Resenha || Garota Desaparecida - Garota Desaparecida #1 - Sophie McKenzie

16.11.16

Editora: Verus
Páginas: 282
*Recebido em parceria com a Editora
Lauren mora na Inglaterra e sempre soube que é adotada. Mas, quando uma breve pesquisa sobre o seu passado revela a possibilidade de ela ter sido roubada de uma família americana ainda bebê, a vida de Lauren de repente parece uma fraude. O que ela pode fazer para tentar encontrar os pais biológicos? E seus pais adotivos terão sido os responsáveis por sequestrá-la? Lauren convence sua família a fazer uma viagem para o outro lado do Atlântico e, lá chegando, foge para tentar descobrir a verdade. Mas as circunstâncias de seu desaparecimento são sombrias, e os sequestradores de Lauren ainda estão à solta — e dispostos a qualquer coisa para mantê-la calada.
Garota Desaparecida de Sophia McKenzie traz uma história curta e fluída com uma pegada de suspense, pois em seu enredo conhecemos Lauren uma adolescente de quatorze anos que foi adotada ainda pequena, sem muitas lembranças, porém em dado momento sente uma curiosidade mais intensa a respeito de suas raízes e em uma busca pela internet acha sua foto quando criança com uma projeção de como seria na idade atual; isso a intriga, pois percebe que pode ter sido sequestrada ou coisa pior. Tendo em vista isso, arquiteta  um plano para ir até a cidade onde poderá achar respostas sobre o seu passado; para isso precisa mentir para seus pais adotivos e irmão saindo em uma viagem que promete grandes descobertas, perigos e com a certeza que jamais voltará a ser quem achava que era! 
"Quem sou eu?
Eu me sentei diante do computador no escritório de minha mãe e olhei o título da redação. Os professores novos sempre passam tarefas desse tipo no começo do ano.
Quem sou eu?"
As circunstâncias do desaparecimento de Lauren e até mesmo as respostas rasas que seus pais adotivos dão sobre sua adoção a instigam em sua jornada por descobrir o seu passado e inclusive duvidar da bondade e honestidade dos mesmos, algo que conforme vai adentrando no seu plano vai tornando-se cada vez mais aparente. Seu  melhor amigo é peça fundamental para que sua caçada pessoal comece, porém Lauren jamais imaginou o perigo que enfrentaria nessa incursão. Quem ela realmente é? Por qual motivo seus pais biológicos não a quiseram? E seus pais adotivos; que vivem se esquivando de dar respostas concretas sobre a adoção? 
Imagina você descobrir que aqueles que deveriam lhe proporcionar conforto e segurança podem ter sido parte em um esquema sinistro que lhe tirou do seu verdadeiro lar?! 

A história tem um enredo interessante e a leitura é dessas que não largamos até que a última página seja virada, pois ficamos curiosos para saber o desfecho; porém senti falta de mais explicações e situações mais críveis, sei lá! Não funcionou como eu esperava.
Logo no começo fico indagando como foi "fácil" enganar os pais e viajar para um destino diferente e embarcar nessa aventura perigosa sendo tão jovem, mesmo que sua "explicação" para comprar as passagens para outro local seja de que precisa estar acompanhada de alguém da idade de seu melhor amigo (que também é menor de idade/15 anos) e depois disso vem situação atrás de situação que achei meio "forçado". 
Sinto que faltou, talvez, maturidade da autora para desenvolver melhor o enredo, o que me deixou um tanto frustrada, pois amo ficção e suspense e esperava bem mais desse livro!

Mas.. Como disse lá em cima, o enredo é interessante.. Então por mais que as decepções tenham aparecido, ainda assim consegui curtir boas horas de leitura e gostei do final. 

Diagramação, capa e revisão me agradaram bastante.

2 comentários

  1. Gostei da resenha, o livro parece ser envolvente e eu estou curiosa para saber o que a Lauren descobriu sobre seu passado, e o que tem de tão perigoso ai, confesso que não gostei da capa, mas o enredo parece valer a pena.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  2. Karini!
    O enredo realmente parece bem interessante, inclusive foi um dos assuntos tratados pelo Fantástico na semana passada, onde o tráfico de bebês para fora do país foi abordado.
    Uma pena que a autora não tenha desenvolvido o tema de forma mais verídica...
    “É melhor saber coisas inúteis do que não saber nada.” (Sêneca)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por