeriu que eles adotassem um cachorro porcalhão chamado Goffo. Os meninos acham que ela é invencível. Mas eles estão errados. Porque a mamãe está doente. E cabe ao George e ao Theo fazer a mamãe continuar sorrindo. O que, muito provavelmente, vai envolver galochas, tortas de carne e a participação do Goffo no Concurso de Talento Animal...
Agora que a mamãe ficou doente, está cada vez mais difícil sorrir e inventar versos com o Theo. Sempre haverá você conta sobre uma família diferente da sua, mas um pouquinho parecida. E de um menino que está aprendendo algumas coisas. Você quer ser amigo dele?
Em Sempre Haverá Você, temos os irmãos Theo (caçula) e George de onze anos, que possuem uma vida comum até as coisas mudarem com a descoberta do câncer da mãe deles. A história vem narrada por George e por aí podemos ter seu ponto de vista de maneira íntegra envolvendo seus sentimentos e o que ele pensa e sente da situação que sua mãe está vivendo com a chegada da doença e claro que envolve a todos.. Sua mãe antes tão diferente, agora está sempre com dor de cabeça, não interage com a família, não sorri e mal se aguenta.. O que ele e seu irmão podem fazer por sua mãe? Para que ela se sinta feliz novamente? E surge também a responsabilidade que George acaba trazendo para si de cuidar e proteger seu irmãozinho. Sua avó ajuda em casa com essa situação presente e parece que tudo está mudando depressa demais!

A missão de Theo e George? Trazer alegria e sorrisos para a mamãe! Como não se emocionar?
Sou mãe e impossível não me transportar para dentro da história e pensar além e reviver momentos da infância e sentir cheiro de comida de mãe, ouvir risadas familiares na cabeça ou mesmo o gosto da comida de vó.. O livro é isso.. Família e muito mais! Uma mãe incrível que merece filhos tão incríveis quanto e que infelizmente passa por uma situação devastadora, mas tem os melhores ao seu lado. A sensação que nossas mães são eternas acho que todos os filhos tem.. E que sempre estarão lá.. Assim é com Theo e George, até que percebem que não é bem assim!

A história, apesar de ter um tema forte que traz não apenas o câncer e o que vem com ele, mas também mudanças na vida de toda a família, bem como problemas como desavenças, bullying, amor de maneira literal, sofrimento, drama, humor entre outros.. Isso tudo nos é contado de maneira suave; afinal nosso narrador é apenas um menino. A história flui de maneira rápida e quando percebemos já terminamos a última página e em meio a toda emoção de sentimentos que nos é transmitido ainda tem um cachorro chamado Goffo muito atrapalhado, porém imensamente amado.

Uma história envolvente e cativante! Ah.. E muito emocionante e sim eu choro com livros assim!
Fazer o que?!

Beijos doces!

8 comentários

  1. Oi Karini, esse é um livro com tema forte mas que é narrado por um protagonista "fofo", ao menos é o que parece e que emociona muito. Já criei afeição pelos irmãos só lendo a resenha e gostei muito da premissa do livro, que além de câncer, trata de outros assuntos importantes também e deve fazer isso muito bem já que a leitura foi fluida pra ti ;) Curti a resenha e a dica :)

    ResponderExcluir
  2. Sou dessas que se pegar um livro assim vou chorar horrores ainda mais mãe que é tudo na vida, já gostei desses irmãos pelo carinho e compaixão meu deus isso sim é um livro digno de ser lido, e aborda um momento bem delicado na vida de uma mãe que precisa ser forte.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  3. Estou gostando de ver o que estão falando dele. Parece um livro bem emocionante e com temas delicados, tristes, mas que foi contado de uma forma bonita pela visão do narrador. Achei a história desses garotos de certa forma angustiante, mas bela pela inocência deles, por ver como lidam com as coisas e etc. Tem um lado familiar interessante, gostei desse foco do livro. Ele parece deixar uma sensação de valorizar mais as pessoas próximas da gente...ao menos me deixou essa impressão pelo que estou vendo falar dele. Parece muito bom.

    ResponderExcluir
  4. Depois de A culpa é das estrelas, livros com doenças já me deixam triste só na sinopse. Mas sabe aquela dor que precisa ser sentida? rsrs é como me sinto com esses livros
    Amei a resenha e já estou apaixonada por esses dois menininhos que parecem tão fofos *_*

    ResponderExcluir
  5. Parece ser ótimo, uma leitura leve e ao mesmo tempo emocionante! Me fez lembrar de O Menino do Pijama Listrado, apesar de não ser ele o narrador, a estória se baseia somente nele.
    Adorei a dica! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Karini!
    O livro deve ser daqueles bem emocionantes que além de falar sobre a possibilidade da perda da mãe, ainda traz a amizade como suporte para superar situações difíceis na vida e ainda tem cachorro, né? Como não ficar interessada?
    “ O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.” (Samuel Johnson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  7. eu chorei só lendo a resenha imagine lendo o livro
    mas achei lindo a ideia do livro, normalmente quando se fala de amor, falam de vários tipos e esquecem o mais lindo que tem o amor de mãe
    colocar na minha lista

    ResponderExcluir
  8. Oi, Karini!!!
    Também choro com livros assim!! Principalmente por que o livro traz temas muito forte e que fazem o leitor se emocionar facilmente.
    Beijoss

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por