Resenha || Cabeças de Ferro - Carol Sabar

Editora: Jangada
Páginas: 304
*Recebido em parceria com a Editora
Nem em seus piores pesadelos, Malu imaginava que sua vida universitária começaria tão tumultuada!
Ela acaba de ser aprovada no concorridíssimo vestibular da “Universidade dos Cabeças de Ferro”, e agora, com o apoio de Nicolas – que sonha ser muito mais que seu amigo –, prepara-se para encarar o temido trote da Engenharia.
O veterano designado para aplicar o trote em Malu é ninguém menos que Artur Cantisani, o seu sexy arqui-inimigo, responsável pela humilhação que ela sofreu aos 11 anos de idade, na frente de toda a escola.
Inesperadamente, porém, quando o trote começa, Artur despeja a gosma não em Malu, mas em outra caloura, que sofre um choque anafilático! Veteranos e calouros fogem, deixando Malu, Artur e Nicolas sozinhos na “cena do crime”.
Mas por que a gosma despejada na caloura era a única de cor diferente? E por que todas as outras garrafas com gosma desapareceram sem deixar rastro? Alguém estaria tentando ocultar provas? Os estudantes da Engenharia estariam na mira de um assassino?
Envolvidos até o pescoço, Malu e Artur, apesar de se odiarem, não têm outra saída a não ser unir seus cérebros brilhantes para desvendar o que há por trás de tanto mistério.
Com a mesma linguagem espontânea e divertida que conquistou tantos leitores, Carol Sabar agora conta uma história irresistível, cheia de suspense, romance e adrenalina.
Hoje vamos conversar um pouco sobre o livro: “Cabeças de Ferro” da Carol Sabar. Esse foi o meu primeiro contato com a escrita da Carol e posso lhes garantir que foi uma grata surpresa.

O livro conta a história de Malu, uma garota com uma inteligência acima da média, bem-humorada, sarcástica e sagaz; Malu é aprovada no vestibular para Engenharia de Produção na UPN, conhecida também como a Universidade dos “Cabeças de Ferro” uma das universidades mais concorridas do pais.

Agora, Malu se prepara para enfrentar o temido trote da Engenharia e Artur Cantisani é o veterano designado para aplicar o trote, mas ele é o seu sexy arqui-inimigo, responsável pela humilhação que ela sofreu aos 11 anos de idade, na frente de toda a escola.

Para surpresa de Malu, quando o trote inicia, Artur despeja o conteúdo designado a Malu em outra caloura que sofre um choque anafilático; com a confusão armada, veteranos e calouros fogem do local deixando Malu, Artur e Nicolas - melhor amigo de Malu - que ao ver a confusão, corre para o local, sozinhos.

Agora, envolvidos até o pescoço, Malu e Artur, apesar de se odiarem, não têm outra saída a não ser unir seus cérebros brilhantes para desvendar o que há por trás de tanto mistério.

Sim, teremos pela frente um livro que à primeira vista parece um romance, mas que nos traz drama, suspense e irreverencia tudo no seu pacote.

Carol tem escrita muito espontânea e divertida. Com um enredo inteligente, ela nos traz uma protagonista sagaz; por mais que esteja em maus lençóis, Malu não se deixa abater pela situação, não é uma protagonista medrosa cheia de “mimimi”; muito pelo contrário, ela, decidida, enfrenta a situação com coragem e determinação.

Artur é o bad boy da nossa história. Apesar de carregar esse estereótipo, passa longe do cara mau; particularmente, gosto da maneira como ele foi inserido na história, como age em defesa de Malu e de como sempre está pronto para defendê-la.  Nicolas é o melhor amigo apaixonado e sendo bem sincera, por mais doce, dedicado, inteligente e atencioso que ele seja, foi o personagem que menos me agradou, talvez porque já estou saturada de triângulos amorosos. Se ele tivesse permanecido apenas como amigo, sem ser possessivo e meloso eu teria simpatizado.

Com um cenário muito bem criado, um enredo divertido e personagens bem construídos - porque, sim, os personagens secundários aqui fazem toda diferença - cada um deles foi inserido na história de maneira tão incisiva que são fundamentais para o resultado dessa nossa equação. Quem já leu sabe exatamente do que estou falando.

Apesar de não ter o final que esperei e torci, o livro tem uma conclusão perfeita. Carol nos contou uma história irresistível, cheia de suspense, romance e adrenalina, e agora eu espero me encontrar em breve com Malu, Arthur e cia.  Alguns pontos não ficaram definidas e com isso eu espero que tenhamos uma continuação.
Sendo um primeiro contato com a escrita da autora, posso dizer que valeu a experiência e que estou indo ali rapinho ler as outras obras.

Espero que tenham a chance ler e que a experiência de leitura seja tão boa quanto foi para mim.

Um grande beijo a todos,
E até a próxima.

3 comentários:

  1. Todo mundo falando desse livro, então tô ficando mega curiosa pra ler!
    Que pena que não teve o final esperado, mas fico feliz que mesmo assim você tenha curtido a leitura e já quer outros livros da autora, haha.
    Assim que der, vou ler!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  2. Eu amo livros divertidos. Ontem eu li uma outra resenha desse livro e me interessei bastante pelo enredo. Não parece ser algo muito desenvolvido, embora acredito que todos os personagens sejam muito bem colocados e tudo mais. Quem não adora um bad boy de vez em quando? hahaha Gostei da sua resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Me amarrei na história, parece até juvenil, mas achei bem legal. Gostaria muito saber o final dessa história.

    ResponderExcluir