Resenha || Só por uma noite - Mônica e Monique Sperandio

Editora: Novo Conceito
Páginas: 189
*E-book recebido em parceria com a Editora
Uma noite. Quatro amigas. Muitos segredos. Uma lista.
- Ir para um cemitério no meio da noite (✔️)
- Mudar completamente o visual (✔️)
- Descobrir um terrível segredo sobre suas amigas (✔️)
- Confessar que está apaixonada pelo seu melhor amigo (✔️)
Samanta Calliari tem vivido com medo durante a sua vida toda. Por causa disso, ela tem se privado de viver intensamente. Uma prova dessas privações é a paixão secreta que Sam tem pelo seu melhor amigo, Gustavo. Só que ela não está sozinha nessa. Suas três melhores amigas, Nat, Marina e Daphne, também sentem medo. Elas irão acompanhar Samanta na noite mais reveladora de suas vidas, onde enfrentarão seus maiores medos, devido a uma lista de desafios deixada para elas cumprirem.
Então o que, possivelmente, poderia dar errado na tão esperada noite das quatro amigas? Quase tudo, é claro. Declarações de amor frustradas, verdades engasgadas e loucuras em cada item da lista as aguardam nessa noite.
Para sobreviver a lista de desafios e para revelar a verdade para suas amigas, Samanta vai precisar de toda a sua coragem. Mas como ela irá fazer isso se toda vez que é corajosa algo a sua volta desmorona?
Em só por uma noite conhecemos quatro amigas: Nat, Marina, Samanta e Daphne que perderam uma de suas amigas a Vick e a mesma lhes deixou uma lista com alguns desafios para cada uma delas. Esses desafios prometem mudar a vida das meninas de vez, já que muitos segredos serão revelados e situações criadas. Tudo isso em uma única noite e alguns desses desafios são meio que assustadores, já que exigem coragem para encarar medos e superá-los, quem sabe?! Samanta é a primeira a cumprir um desses desafios que é se declarar para seu melhor amigo, e aí a história de fato começa, já que temos um flash do passado onde nos mostra como tudo foi parar naquele momento, naquela declaração, o motivo do desafio escolhido para ela. O que ela recebe em resposta a sua declaração, não é o que ela esperava e ainda descobre que o cara por quem é apaixonada a pelo menos três anos, já tem compromisso com outra.

Parece que Samanta é descolada e daquele tipo de menina que tem muita coragem, mas não é bem assim, ela é muito centrada digamos assim, cautelosa e até um pouco receosa. No auge dos seus dezessete anos, ela deveria viver mais e se arriscar mais, porém na verdade ela sempre foi muito quieta e essa lista lhe tira da sua zona de conforto, fazendo com que ela se arrisque mais e viva mais intensamente. 

Vick era mais intensa que as demais, talvez; e essa lista promete tirar todas de sua zona de conforto.
"- Ir para um cemitério no meio da noite (✔️)
- Mudar completamente o visual (✔️)
- Descobrir um terrível segredo sobre suas amigas (✔️)
- Confessar que está apaixonada pelo seu melhor amigo (✔️).."
Vick sempre deu muitas opiniões sobre tudo, será que ela estava certa? Não vou dizer, vocês só saberão lendo.. 

Sam muda seu visual, confessa uma paixão de anos para seu  melhor amigo, Vick também fez parte dessa amizade presente na vida de Sam que inclui Marina, Nat e Daphne, pois em certo momento Sam foi responsável por "salvar" a pele de Vick e isso uniu as meninas. Então talvez por toda ligação de anos que essas meninas tenham, Sam resolve cumprir as tarefas deixadas por Vick, não se sabe o motivo real de tal lista, nem mesmo se tudo que contém na mesma vale a pena, a única certeza que se tem é que elas estão dispostas a ir até o fim!

A história é narrada em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Samanta. Todo enredo é ambientado no Brasil e a história é bem clichê, mas tem seus momentos engraçados e divertidos. Considero Só por uma noite uma dessas histórias leves e refrescantes, para ler sem grandes expectativas e bem mais voltada para o público adolescente entre 12 e 16 anos. No meio do enredo são inseridos temas como divórcio, amizade, autoestima, alcoolismo e muito mais.. Então por mais que se tenha um tema bem jovem, ainda assim as autoras Mônica e Monique Sperandio trouxeram situações que fazem refletir e transmitem boas mensagens a respeito de temas delicados.

1 comentários:

  1. Karini!
    Independente do público alvo destinado ao livro, tem algumas coisas que acho primordial e uma delas é saber qual o real objetivo do livro, qual mensagem se quer passar com ele e pelo visto aqui, não sabemos direito qual o sentido da lista e porque suas atividades tem de ser realizadas...
    Sei não se vou ler.
    Desejo uma ótima semana!
    “A parte que ignoramos é muito maior que tudo quanto sabemos.” (Platão)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir