Resenha || A Coroa - Quem vai ganhar o coração dela? - A Seleção #5 - Kiera Cass

13.7.16

Jovem Adulto • 310 págs.
Editora: Seguinte
*Recebido em parceria com a Editora
Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção.
Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.
America Singer e o Príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção.
Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.
Em A Coroa a seleção para se casar com Eadlyn segue com poucos candidatos, mas com certa dificuldade por parte dela em escolher seu par. Diferente de America, Eadlyn nunca despertou o amor popular e comoção; ela sempre foi mimada e até chata, porém mesmo assim eu não fiquei desanimada, pois a curiosidade de saber o que aconteceria foi bem maior que o desanimo com a princesa; afinal ela é assim por ter sido criada dessa forma. A ela nunca faltou nada e foi criada para ser quem é; diferente de America que passou dificuldades e etc. Como sua aceitação pelo povo não era o que ela esperava; aos poucos isso a tocou de alguma maneira e mesmo que se sentisse por cima e dominante, também se sentia muito solitária.

Além de ter de lidar com essa rejeição e odiar o que estava acontecendo, Eadlyn estava lidando com o problema de saúde de sua  mãe visitando-a constantemente no hospital. 

Difícil escolher um pretendente quando se tem muitos momentos memoráveis com eles no tempo que passaram juntos e isso também divide o coração da princesa. 

Eu nem sei o que falar dessa série e do desfecho dela. 
Eu sou uma das que amou cada momento ao lado de America e de todas as selecionadas para brigar pelo coração de Maxon, porém sinto que as coisas foram perdendo um pouco o sentido conforme foram passando os livros. Acho que poderia ter terminado a série quando finalmente uma pretendente foi escolhida e deixado o futuro em aberto para imaginação, pois a forma como a Kiera Cass conduziu os demais volumes foi decepcionante. Eadlyn nunca conseguiu me cativar. Ok! Sei que a história de vida dela e de America são completamente diferentes, mas mesmo assim eu esperava uma personagem mais amorzinho, mesmo assim compreendi e muito o jeito dela, mas parece que a história foi se arrastando e não conseguiu ter o mesmo impacto que a história principal.

A escolha de Eadlyn foi meio que surpresa, pois não houve aquele desenvolver que eu esperava; apesar disso a questão abordada sobre homossexualidade foi bem legal, de forma simples, direta, porém delicada. 

Acho que A Coroa (já que existe) poderia ter sido mais bem elaborado, pois tinha situações que ocorreram e achei meio que jogadas de qualquer maneira. 

Mesmo assim se alguém me perguntar se eu recomendo a série, eu diria que sim, pois mesmo com as falhas cometidas pela autora no decorrer do desdobramento de sua história, A seleção continua sendo uma das minhas séries favoritas no gênero.
Danni.

6 comentários

  1. Oi Danni.
    Eu li A trilogia A seleção e os contos. Mas não fiquei com vontade de ler A Coroa.
    Uma amiga que gostou muito da trilogia, leu A Coroa e não gostou. Disse que foi bem arrastado e um pouco chato. Acho que a autora deveria ter se concentrado em outros projetos, pois a trilogia A seleção teve um bom final e deveria ter ficado nisso.
    Eadlyn parece ser mimada e um pouco chata. Acho que eu não iria gostar dela.

    ResponderExcluir
  2. Oi Danni, eu acho que a escrita da autora é ótima, pois consegue envolver o leitor mesmo quando o personagem decepciona, e decepção é o que Eadlyn é pra mim, tanto que ainda nem procurei esse último livro pra ler e cada vez que vejo uma resenha sobre ele fico mas desanimada e também acho que o universo da Seleção deveria ter se encerrado na trilogia.

    ResponderExcluir
  3. bom eu gostei do primeiro livro da serie e li o segundo com menos animo e ai parei. acho que foi enchendo mta linguiça pra vender livros. mas posso estar enganada. mta gnt estava esperando mto deste livro. eu nao li entao nao sei mas acho que nao eh tudo isso

    ResponderExcluir
  4. Acho que esses dois livros não foram muito bem explorados pela autora heim? Parece ser o consenso geral....
    Mas gostei do primeiro por ser diferente de A seleção. A garota é diferente. Mesmo não sendo lá a melhor menina do mundo em termos de personalidade.
    Estou com medo é desse ser mesmo tão corrido e ficar um final sem graça. É tanta gente falando isso :S

    ResponderExcluir
  5. Eu amo a série A seleção, mas comecei a ler A herdeira e não gostei nem um pouco.. Não me familiarizei com a personagem, por isso nem estava interessada por A coroa, mas com tanto comentários positivos dizendo que a obra guarda muitas surpresas ao leitor, talvez releia A herdeira e arrisque mais uma vez, até porque amo a escrita da Kiera
    Não gostei dessa capa, achei a mais feia da série

    ResponderExcluir
  6. Oiiee,
    Eu li os outros livro da série, na verdade li até A escolha, irei ler A herdeira em breve e pretendo ler A coroa logo em seguida, pena que a coroa não esta agrandando tanto, e a escolha dela é uma surpresa? espero ler em breve.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por