Resenha II Lead - Stage Dive #3 - Kylie Scott

7.11.16

Editora: Universo dos Livros
Páginas: 368
*Recebido em parceria*
Embarque em mais uma aventura com os roqueiros sensuais de Stage Dive, a série New Adult de Kylie Scott, autora best-seller do The New York Times. Como vocalista da banda Stage Dive, Jimmy sempre teve tudo na hora que quis, fosse bebida, drogas ou mulheres, até que a destruição de sua reputação na mídia serviu de alerta e o conduziu à reabilitação. É neste momento que Lena surge em sua vida. Contratada para ser a assistente que tem como missão mantê-lo longe de problemas, ela não planeja aguentar desaforos do sensual roqueiro, e está determinada a manter a relação em nível estritamente profissional, apesar da química efervescente entre eles, até que Jimmy vai longe demais e Lena vai embora. Isso o faz perceber que talvez tenha perdido a melhor coisa que já lhe aconteceu. 
Jimmy é o vocalista da Stage Dive e irmão do David. Após passar um tempo em uma clínica de reabilitação, os demais integrantes da banda querem que ele tenha uma "sombra" na estrada; alguém que possa ficar ao seu lado e evitar que ele cometa um novo deslize. O problema é que Jimmy tem um temperamento difícil e por isso, suas sombras não duram muito tempo. Ele precisa de alguém que não ature suas besteiras e é aí que Lena entra em cena.
"– Claro que é. Só estou um pouco ocupada agora, sendo despedida e tal, pra poder apreciar a magnificência do momento. – Pus as mãos na cintura e o fitei nos olhos. Ele era bonito e aposto que aquela carinha já funcionou com inúmeras mulheres. Mas não comigo. – Pode ficar tranquilo, vou surtar loucamente mais tarde.  
 Ele se apoiou no beiral da porta.  
 – Promete?  
 – Com certeza.  
 – Estou confiando em você, hein.  
 – E eu agradeço, senhor Ericson. Não vou decepcioná-lo.  
 – Que espertinha você. Gostei disso – ele exibiu um largo sorriso". (p.10)
Lena vive de trabalho temporário em trabalho temporário. Fazendo o suficiente para pagar as contas e ficar o mais longe possível de casa, lugar que ainda causa muita dor a ela.
"– Acho mesmo que você pode ser a escolhida – disse o baterista, dissipando meus pensamentos.  
 Pisquei.  
 – É mesmo?  
 – Sim. Quero dizer, olhe só pra você, tão linda e adorável. Mas o que eu amo especialmente é esse seu olhar de vá-se-foder por trás dos óculos astutos.  
 – Você gosta, é? – Meu sorriso era capaz de mostrar todos os dentes.  
 – Ah, com certeza. Mas você não é pra mim.
– Não?  
 – Infelizmente não – ele balançou a cabeça.  
 – Droga.  
 – É, eu sei. É mesmo uma pena pra você – ele suspirou, colocando o cabelo atrás da orelha, e olhou por cima do ombro. – Cavalheiros, sobre o problema que estávamos discutindo antes: posso ter encontrado uma solução. " (p. 12)
Inicialmente, o jeito taciturno de Jimmy deixa Lena exasperada, mas ao mesmo tempo, ela sente uma grande atração pelo roqueiro irritadinho. O problema é que seus sentimentos vão se desenvolvendo e ela precisa se afastar o mais breve possível. Jimmy não aceita seu afastamento e se propõe a mostrar para Lena porque se apaixonar por ele é uma péssima ideia.

Acontece que Jimmy não é muito bem sucedido com isso, principalmente quando começa a se convidar para os encontros de Lena. As situações que se desenrolam a partir daí são hilárias. O casal tem muita química, mas também vive se alfinetando e ambos querem sempre ter a última palavra nas discussões.

De todos os livros da série até o momento, "Lead" é o mais envolvente. Há drama por conta das histórias pessoais de Jimmy e Lena, bom humor e altas doses de sensualidade.

Lena é determinada e teimosa. Não é uma mocinha que vai deixar barato os desaforos e é leal ao extremo. Jimmy é teimoso, mas também é carinhoso e protetor.
"Tudo pausou, menos a minha pulsação, que batia frenética atrás das minhas orelhas. O homem era lindo, assemelhando-se muito às estrelas: eu só podia olhar demoradamente para ele, mas ele estava muito fora do meu alcance. Ainda assim, instantes como aquele precisavam ser significativos. A mudança do destino sob nossos pés deveria parecer algo grande. Mas, em vez de luzes e música dramáticas, o que recebi foi um olhar carrancudo e gélido do cara vestido em um terno impecável. O cabelo escuro pendeu sobre o rosto e o colarinho, emoldurando as maçãs do rosto de um anjo, mas os maxilares eram de uma criança teimosa. Todos os outros centímetros visíveis dele pareciam de um macho bem desenvolvido. Mas o jeito com que ele se apoiava sobre o maxilar… nem tanto". (p. 15)

3 comentários

  1. O gênero do livro não me chama muito a atenção, porém, ao ver que um dos personagens se envolve com música, me deixou um pouco interessada. os quotes que você selecionou são bons também.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Carolina!
    Gosto de romances que tratam da vida pessoal dos protagonistas e mostram como os fatos de suas vidas podem atrapalhar nos relacionamentos e ainda assim, no final, todo mundo fica feliz e acompanhado de boa música.
    “Capacidade de saber cada vez mais sobre cada vez menos, até saber tudo sobre nada.” (Millôr Fernandes)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho muita curiosidade de ler esse livro, o casal parece ser encantador, desse eu já tinha visto resenha, dos outros que não, e me pareceu que o livro é bem divertido, espero ter a oportunidade de ler.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por