Resenha || O Despertar do Lírio - Flores da Temporada #2 - Babi A. Sette

Editora: Novo Século
Páginas: 382
*Recebido em parceria com a Editora
Lilian Radcliffe é uma jovem viúva e está feliz com sua vida isenta de emoções. Culpa do luto que não larga? Lilian jurou fidelidade ao marido no leito de sua morte.
Paralelo a isso, conhecemos Simon Thorn, homem frio e libertino, dono da maior casa de jogos de Londres. Ele está a um passo de realizar seu plano de vingança contra o culpado pelo título de assassino que recebera anos atrás. O problema é que o canalha está morto e ele terá de usar a sua viúva recatada a fim de atingir seus objetivos.
De um lado, ela precisa manter sua honra intacta; de outro, ele quer seduzi-la e desmoralizá-la. No entanto, Lilian nunca se sentiu tão vulnerável e atraída por um homem. E Simon, por sua vez, demonstra reações ao lado dela das quais nunca imaginara ter. A vingança e a honra se abalam quando nasce entre ambos uma paixão incontrolável. Mas, para ficarem juntos, terão de enfrentar segredos e mágoas profundas, um castelo trancado há seis anos, palco de uma morte misteriosa e, sobretudo, encarar os fantasmas do passado que assombram suas consciências.
A trama é narrada em terceira pessoa e se passa em 1845 quando Lilian, uma viúva de apenas 22 anos de idade, assiste ao casamento de Kathelyn (a protagonista do primeiro livro), a duquesa de Belmont na Igreja St George. Lilian não teve muitas escolhas na vida. Quando ocorreu o escândalo envolvendo sua irmã, ela precisou casar-se rapidamente aos 16 anos de idade com o primo Rafael Radcliffe. Sua vida de casada poderia ter sido resumida em uma única palavra: monótona.

Com o seu comportamento impecável perante à Sociedade, muitas mulheres tem Lilian como modelo dos bons modos. Lilian recebe um pedido de ajuda de Caroline Bowmer: afastar sua filha Anabele de Joe Landscape, o professor de música da jovem. Para isso, ela precisa passar vinte dias no campo, em South Yorkshire, na casa de lady Marfleet, em Easton House.

Ao aceitar ajudar a jovem, Lilian se vê presa em uma armadilha criada por Simon, o "barão assassino" e sua amante, Lady Anne Stone. Seu falecido marido foi o causador de muita dor à Simon, que não conseguiu superar sua raiva mesmo com a morte de seu inimigo. Então, ele decide redirecionar sua vingança à viúva, uma pessoa completamente inocente em vários aspectos.
"Como é triste as expectativas que colocamos nos outros, porque elas quase nunca são correspondidas e,meu Deus, como isso machuca."
Simon é um homem amargurado que mesmo carregando um grande fardo ao ser chamado de assassino ainda é bem recebido na sociedade. Afinal de contas, ele é um barão acima de tudo. Sua amante, Lady Stone é uma mulher vil e possessiva, que mesmo sendo casada deixa claro que Simon é seu. É o tipo de pessoa que não se importa com ninguém e que está disposta a humilhar ou machucar qualquer um, desde que no final consiga o que deseja.

Inicialmente, Simon delicia-se ao encabular Lilian, acreditando que ela é dissimulada. Porém, conforme as interações entre os dois tornam-se mais constantes, fica claro para ele que a jovem tem uma alma generosa e sua bondade acaba deixando-o desconcertado.

Lilian por sua vez, sente-se na obrigação de manter o recato por conta do falecido marido que tanto ajudou a sua família, sem fazer ideia da verdade face de Rafael Radcliffe. Presa a uma promessa feita à sua mãe no leito de morte, Lilian sempre manteve a perfeição como objetivo de vida.
"Prometa-me, Lilian, que nada nem ninguém nunca a levará a ruína." A voz da mãe era fraca; ela tossiu algumas vezes antes de prosseguir. "Prometa que nunca irá se corromper e que nunca perderá a sua honra."
Ela luta arduamente pela atração que começa a sentir por Simon e pelo prazer que a vida desperta nela pela primeira vez. 
"- É claro que deve - levantou o filhote até a altura dos olhos. Se defendia usando um cachorro minúsculo de escudo. - Como pode dizer não a uma criatura irresistível?
- É impossível - ele sussurrou e percorreu seu corpo de cima a baixo com um olhar cheio de uma preguiça maliciosa". (p. 77)
A trama é muito bem construída e os personagens são apaixonantes. É interessante de se observar como Lilian vai perdendo a "inocência", conforme as verdades sobre as pessoas ao seu redor vão sendo reveladas. Mesmo ela sendo considerada uma adulta pela sociedade desde os dezesseis anos, é apenas com a viuvez que Lilian toma as rédeas da própria vida e começa a realmente viver.

Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um ótimo trabalho. A capa é simplesmente espetacular e por si só chama a atenção do leitor. A obra ainda conta com um bônus: o primeiro capítulo de "Não me esqueças", o terceiro livro da série flores da temporada!
"Naquela época, ela entendeu que, quando tudo no mundo desmorona, se você não se agarrar àquilo que tem dentro de si, não sobrará nada."

7 comentários:

  1. Sou uma grande fã de histórias narradas em terceira pessoa, sinto que tudo fica mais explicado. Por isso e pelo enredo, gostei muito dessa obra. Tenho lido várias resenhas e cada vez fico ainda mais curiosa. Uma pena que é um livro de sequencia, tenho corrido muito deles.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Amei sua resenha! Eu li o primeiro livro em fevereiro, mas ainda não tive oportunidade de ler o segundo. Vou procurar lê-lo em breve.
    Abraços!
    https://letrasmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Sou muito curiosa pra ler algo da autora, mas nunca tive a oportunidade. Parte porque antes eu não gostava de romances de época, mas agora estou dando chance a eles, então com certeza já entrou na minha wishlist.
    Quero muito ver como a personagem irá crescer por causa da viuvez e como ela irá lidar com essa situação!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  4. Acabei de ler outro livro da autora e estou totalmente encantada com a forma como nos envolvemos na leitura.
    Espero ter oportunidade de acompanhar Simon e Lilian nessa aventura e romance do século XIX.
    “A sabedoria só nos chega quando não precisamos mais dela.” (Che Guevara)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gosto da temática de manter a fidelidade depois da morte. Kkk Quero ler esse livro para saber o que vai dar.

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li nada dessa autora mas tenho visto boas criticas sobre ela!! Gostei muito da sinopse e a capa é linda!! OTIMA RESENHA!!!!

    Bjssssss

    ResponderExcluir
  7. Ah essa história é um amor, foi o primeiro (e único até o momento) livro que li dessa autora e sai encantada com a história, vou querer ler outros livros da Babi com certeza. Sua resenha tá ótima me fez lembrar o quanto eu não gostei de Lady Stone e o quanto amei o casal <3

    ResponderExcluir