Resenha || O Amor nos Tempos do Ouro - Marina Carvalho

Editora: Globo Alt
Páginas: 328
*Recebido em parceria com a Editora
"Sabes que nunca me apaixonei, maman, mas se porventura o tivesse feito, seria por alguém como ele?"
Cécile Lavigne perdeu todos os que amava e agora está sozinha no mundo. Ela, uma franco-portuguesa que ainda não completou vinte anos, está sendo trazida ao Brasil pelo único parente que lhe restou, o ambicioso tio Euzébio, para casar-se com o mais poderoso dono de terras de Minas Gerais, homem por quem Cécile sente profundo desprezo. Após desembarcar no Rio de Janeiro, Cécile ainda precisará fazer mais uma difícil viagem. O trajeto até Minas Gerais lhe reserva provações e surpresas que ela jamais imaginaria. O explorador Fernão, contratado por seu futuro marido para guiá-la na jornada, despertará nela sentimentos contraditórios de repulsa e de desejo. Antes de enfim consolidar o temido casamento, Cécile descobrirá todos os encantos e perigos que existem nessa nova terra, assim como os que habitam o coração de todos nós. Com o passar dos dias, crescerá dentro dela a coragem para confrontar todas as imposições da sociedade e também o seu próprio destino.

“O Amor nos Tempos do Ouro”, nos traz a história de Cecile, uma jovem que perdeu tudo o que mais amava. 
Após a morte da família, a franco-portuguesa Cecile é conduzida ao Brasil, por seu tio Euzébio, um homem ambicioso, que em um jogo de interesses, a compromete em um casamento de arranjos com o mais poderoso dono de terras de Minas Gerais, um homem por quem Cecile sente profundo desprezo. 

Ao chegar ao Rio de Janeiro, Cecile não faz ideia dos percalços que ainda estão por vir em sua vida. Um deles é o trajeto que terá de fazer até Minas Gerais, onde ela passará por provações e surpresas que jamais imaginou passar em sua vida. 

Em seu caminho estará o explorador Fernão, contratado por seu futuro marido para guiá-la na jornada; Fernão despertará nela sentimentos contraditórios de repulsa e de desejo. Antes de enfim consolidar o temido casamento, Cecile descobrirá todos os encantos e perigos que existem nessa nova terra, assim como os que habitam o coração de todos nós. 

O que falar dessa obra prima da literatura nacional? Marina não só arrasou em sua escrita como também nos emociona. Posso dizer que é um livro denso, cheio de surpresas e com um conteúdo único. Para quem já está acostumado a ler romance histórico, sabe o quão encantador é esse gênero e eu sou fã declarada. 

Mas, agora, imagina ler histórico, onde o enredo se passa em nossas terras, onde nos conta um pouco de nossa história, onde podemos imaginar o quão lindo era o Brasil no século XVIII. Mas, também, os quão injustos e ambiciosos eram os grandes homens daquele tempo. 
"O chicote estalou nas costas dele, rasgando-lhe a pele já marcada por castigos constantes. A ferida aberta fez o sangue jorrar, logo misturado com a sujeira do couro e a poeira do ambiente. E o feitor bateu de novo, e de novo, e de novo, enquanto Hasan, subjugado e indefeso, aguentava a punição calado, sem emitir um único lamento, o que não significava, de modo algum, que fora tomado pela resignação. O silêncio e a falta de reação eram sua forma de alimentar o ódio. Ele sabia que faltava muito pouco para se livrar de tudo aquilo, fosse escapando para um quilombo ou morrendo durante a tentativa de fuga."
Marina nos presenteou com uma verdadeira obra prima, além do romance proposto e digamos, que romance, que heroína forte, determinada e justa. Onde o herói de caráter duvidoso, também não fica atrás em ser forte e justo.

Contudo, o livro também traz uma abordagem com fatos de nossa história que é inserida em seu enredo. Com a mestria que lhe é peculiar, Marina nos presenteia como uma verdadeira aula de história. E em momento algum isso fica chato, muito pelo contrario, ela enriquece a história com detalhes históricos verídicos e que muitas vezes são esquecidos por nós e tão pouco valorizados.

Outro ponto positivo da autora: personagens bem construídos. Cecile e Fernão me passaram confiança; no momento em que passei a conhecer todos os personagens, eles foram me mostrando o quanto são reais, sensíveis, inseguros, e que vivenciaram uma das fases mais infelizes de nossa história. 

Marina, simplesmente me encantou, um enredo cheio de reviravoltas, que me fez odiar algumas vezes as atitudes de seus personagens e amar incondicionalmente, por que quando há amor, tudo é possível, em especial o perdão. 

Enfim, o livro é uma delicia, me prendeu; ri, me encantei e me emocionei. Espero que todos tenham a chance de se deliciar e viajar nesse romance, um livro, mais que recomendado.
"Jamais a vira tão derrotada [...] Não que tivesse a pretensão de ser o herói, o cavaleiro em armadura prateada, montado em um vigoroso cavalo e envolvido na causa de salvar a mocinha. Ele não possuía perfil de cavaleiro e nem ela o de mocinha. Ainda assim, cabia-lhe a obrigação de corrigir seu erro e garantir que Cécile pudesse ao menos ter a chance de viver bem no futuro." 

6 comentários:

  1. nao sei pq fico com a sensaçao que nao vou gostar do final!!!!! hahah mas super quero ler kk estou super encantada por este livro nacional..

    ResponderExcluir
  2. Eu comprei este livro a pouco tempo,já tinha lido outros livros da Marina e gostei bastante e acho que vou gostar deste também não vejo a hora de ler.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Estou num momento de romances de época e esse livro me conquistou. Gostei da capa. O fato de se passar aqui no Rio parece que deixa tudo mais palpável, mais real.

    ResponderExcluir
  4. Ahhhh, já tenho esse livro na estante e pretendo lê-lo esse mês que vem agora. Será, com certeza, uma das minhas primeiras leituras do mês!! Simplesmente amo a escrita e as histórias da Marina Carvalho. Já li a trilogia da Ana e agora vou ler este romance de época dela. Estou vendo ótimas críticas e tenho certeza de que também irei amar a história e me envolver com os personagens.

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Gosto muito dos livros da Marina e assim que soube desse novo lançamento dela fiquei bem curiosa principalmente por essa capa que está linda e lendo a resenha gostei muito da historia, já na resenha estava torcendo para esse casal e com certeza um romance de época escrito no nosso pais trás um sentimentos diferente na hora da leitura !!

    ResponderExcluir
  6. Esse livro me chamou a atenção logo que foi publicado. Apesar da variedade de autores nacionais que escrevem sobre o gênero romances de época, é difícil - nunca vi - um que se passe no Brasil. E ele vai além, fala dos problemas e também das riquezas.

    ResponderExcluir