Resenha || Uma Loucura Discreta - Mindy McGinnis

21.12.16

Editora: Plataforma21
Páginas: 388
Boston, 1890. Asilo Psiquiátrico Wayburne. Grace Mae vive um pesadelo: forçada a passar seus dias reclusa num manicômio, em meio a insanos de todo tipo, sobressaltada por gritos de horror a cada noite.
Grace não é louca. Apenas não consegue esquecer os terríveis segredos de família. Terríveis o suficiente para calar sua voz – jamais ouvida por ninguém, a não ser ela mesma, dentro de sua mente brilhante.
Mas, quando uma crise emocional violenta traz sua voz à tona, Grace é confinada em um porão escuro. É nesse momento em que ela conhece o dr. Thornhollow, um estudioso de psicologia criminal. Dona de um olhar aguçado e de uma memória prodigiosa, Grace passa a auxiliar o médico em investigações.
Ambos escapam para uma instituição mais segura em Ohio, em busca de amizade e esperança. Mas a tranquilidade dura pouco: surge um assassino em série que ataca brutalmente jovens mulheres.
Grace seguirá no encalço do criminoso, mesmo tendo de enfrentar seus próprios fantasmas.
Em Uma Loucura Discreta, Mindy McGinnis explora com maestria narrativa a tênue linha entre sanidade e loucura, revelando o lado obscuro que existe em todos nós.
“Uma Loucura Discreta” tem como cenário a Boston de 1890, onde Grace Mae vive um verdadeiro pesadelo, forçada a viver reclusa num manicômio, em meio a insanos de todo tipo, sobressaltada por gritos de horror a cada noite. Realidade de uma época em que a palavra de um homem valia mais que as verdadeiras circunstâncias.

Grace é sã, porém, se vê em um manicômio para manter intocáveis as aparências de sua família. No momento em que Grace é trancafiada junto com os terríveis segredos de família, eles levam junto sua voz e essa única coisa que lhe mantém lutando, é o motivo que a levou àquela casa de horrores.
"Todos eles tinham seus terrores, mas pelo menos as aranhas que viviam nas veias da garota nova eram imaginárias. Grace aprendera havia muito tempo que os verdadeiros terrores deste mundo eram as outras pessoas."
Depois uma sucessão de acontecimentos que resultam em uma violenta crise emocional, Grace é trancafiada em um porão. Na escuridão, ela conhece Falsteed, um médico que é capaz de reconhecer uma verdadeira mente brilhante.

E Falsteed a leva a conhecer o Dr. Thornhollow, um estudioso de psicologia criminal. Dona de um olhar aguçado e de uma memória prodigiosa, ela vê em Thornhollow a oportunidade de fugir de todo aquele pesadelo.

Grace e Thornhollow passam a morar na instituição mais segura em Ohio, onde o médico trabalha. Lá ela irá em busca de amizade e esperança. Grace passará a trabalhar como auxiliar do Dr. Thornhollow, em especial quando assassinatos em série de jovens mulheres surgiram na cidade. Grace seguirá no encalço do criminoso, mesmo tendo de enfrentar seus próprios fantasmas.
"Você aprendeu que a beleza pode lhe ser desfavorável, e sua constituição física é tão delicada que você nunca será capaz de defender-se. Seu cérebro é sua força; sua rapidez de raciocínio é a única coisa que pode libertá-la da execrável vida dos idiotas."
O livro,vem com tom de mistério, e a autora colocou isso muito bem; as investigações de Thornhollow e Grace, nos instigam a querer entender como essa série de assassinatos acontecem e como eles conseguirão resolver.

Outro tom do livro é a maneira como ela expõe a situação que as mulheres vivam; sua submissão, sua falta de direitos e como a palavra de um homem valia mais que a verdade. 
Grace e Thornhollow são personagens fortes e bem construídos, nos conduzem nessa história, em um misto de mistério e suspense, onde há momentos de grandes reviravoltas e emoções.

“Uma Loucura Discreta” explora com maestria narrativa a tênue linha entre sanidade e loucura, revelando o lado obscuro que existe em todos nós.
"Penso que somos todos loucos. Mas alguns de nós simplesmente são mais discretos em relação a isso."

12 comentários

  1. Já tinha visto a capa do livro, porém nunca tinha lido nenhuma resenha a respeito. Gostei bastante, suspense e assassinos em série são coisas que me atraem para os livros, gostei também do fato do autor abordar a respeito da exploração da mulher, sem contar Grace, que parece uma personagem e tanto!Amei a resenha!

    ResponderExcluir
  2. Já achei legal pelo tom antigo da história, acho que abre portas pra muita coisa e pelo jeito explora uns costumes da época que não eram nada legais e nem justos. Parece um bom livro e que deixa a gente curioso pra saber o que acontece, desvendar as coisas e etc. Cheio de mistério e pelo visto bem escrito. Adoraria ler. Parece muito bom ^^

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia este livro, mas achei bem interessante a história e após ler sua resenha fiquei bem curiosa para saber sobre os segredos que Grace esconde, adicionei este livro em minha lista de leituras e pretendo lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Adorei esse livro, ele é bem diferente do que eu imaginava e adorei como a autora consegue passear por temas tão diferente, interessante e importantes atra vez de uma unica historia, fiquei muito curiosa para poder ler e esse livro está na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
  5. o livro parece ser bastante interessante mas não me chamou muita a atenção, é um livr que sai bastante da minha área de conforto, mas quem sabe algum dia eu leia, um livro de suspense e mistérios tendem a nos prender, quem saaaabe né kkkkkkk mas a história parece ser bem interessante !!mas não é um tipo de livro que estou acostumada a ler

    ResponderExcluir
  6. Bem, um livro passado no século XIX já é um grande atrativo e poder mostrar o quanto a mulher era fragilizada naquela época ao ponto de ser internada em um manicômio, deve ser fenomenal, sem contar com todo mistério.
    “O Natal não é um momento nem uma estação, senão um estado da mente. Valorize a vida.” (Desconhecido)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Tinha visto a capa desse livro, mas não sabia muito sobre a história. Fiquei com vontade de ler, apesar de não ser uma prioridade

    ResponderExcluir
  8. Que livro meio doido. Que tipo de família coloca a própria filha em um manicômio? Acho que a unica parte que me prenderia ao livro é a parte em que fala sobre os assassinatos em série. Deve ter um suspense e tanto. Espero muito ler o livro um dia e tirar minhas próprias conclusões. beeijos

    ResponderExcluir
  9. Que capa sensacional! O livro parece ser cheio de idas e vindas, gostei muito desse livro, curto livros de mistérios.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Gostei bastante do tema desse livro, já que fala sobre loucura. Gostei principalmente de a protagonista começar a ajudar o Dr. Thornhollow nesses crimes. Fiquei bem curiosa e lerei sim!

    ResponderExcluir
  12. Adorei o fato do livro abordar esse lado feminino com mais força. O enredo me conquista, principalmente por conter segredos familiares e uma protagonista taxada como louca.

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por