Resenha - Desejo - Notorius #3 - Nicole Jordan

22.4.17


Editora: Essência
Páginas: 368
Ano: 2013
*Recebido em parceria com a editora
Onde comprar: Amazon
Lucian, mais conhecido como o sensual conde de Wycliff, é do tipo que sempre escapa dos votos de matrimônio. Quando acaba encarando a morte de perto, mas sobrevive, ele passa a desejar um herdeiro que possa carregar o seu nome. É então que se depara com a sedutora Brynn Caldwell, de cabelos da cor do fogo e olhos de esmeralda, e tem certeza que encontrou a mulher ideal para ser sua esposa. Brynn acredita que o fascínio do libertino por ela é impulsionado por uma maldição que há séculos condena as mulheres de sua família. Sua beleza enlouquece qualquer pretendente, e o homem que por ela se apaixonar, e for retribuído, estará condenado à morte. Brynn se vê obrigada a aceitar a proposta de casamento de Lucian. Ela se renderá às suas carícias, mas não se atreverá a lhe dar o coração. Presos em uma batalha de desejo e sedução, Lucian começa a suspeitar que Brynn é uma traidora e está envolvida com contrabandistas. Pouco a pouco ele se verá em uma teia de perigo onde o preço para conquistar o coração de sua noiva e descobrir a verdade pode ser a própria vida.

A história se passa em 1813, inicialmente em Cornualha, na Inglaterra e é narrada em terceira pessoa.  Brynn Caldwell é uma jovem de 24 anos de idade que vive com seu irmão mais velho Grayson e seu irmão mais novo Theodore, que ela cria como se fosse seu desde os doze anos de idade. A família passa por situações turbulentas financeiramente, pois Grayson herdou de seu paí inúmeras dívidas e por conta disso, realiza uma atividade comum em Cornualha: o contrabando. Apesar de ilegal, o contrabando de pequenas coisa, como bebidas alcoólicas, tecidos entre outros, permite que a família vá sobrevivendo. Brynn não gosta disso, mas ajuda, pois sabe que não há opção. Mas agora Grayson está querendo colocar Theodore, de apenas 12 anos de idade, nesse ramo de trabalho.

Lucian Tremayne tem 32 anos de idade e é o conde de Wycliff. Ele trabalha para o Ministério de Relações Exteriores e está em Cornualha para investigar o contrabando do ouro inglês para financiar Bonaparte.

Quando encontra Brynn, fica totalmente arrebatado. Apesar de nunca ter cogitado se casar e ser um dos membros de um seleto grupo de Lordes Cafajestes, após ter tido um episódio traumático onde quase morreu, acredita que está na hora de ter uma esposa e um herdeiro. E por que não Brynn?
Mas Brynn tem outras ideias. Com completa aversão ao casamento por conta de uma maldição cigana que atinge as mulheres de sua família, Brynn não quer colocar ninguém em perigo e só quer ter uma vida sossegada e pacata, criando Theodore e ajudando Grayson a quitar as dívidas.
"A lenda de Flaming Nell era um fato aceito naquela região. Quase dois séculos atrás, lady Eleanor Stanhope havia sido amaldiçoada por roubar o amante de uma cigana e sentenciada a seduzir homens inocentes até matá-los. Acreditava-se que Brynn, uma de suas descendentes, carregasse o mesmo fardo." (p. 38)
Lucian não vai desistir e oferece a ela a única coisa que a jovem não é capaz de recusar: um futuro seguro para Theodore. Envolta em um casamento forçado e determinada a não se apaixonar pelo marido (pois a maldição a proíbe!), Brynn lutará com unhas e dentes contra a intensa atração entre os dois. 
Enquanto que Lucian, um homem que tem o ego frágil, começará uma verdadeira batalha de vontades com a sua mulher até o momento em que acredita que está sendo traído e que o inimigo está dividindo a sua cama.
"Mesmo quando a olhou, Brynn desviou o olhar, incapaz de encará-lo por muito tempo. A boca dele se estreitou. Será que ela o trairá? Sua linda noiva estaria em conluio com seus inimigos?" (p. 12)
Um romance repleto de desencontros, uma mocinha que encara de frente as situações e um conde cabeça-dura. Em "Desejo" teremos a presença constante de Raven Kendrick, a protagonista do próximo livro e dessa forma, o leitor começa a conhecer sua história, seu noivado e um pouco mais de sua personalidade.

Em relação à revisão, diagramação e layout, a editora realizou um bom trabalho. Existem alguns errinhos, como por exemplo, nas páginas 206 e 363, mas nada que interfira na compreensão do texto.

7 comentários

  1. Oi Carolina, considero essa história muito boa e gostei muito dessa mistura que a autora incluiu, contrabando, maldição cigana e romance, no livro. Tem um tempinho que li, mas curti bastante e espero ler os outros livros dessa série, li dois até o momento e tenho gostado de como a autora prende o leitor em suas histórias :)

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tinha lido nada a respeito mas fiquei bem intrigada com a história da protagonista sua vida e até onde os dois vão chegar para conseguirem ser felizes gostei.
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  3. Não é o tipo de estória que me interessa também... O que me irrita são essas maldições que colocam na família das pessoas... Coitada, pelo jeito a Brynn vai passar por muita coisa, o que também mostra a desenvolvimento da personagem e isso é legal.
    Apesar disso vou deixar essa dica passar também xD

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito desse estilo de história e parece um bom livro, acho que iria gostar por ser um romance com desencontros, por essa coisa da maldição e tem até contrabando na trama! Um tantinho diferente isso, achei legal.
    Os personagens parecem bem trabalhados e dá para entender suas motivações e dificuldades. Acho que iria adorar desses dois. Lucian e Brynn tem uma história bem interessante.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Carolina!!
    Gostei muito do resenha e quero descobrir que maldição é essa que a mocinha carrega!! Adorei os personagens de Lucian e Brynn e espero ter oportunidade de ler em breve esse livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Carolina!
    Fiquei intrigada por saber que maldição é essa que ronda o povo cigano e Bryn que não pode se apaixonar.
    Lindo o carinho dela com o irmão.
    “A sabedoria é a única riqueza que os tiranos não podem expropriar.” (Khalil Gibran)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  7. por favor não me matem, mas eu não curto romances de época.
    principalmente esses em série. a sensação que eu tenho é que é a mesma coisa
    uma das coisas legais que eu achei nesse livro é que a capa não parece com romances de época (tá eu sei que não se deve julgar um livro pela capa, mas ajuda)

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por