Resenha || Jogos macabros - Rua do Medo - R. L. Stine

18.9.16

Editora: Globo Alt
Páginas: 280
*Recebido em parceria com a Editora*
Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros. O“Stephen King da literatura juvenil” ficou famoso na década de 1990 com a aplaudida coleção Rua do Medo. Quase duas décadas depois do último volume, Stine atende aos pedidos dos leitores e lança o livro inédito Jogos macabros, publicado no Brasil pela Globo Alt.
Tal como os outros títulos da coleção, a história se passa na velha cidade de Shadyside, nos EUA, conhecida por ser palco de acontecimentos misteriosos e aterrorizantes envolvendo os alunos da escola local. Todos na região conhecem a excêntrica e rica família Fear, e sabem também do passado terrível que os assombra. Apesar desses histórico nada promissor, Brendan Fear parece ser um garoto diferente de sua família. Gentil e simpático, o jovem vive rodeado de colegas e chama a atenção de Rachel Martin, uma garota simples, colega de classe dele.
Quando o aniversário de Brendan está prestes a chegar, ele começa a planejar uma comemoração um tanto diferente na isolada ilha do Medo, onde existe um casarão de veraneio pertencente à família Fear. Rachel é uma das convidadas para passar o final de semana no local sombrio e, contrariando os avisos dos amigos, decide ir. No caminho, coisas estranhas já começam a acontecer e, ao chegarem à mansão, Brendan dá as coordenadas para o início de um jogo que se revelará o mais mortal de todos.
Repleto de reviravoltas, Jogos macabros mantém o leitor apreensivo da primeira à última página. Como todo bom enredo de R. L. Stine, a história dá espaço a fantasmas, assassinato, traição e romance, e marca, enfim, um retorno triunfal do autor à Rua do medo.


Quando vi Jogos Macabros não consegui parar de pensar no quanto eu precisava desse livro, pois amo terror, suspense e mortes! Ha! Então quando chegou a ansiedade para leitura era imensa! 
Jogos Macabros traz um misto de suspense com terror trazendo mortes que ocorrem de forma intrigante e acompanhadas de bilhetes macabros, afinal quem está por trás de tudo? Preparem os forninhos e que os jogos comecem!

Rachel é convidada para uma festa na Ilha do Medo, poderia ser qualquer festa em qualquer lugar, mas a Ilha do Medo é da família Fear que possui uma bagagem imensa com histórias sinistras e uma reputação estranha e duvidosa. Claro que para Rachel, tudo não passa de bobagens. Brendan é o carinha que desperta sua curiosidade e interesse e afinal, o que ele poderia ter visto nela para convidá-la para uma festa? Vinda de um relacionamento meio conturbado que já queria terminar, ela resolve que vai a festa sim! E que será incrível! Mesmo com os avisos de sua melhor amiga de que isso não é boa coisa e de seu ex-namorado tendo atitudes estranhas e dizendo para ela não ir, ela não quer nem saber, pois sua curiosidade fala muito mais alto. 

Em vésperas da festa ela encontra a porta de sua casa escancarada e um rato morto em sua cama e claro que ela associa ao seu ex-namorado assustador e fora de controle. O sonho macabro que tem antes da festa também só pode ser fruto de sua imaginação diante a tantas lendas e coisas que falam dos Fear.. Mas quando Rachel chega à Ilha do Medo as coisas começam a acontecer e ela percebe que todo o aviso sobre a tal ilha pode ser verdade e muito mais sinistro do que qualquer um jamais imaginou!

A história é apresentada pelo ponto de vista de Rachel, uma jovem simples, curiosa e ansiosa para viver a vida de maneira mais emocionante apesar de ser bastante ingênua e muito fútil em alguns momentos, já que ela vivência momentos de tensão pura e medo e mesmo assim encontra tempo para se sentir atraída por Brendan e ser a mais idiota de todos os personagens! Afinal, se tem gente morrendo o que você faz? A- fica com todos, afinal assim é mais difícil um assassino em potencial matar a todos ao mesmo tempo ou B- Se isola e vai para os lugares e situações mais improváveis? Isso mesmo! Rachel sempre escolhe a opção B.. Não acho que por não saber o que fazer em situações assim, afinal ela saca de filmes de terror, mas por ser meio sem noção mesmo!

O livro é bem simples e os personagens são clássicos de filmes de terror antigo, aqueles meio canastrões, mas  que mesmo assim tinham um belo charme.
Com uma narrativa fluída e simples R. L. Stine cumpre seu papel com um terror juvenil leve e incríveis Jogos macabros que realmente foram um plus todo especial na trama. Eu gostei do livro apesar de ter tido alguns pontos que eu simplesmente achei que poderiam ter ficado de fora ou terem sido melhorados para realmente gerar aquele medinho que livros assim costumam dar!

Alguém aí leu?

5 comentários

  1. Esse livro parece mesmo aquele que segue o exemplo dos clássicos. Eu tenho gostado muito de sair da minha zona de conforto e terror é um deles. Já tive a oportunidade de conferir uma outra resenha desse livro, e assim como você, gostei dele de imediato. Apesar das partes que poderiam ficar de fora, acredito que eu iria gostar bastante.
    Um abraço!

    https://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi falar desse livro, mas confesso que não me chamou atenção.
    Eu até gosto do gênero, mas acho que não vou aproveitar muito a leitura...
    Mas bom saber que, mesmo você achando que podia ter alguns detalhes mais aproveitados, você gostou da leitura!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  3. Karini!
    Já gosto dos livros juvenis, porque tem sempre muita aventura e se são de terror, cruzes... até arrepie.
    Faz tempo que não leio um bom livro de terror e suspense.
    “A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.” (Zíbia Gasparetto)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Esse Livro não me chamou atenção, apesar de gostar do tema!!!

    Bjssssss

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que livro chocante! Morro de medo de livros de terror, mas essa história é demais. Vou ter que vencer o medo e ler esse livro.

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por