Resenha II O Confidente - Héléne Grémillon

Editora: Aeroplano
Páginas: 256
Paris, 1975. Depois da morte de sua mãe, Camille recebe mensagens de pêsames pelo correio e, dentre elas, uma carta estranha, escrita à mão, sem remetente e sem assinatura, lhe contando a história de um menino chamado Louis, apaixonado por Annie, dois anos mais nova que ele. Annie e Louis crescem juntos no mesmo vilarejo e se separam ainda adolescentes, às vésperas da Segunda Guerra Mundial, quando a menina começa a frequentar a casa de um jovem casal rico e sem filhos, e acaba fazendo parte de uma trama implacável. O confidente é um romance magnífico e inesquecível, que mistura história de amor, suspense psicológico e relato histórico, e mantém os leitores fascinados da primeira à última linha.
Para os leitores de O caçador de pipas, A culpa é das estrelas, O tempo entre costuras e O menino do pijama listrado, chega finalmente ao Brasil, o livro de maior sucesso na Europa nos últimos anos.
“Escrito de forma elegante e arrebatadora, romântica e ousada ao mesmo tempo, e cheio de suspense e reviravoltas, este romance mantém os leitores hipnotizados até o fim. “
- Publishers Weekly
“Fascinante e imperdível. “
- The New York Times
“O leitor é arrebatado por este romance do começo ao fim. Uma mistura envolvente de suspense, relato histórico e história de amor.
- Le Figaro Lettéraire.

A história se passa na França e conhecemos Camille que perdeu a mãe recentemente e após essa perda ela passa a receber cartas de pêsames; porém em meio a essas cartas, Camille se depara com outras que contam uma história, algo intrigante e diferente das outras, mas que promete mudar o rumo de tudo ao seu redor.

As cartas contam a história de Louis e Annie no período da segunda guerra mundial, duas pessoas que se conheceram ainda quando crianças e cresceram sempre unidos, mas as coisas mudaram quando Annie se tornou amiga de uma senhora que foi morar no vilarejo. As cartas parecem estar fora do contexto deixando Camille acreditar que as mesmas estão sendo enviadas a pessoa errada, infelizmente não há remetente para que possa informar o ocorrido a quem quer que as esteja enviando. Porém logo Camille se dá conta de que tem muito em comum com o que está sendo relatado nas cartas e começa a acreditar que as mesmas não são apenas um engano.. E é aí que Camille “acorda” para a vida e percebe que essas cartas prometem revelar muitos segredos horríveis e desoladores e que irão mudar sua vida para sempre!

A cada carta ficamos pensativos e absortos em tudo que está sendo relatado, aos poucos percebemos que mentiras levam a mais mentiras e podem mudar o curso de uma história, mas que jamais a mentira fica oculta por muito tempo e quando reveladas terão caráter impactante no presente, como teve no passado.

Este livro foi uma grata surpresa por toda sua delicadeza na escrita; narrado em primeira pessoa percebemos os sentimentos que envolvem cada carta e também cada momento que Camille concluía sua leitura. O livro é recheado de surpresas e Camille é um personagem muito forte, intrínseco e que faz toda a diferença no enredo que foi desenvolvido.

O Confidente traz uma história que irá mexer com o leitor e transformar sua leitura em algo fantástico com emoções que saltam às páginas, o livro tornou-se muito especial!

12 comentários:

  1. Gosto de livros com cartas, normalmente possuem uma linguagem mais simples e se aproximam mais do leitor, quero ler esse livro para sentir também essa emoção a cada pagina, gostei bastante do enredo e dos personagens, pelo descrito na resenha

    ResponderExcluir
  2. Não gosto muito de livro antigo, mas adorei a resenha e seu blog é lindo.
    anaclaratorres1@hotmail.com
    abraços

    ResponderExcluir
  3. Confesso que não conhecia este livro mais gosto muito de histórias que envolvem cartas e seus segredos,dica anotada.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Ooooi!
    miga que resenhaaaaa! Comecei a ler e pensei que ia ser um daqueles clichêszinhos porém tua resenha me chamou atenção para o livro que parece ser bem intrigante. Mais um pra lista!
    Bjs xx

    ResponderExcluir
  5. Esse seria uma livro que a primeira vista eu não daria nada por ele. Ledo engano.
    A história parece ser bem comovente e diferente dos clichês que vemos circulando por ai. Nunca tinha ouvido falar do livro e de sua autora mais irei dar uma pesquisada para quem sabe lê-lo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Ka, tudo bem?

    Li tua resenha e me lembrei de Cartas para Julieta... Você teve essa impressão?

    Bj

    ResponderExcluir
  7. Não sou muito familiarizada com livros que envolvam cartas. Acho essa temática muito fofinha. E esse ainda tem como cenário Paris. Ainda não havia conhecido esse livro. Só não gostei muito dessa capa.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas geralmente não gosto muito de livros nesse estilo mas esse me deixou bem curiosa principalmente para saber a relação da Camille com as cartas e sobre esses segredos que ela revela, se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir
  9. Uau, amei! Ja li livros baseados em mensagens de e_mail, cartas para mim vai ser novidade, mas gostei de cara, vou querer ler com certeza.

    ResponderExcluir
  10. Oi...

    Eu amei a resenha, e todo esse mistério envolvendo as cartas.
    O livro Me parece ser muito bom, a premissa é muito interessante, estou muito curiosa para saber o que as cartas tem haver com nossa mocinha.
    Irei ler com certeza.
    Boa Tarde

    ResponderExcluir
  11. Oi! Achei bem estranho compararem a culpa é das estrelas com o caçador de pipas, mas tudo bem haha Adoro livros de trocas de cartas, e-mails.. Parece ser um livro tocante e bonito, nao sabia que ja tinha sido publicado no brasil, quero mto ler!

    ResponderExcluir
  12. ainda nao conhecia esse livro! hahah nao gosto mto deste livros que colocam trocas de cartas e emails e sei la. gosto mais da historia se desenvolvendo por ela mesmo! parece ser bem bacana apesar disto... porem acho que nao vou ler

    ResponderExcluir