Resenha II Sway - Kat Spears

14.12.16

Editora: Globo alt
Páginas: 256
*Recebido em parceria com a Editora
Sway é o apelido de Jesse Alderman, por causa de seu talento para conseguir qualquer coisa para qualquer pessoa, como providenciar trabalhos escolares, fazer com que pessoas sejam expulsas da escola, arrumar cerveja para as festas, entre outras coisas, legais ou ilegais... É sabendo dessa fama que Ken Foster, o capitão do time de futebol da escola, pede a ele um trabalho controverso: Ken quer que Bridget Smalley saia com ele. Com seu humor ácido e seu jeito politicamente incorreto de ver a vida, Sway terá que encarar o trabalho mais difícil que já teve: sufocar todos os sentimentos que Bridget desperta nele, a única menina verdadeiramente boa que ele conheceu em toda a sua vida.



Olá leitores, tudo bem?
Quando vi esse lançamento fiquei bem curiosa, então firmei uma parceria com a Editora para leitura do mesmo; vamos as minhas impressões?

Sway, título do livro é também apelido do nosso personagem principal Jesse e como explica a sinopse é por causa do seu talento em conseguir coisas que geralmente outros não conseguem com facilidade.. Sendo assim nosso personagem é alguém que "gostaríamos de ter na agenda telefônica" quando precisamos de algo. Nossa história vem exatamente dessa premissa..

Ken Foster (capitão do time de futebol) pede que ele arme um encontro entre ele e Bridget. Ken é mau caráter enquanto Bridget é uma menina linda e querida. Então percebam que a missão de Sway não é lá muito simples ou fácil. E para complicar mais as coisas, ele acaba se apaixonando por Bridget e aí a coisa pode parecer mais do  mesmo, mas não é bem assim a história tem suas peculiaridades e Jesse, apesar de parecer descolado e desinteressado mostra um passado marcado por muitos problemas e que o torna exatamente quem é e inclusive com um jeito de agir que muitas vezes me irritou.. O que ele ganha em ser "o cara"? Dinheiro, outros favores e a fama que o precede. E usa essa coisa toda como fuga dos problemas diários. 

Quem pensa que Sway é um livro bobo e adolescente não é bem assim, apesar de ser um Ya ele nos traz temas como abandono, suicídio, problemas familiares e muitos traumas e situações que marcam a vida de alguém e podem levar a pessoa por direções sem volta. A forma como Kat Spears abordou o tema me agradou bastante e olha que sou enjoada com livros do gênero. 

Recomendo.

11 comentários

  1. Oi Karini! Eu nunca tinha escutado sobre esse livro, mas ele parece ser bem interessante. Fiquei curiosa para saber mais sobre Jesse e sua "missão" com Bridget. Acredito que eu me irritaria com ele assim como vc, mas quero saber mais sobre o seu passado. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Karini!
    Confesso que achei que o livro seria mais ou menos como o filme Vivendo a vida adoidado, e que bom que não é, bom que aborda temas delicados e que precisam mesmo serem discutidos com mais intensidade.
    Quero ler para ver como vai acabar Jesse e Brigdet...
    “Natal não são as luzes lá fora, mas a Luz que brilha em seu coração... Feliz Aniversário, Senhor!” (Daniela Raffo)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Apesar do tropo tradicional do "canalha que se apaixona pela garota bonita e modifica suas atitudes", as temáticas que circulam o tema principal me fisgaram... Espero que a narrativa também seja interessante!

    ResponderExcluir
  4. Sua resenha está muito boa!
    Eu não conhecia este livro, nem curto muito esse estilo de história, apesar de eu curtir um romance, mas lendo sua resenha acabei ficando curiosa em relação a história, então quem sabe eu venha a ler o livro.

    ResponderExcluir
  5. Eu achei a capa bem bonitinha. Gostei da resenha, simples e objetiva. Apesar desses outros temas super interessantes que o livro trata, eu achei que não é um livro que surpreende, posso estar bem enganada, mas não me chamou tanto a atenção.

    ResponderExcluir
  6. Parece até com alguns filmes antigos que assisti. Amei a resenha, amei a história e a capa. Leria com facilidade esse livro.

    ResponderExcluir
  7. Já conhecia o livro, apesar de nunca ter lido. Fiquei empolgada com ele, quero ler.

    ResponderExcluir
  8. eu nunca tinha ouvido falar do livro, mas fiquei bem interessada, a história parece ser interessante, assim como os temas abordados, e fiquei bem curiosa pra saber que atitudes sway vai tomar em relação aos sentimentos dele por Bridget ! pretendo ler

    ResponderExcluir
  9. Gosto muito de livros nesse estilo, acho legal como as coisas são abordadas e o modo de pensar dos personagens, o quanto a vida fica complicada pra eles e às vezes as pessoas não enxergam isso. Tem todo aquele drama de ser jovem e estar aprendendo a crescer e tal. E o livro parece ter muitos assuntos interessantes e alguns que todo adolescente pode acabar tendo passado ou que se identifique e etc. Acho que iria gostar.

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Esse foi um livro que me surpreendeu positivamente, pois gostei muito dessa historia, achei interessante como a autora acaba abordando temas complexos, através de um historia simples, fiquei curiosa para saber mais sobre os personagens e se tiver oportunidade quero ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  11. Quando li a resenha fiquei pensando que ela um livro bobo, com uma historinha de adolescentes e amor e já estava decidida a não lê-lo. Porém, ao saber que ele abordar temas como traumas, problemas, etc, me chamou a atenção, já que gosto de livros do gênero.

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por