Resenhas || Sussurros do País das Maravilhas - Splintered # 1.5, 3.5 - A. G. Howard

Editora: Novo Conceito
Páginas: 272
Ano: 2017
*Recebido em parceria com a Editora*
Alyssa Gardner entrou na toca do coelho para assumir o controle do seu destino. Ela sobreviveu à batalha pelo País das Maravilhas e pelo seu coração. No conto O Menino Na Teia, a mãe de Alyssa relembra o período em que viveu no País das Maravilhas e resgatou o homem que se tornaria seu marido e pai de sua filha. No A Mariposa No Espelho, conhecemos as lembranças de Morfeu, de quando ele mergulhou nas memórias de Jeb para descobrir os segredos dele e tentar ganhar, de uma vez por todas, o disputado coração de Alyssa. No Seis Coisas Impossíveis, Alyssa revive os momentos mais preciosos de sua vida após Qualquer outro lugar, e sobre o papel mágico que desempenhou para preservar a felicidade daqueles que ela ama. Neste livro você encontrará três contos de lembranças inéditas e inesquecíveis. Junte-se novamente aos personagens da série O Lado Mais Sombrio e embarque no fantástico mundo do País das Maravilhas.
Olá meus leitores queridos. Como estão?
Eu ando mega cansada, pois minha profissão algumas vezes me exauri de tal maneira que as vezes não tenho vontade de nada... Mas com ela também acabo tendo noites sem dormir ao lado dos meus pacientes, e isso acaba fazendo com que sobre bastante tempo para por minhas leituras em dia. Há... Para quem não sabe, além de empresária (meu marido cuida dessa parte na maior parte das vezes) sou enfermeira - profissão cuidar com todo amor independente do que se passe ao redor, das dificuldades ou problemas do dia a dia. E claro blogueira aqui no Mix Literário ao lado da querida Patrícia Campos, minha irmã de alma e também resenho por aí em outros blogs nas horas vagas.. rsrs (ler e escrever sobre os livros lidos é um prazer imenso).

Que capa é essa? Para começar!! Todas as capas dos livros de A. G. Howard dessa série a meu ver são mais que lindas! São perfeitas! 

Bora parar de divagar e falar sobre o livro, não é? Afinal ninguém veio aqui saber sobre a minha vida pessoal e sim ler minha opinião sobre mais um lançamento. Ahahah 
Então vamos lá:

Vou tentar não dar muitos Spoolers sobre as séries anteriores que deu origem a esse Spin-off - mas pode ser que solte algo - ENTÃO CUIDADO!

Este livro Sussurros no País das Maravilhas é um Spin-off da série O Lado Mais Sombrio e nele A. G. Howard traz contos que muito me chamaram a atenção, tudo em uma avalanche de situações que envolvem passado e futuro e muita nostalgia pelos personagens que mais amei e por situações que tanto esperei por ler um "algo a mais".

Em O Menino na Teia temos o passado da mãe de Alyssa e também percebemos o quanto não há mais todos aqueles segredos entre Alison e Thomas, que agora podem dar seu total apoio a Alyssa e enfim agora todos sabem os segredos por detrás das gerações de Alice o que possibilita que Alyssa possa ter mais liberdade em ser ela mesma na frente de Jenara e Corbin (que não visitaram O País das Maravilhas). Nesse conto ficamos a par em mais detalhes sobre o passado da mãe de Alyssa e o quanto ela tentou parar a magia vinda da primeira Alice por motivos próprios. Após o que aconteceu no terceiro livro a mãe de Alyssa tem uma espécie de reflexão sobre o passado e como tudo chegou até o momento presente lhe trazendo Alyssa. 
Alyssa encontra-se no mundo dos humanos e mesmo que visite o País das Maravilhas ela continua com seu acordo com Morfeu vivendo como humana até o final da vida de Jeb, seu amor; mas Morfeu a está ensinando magia e percebemos sua evolução com clareza; óbvio que desde sempre Morfeu teve seus próprios interesses que vocês irão perceber ao ler os livros. Não posso ir além, pois aí estrago a graça da coisa!

Eu sempre quis entender melhor sobre o passado da família de Alyssa e nesse conto eu pude sanar algumas de muitas dúvidas e curiosidades. Então para mim esse conto se sobressaiu bastante!

Depois temos A Mariposa no Espelho onde temos uma reflexão sobre momentos de O Lado Mais Sombrio pelo ponto de vista de Jeb sobre o País das Maravilhas, isso, claro através da intromissão de Morfeu que quer ver as memórias de Jeb para quem sabe conseguir estar um passo à frente do mesmo nesse lance com a Alyssa. Mas Jeb não é para qualquer um, digamos assim, pois ele não se importa em cometer sacrifícios por aquela que ele ama.

Umas das coisas que gostei foi de ter mais foco em Jeb nesse livro Sussurros do País das Maravilhas, pois em alguns momentos o odiei e em outros amei; ele é sempre um personagem desses que as vezes parecem perfeitos demais com seu amor surreal e seu jeito perfeitinho e isso me incomoda; e como!
Morfeu também não fica atrás e sinceramente eu sempre fiquei pensando sobre ambos... E nunca cheguei a uma opinião final sobre qual dos dois me agrada mais ou menos. Eu sou dessas que ama um bom vilão (se é que posso colocar dessa maneira - afinal não é bem assim - quem leu os livros anteriores irá me entender) e é apaixonada por personagens que não tem papas na língua nem pensam muito antes de fazer o que precisam para alcançar seus objetivos, por mais que em alguns momentos isso possa parecer algo ruim, no caso de A. G. Howard as coisas nem sempre são o que parecem. É minha gente! Sou esquisita! Muito "mimimi" me incomoda sempre! Gosto tanto dos mocinhos, quanto dos vilões que tem o famoso Bum que te pega de jeito e te deixa suspirando... ahahaha

Mas voltando ao foco livro e contos, percebo que aqui em Sussurros do País das Maravilhas temos uma visão mais ampla de como são os humanos e como são os intraterrenos. Cada um tem seu charme, suas qualidades, defeitos e etc., mas uma coisa que intriga um intraterreno é como Jeb pode sacrificar-se como está disposta por aquela a quem diz amar tanto e com isso percebe que em várias coisas Jeb e ele são muito parecidos... mais até do que gostaria. E acredito, no meu entendimento que percebe melhor essa relação que o perturba muitas vezes.

Em Seis Coisas Impossíveis podemos ter uma visão melhor de como foi para Alyssa sua vida pós morte de Jeb, toda a coisa de escolher como iria morrer e enfim assumir seu destino como intraterrena no País das Maravilhas, e aí vem uma chuva de flashbacks que se ligam ao presente momento da narrativa trazendo momentos como quando contaram tudo a Jenara e também sobre o casamento de Alyssa e Jeb. Momentos para todos os gostos, desde alegria a tristezas... 

Alyssa e Morfeu finalmente se unem e o amor que sentem também é arrebatador e algo pleno e como vocês sabem saímos de um triângulo amoroso para uma relação única. E sinceramente o momento mais bum da história foi quando Morfeu fez com que Alyssa percebesse o quanto eles eram importantes para o equilíbrio no País das Maravilhas.

Gente.... Eu sou muito suspeita para falar de Splintered, pois sou completamente apaixonada por cada livro, cada conto.... Cada situação, teimo em dizer, quando falo da série que A. G. Howard é dessas autoras que escrevem com uma maestria que poucos possuem, não se deixando perder em momento algum e surpreendendo o leitor a cada nova trama, ou melhor ao desenrolar da trama que pouco a pouco foi tecendo desde o primeiro volume lido.

Tudo que A. G. Howard escrever sobre esse mundo fantástico eu lerei! E irei reler para matar as saudades dos meus personagens favoritos e de situações marcantes que me encantaram!

12 comentários:

  1. Oi Karini, tudo bem?
    Fiquei um pouco confusa com a sua resenha hahaha
    Esta série vem depois de alguma outra? Ou esses contos são dos livros anteriores e eu fiquei boiando?
    Enfim, eu amo a Alice e tudo a respeito dela eu lerei <3 adorei a premissa deste livro e aquele negócio de maldição das Alices antepassadas. Fiquei super curiosa para descobrir um pouco mais sobre estes livros.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Karini!
    Li os dois primeiros livros da série e falta ler o último, além desse spin-off.
    Mas já gostei de saber que ela ficou finalmente com Morfeu, porque sempre torci por ele, não por apenas ser o vilão, mas também pela fantasia.
    Na verdade sempre achei Jeb um tanto 'parado' para todas as aventuras vividas por Alyssa.
    Que bom poder saber um pouco mais sobre o passado da família dela.
    Leitura necessária de ser feita.

    Fiquei feliz em ver que cuida de seus pacientes com zelo e cuidado, ser enfermeira é uma profissão árdua, porém recompensadora em vários aspectos.

    Desejo uma semana alegre e feliz!
    “Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa.” (Guimarães Rosa)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Realmente as capas dessa série são lindas, e isso que aumenta meu interessa por ela.
    Gosto do enredo, de ser uma releitura de Alice, uma história que gosto tanto. Imagino que esse universo tão rico deve ter sido bem explorado.
    Quero conhecer essa escrita tão elogiada da autora
    Boa sorte com sua vida pessoal :-)

    ResponderExcluir
  4. Ai meu Deus! A cada resenha que leio sobra esse série, fico bem mais animada.
    Sua resenha me deixou com um super gostinho de ler esse série em breve.
    A autora parece ter uma escrita incrível e essa história parece ser ótima.
    Espero poder conferir em breve.
    Sou completamente apaixonada por essas capas. Uma mais linda que a outra!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  5. Oi Karini.
    Eu li a trilogia e o conto Mariposa no espelho. Quero muito ler os outros dois contos!
    Fiquei um pouco decepcionada com o último livro da trilogia. Eu queria saber como foi a vida de Alyssa e Jeb.
    Eu adorei a capa desse último livro! A editora NC realmente caprichou nas capas dessa série.

    ResponderExcluir
  6. O que me atrai primeiramente na série são as capas que sem comentários para a beleza... a segunda coisa é ser fantasia coisa que amo *_* ainda não li mas gostei de saber que os spinn off só somam a série

    ResponderExcluir
  7. Realmente as capas dessa série são umas belezuras.
    Estou bem curiosa pra conhecer a obra. Tenho o conto a mariposa no espelho no kindle, mas achei bem interessante a editora trazer um livro com todos os contos da obra.

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Eu adoro essas capas, mas o meu interesse na história se acaba aqui, odeio triângulos amorosos, e apesar de ter ficado um tanto que confusa entende mais ou menos a essência de tudo e sinceramente não leria de forma alguma, tenho paciência para isso não, apesar de ter achando a premissa interessante esse com certeza não é um livros para mim.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  9. As capas desses livros são maravilhosas e tem uma amiga minha que simplesmente é louca por esses livros. Eu não posso dizer que entendi muito da história lendo a resenha pois como não li nenhum livro eu meio que fiquei perdida em muitas coisas. Eu particularmente ainda tenho a intensão de ler esses livros por mais que tenha um triângulo amoroso. Obrigada pela resenha e tente descansar um pouco mana.

    ResponderExcluir
  10. Uma coisa que não tem como não deixa de falar e sobre as capas. Ela são
    lindas e tem tudo haver com a historia. Ainda não li outros livros,
    mas confesso que morro de vontade de ler, pois tem uma fantasia
    maravilhosa e que chama atenção

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Quero muito ler essa serie, gosto muito das releituras dos contos de fadas e achei muito interessante a forma que a autora constrói essa historia, adorei esse Spin-off pois quando mais livro sobre aquela historia melhor e essa serie está na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Karini!!
    Ainda não tive oportunidade de ler essa série, gostaria muito de ler se possível ainda esse ano!! Como gosto muito das releituras dos contos de fadas fiquei muito interessada em ler essa história!! As capas desses livros maravilhosas!!
    Beijoss

    ResponderExcluir