Resenha II Amor de Cordel - Andrea Marques


Editora: Pandorga
Páginas: 400
Aos 38 anos de idade, Carolina Borges achava que tinha a vida perfeita. Casada com Miguel, era feliz mesmo sem ter realizado o sonho da maternidade. No entanto, a convivência com o marido e seu bom desempenho profissional a deixavam satisfeita e segura. O destino lhe prega uma peça e, sem esperar, ela vê sua vida se modificar significativamente. Seu casamento chega ao fim, e sua carreira como terapeuta ocupacional, que sempre lhe proporcionou alegrias, passa a torturá-la. Isso acontece quando o jovem arquiteto Alexandre Bastos entra em seu consultório pela primeira vez, despertando em Carol sentimentos conflituosos que a farão repensar seus valores e a obrigarão a sair de sua zona de conforto para se arriscar em terrenos desconhecidos que poderão colocar em risco sua própria vida. Permeado por traições e intrigas, Amor de cordel é um romance contemporâneo que traz à tona assuntos do universo feminino, além de despertar a paixão até nas mulheres mais modernas e independentes.




A história é narrada em primeira pessoa pela perspectiva de Carolina, a protagonista do livro. Carolina é uma mulher de 38 anos de idade, terapeuta ocupacional que passa por uma separação. Casada há muitos anos com Miguel, ela é surpreendida quando um dia, ele chega em casa e a avisa que está interessado em outra mulher.

Carolina é tímida e reservada e talvez por isso não expressa muito bem o que sente no momento. Durante os capítulos iniciais, tem-se a impressão de grande apatia por parte dela em relação ao próprio casamento. Suas respostas são muito analíticas e sem muito sentimentalismo. 

Mais pra frente percebemos que essa apatia se deve ao fato de que o casamento era mais uma conveniência do que amor.
A protagonista trabalha em dois locais: um hospital público e uma clínica particular. É na clínica que ela passa a atender um amigo de seu chefe, o Alexandre. Alexandre é intenso, bonito e direto. Desde o primeiro instante deixa claro que está interessado em Carolina, mas ela não percebe inicialmente.

Conforme as sessões vão passando e os dois conversando, Carolina vai assumindo seus sentimentos em relação à Alexandre, mas ainda assim encontra-se receosa pelas diferenças sociais e de idade.
O romance se desenvolve de forma branda e assim, o leitor consegue conhecer melhor os dois. Alexandre é ciumento e um pouco possessivo e em alguns momentos age de forma infantil; Carolina tem dificuldades de externar seus sentimentos e é extremamente compreensiva.

A trama é fluida, mas existem alguns trechos com informações em excesso. A linguagem é simples e direta e os personagens possuem personalidades bem definidas.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um bom trabalho. Existem alguns errinhos, mas nada que interfira na compreensão do texto.

8 comentários:

  1. Não me interessei muito pela história de Amor de Cordel. Parece ser um pouco monótono.
    Mas, achei a capa bem artística! Ficou muito bonita

    ResponderExcluir
  2. Gostei do livro apresentado hoje. Apesar de parecer uma história clichê, achei interessante como a narrativa foi contada, com personagens com características únicas, desfrutando de um belo romance e sendo de uma leitura fluida. A capa está realmente muito bonita e se um dia surgir a oportunidade, lerei o livro com toda certeza.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. É a primeira vez que leio a respeito deste livro parece ser um livro fácil de ler,gostei da história,valeu a dica.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Nossa, como uma capa consegue nos enganar não é verdade? Kkk
    Nunca que eu imaginaria que esse fosse um livro assim de romance. Não gostei nem um pouquinho dessa capa porém, a história me chamou a atenção. Gosto de ler sobre recomeços, ainda mais se for no amor <3

    ResponderExcluir
  5. este livro nao me prendeu. ja tive uma impressao ruim com a capa sei la! hahah tenho tantos para ler que nao posso nem gostar de tantos kk

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha, parece ser um livro bom. Parece ser um romance um pouco diferente, o que é muito bom, mas parece ser um tanto confuso também.

    ResponderExcluir
  7. Esse foi um livro que gostei, mas nem tanto. Não senti muito interesse por ler. A história parece boa e bem escrita, tem ali um romance legal, mas sei lá, não chamou muita atenção mesmo =/
    Fica a dica...

    ResponderExcluir
  8. Muitos anos de casamento e num belo dia vc chega em casa e seu marido avisa que gosta de outra... isso é barra! Aí vc sai de algo ruim pra entrar em algo pior ainda "Alexandre é ciumento e um pouco possessivo e em alguns momentos age de forma infantil". Acabou a história pra mim. Não curti.

    ResponderExcluir