Resenha II O Bangalô - Sarah Jio


Editora: Novo Conceito
Páginas: 320
Verão de 1942. Anne tem tudo o que uma garota de sua idade almeja: família e noivo bem-sucedidos.No entanto, ela não se sente feliz com o rumo que sua vida está tomando. Recém-formada em enfermagem e vivendo em um mundo devastado pelos horrores da Segunda Guerra Mundial, Anne, juntamente com sua melhor amiga, decide se alistar para servir seu país como enfermeira em Bora Bora.
Lá ela se depara com outra realidade, uma vida simples e responsabilidades que não estava acostumada. Mas, também, conhece o verdadeiro amor nos braços de Westry, um soldado sensível e carinhoso.
O esconderijo de amor de Anne e Westry é um bangalô abandonado, e eles vivem os melhores momentos de suas vidas... Até testemunharem um assassinato brutal nos arredores do bangalô que mudará o rumo desta história.
A ilha, de alguma forma, transforma a vida das pessoas, e este livro certamente transformará você.
Sarah Jio tem a capacidade de levar o leitor a uma viagem inesquecível pelo tempo em "O Bangalô". Em livros anteriores a autora partia de duas perspectivas com personagens diferentes e desenvolvia a história até alcançar o ponto em comum. 

Nesse livro, a história gira em torno de uma única personagem, mas a história é dividida entre presente e passado, com passagens em flashbacks.
Ana, a protagonista da história, conta ao leitor sua vida e o momento em que a mesma teve uma reviravolta: quando ela se alistou no exército, junto com a amiga Kitty Morgan, e foi parar em Bora Bora.
''(...) este lugar tem uma maneira de revelar a verdade sobre as pessoas, descobrindo as camadas que carregamos e expondo nosso eu verdadeiro.'' 
No ano de 1942, Ana tinha tudo o que uma jovem da época poderia querer: era educada, tinha uma boa família e estava noiva de um bom rapaz, George.
Entrar em meio ao conflito que é a Segunda Guerra Mundial e presenciar situações terríveis, proporciona a Ana uma nova perspectiva de vida. Mas não é só isso o que acontece. Ela conhece Westry, um soldado que irá conquistar seu coração e colocar em dúvida tudo o que ela sente.

A autora escreveu um lindo romance em meio ao devastador cenário da Segunda Guerra Mundial. É o tipo de história que nos dá esperança, pois observamos o amor nascer em meio ao caos. Sarah Jio coloca a realidade do relacionamento no livro, mostrando suas imperfeições, traições e obstáculos impostos pela vida. Não é um romance conto de fadas e muitas vezes o leitor se vê bravo por conta de uma ou outra decisão tomada pelos personagens.

A escrita é leve e fluida e é perfeita para um enredo tão complexo e e profundo. O título combina perfeitamente com a obra e nos dá a sensação de refúgio em meio a Guerra.
''- O tempo muda as pessoas - ela sussurrou. - Você a amou um dia; não quer saber o lado dela da história?''

16 comentários:

  1. Oi eu nunca li nada dessa escritora mas eu amei a sinopse é o tipo de gênero literário que eu gosto de ler já coloquei na minha lista de leitura obrigada pela dica e a resenha está incrível bjs.

    ResponderExcluir
  2. Tenho lido resenhas bem positivas neste livro, mas ele ainda não me empolgou a ponto de correr para ler.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Li apenas As violetas de março da Sarah Jo e gostei bastante também quero ler este, gostei muito da sinopse e parece ser um lindo romance em meio a guerra, quero ler.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Já li um livro da autora e virei fã. Esse chamou atenção pela sinopse, parece ser uma trama muito boa e que prova a maestria da autora em criar romances inesquecíveis. Estou vendo coisas muito boas dele e de novo. Ansiosa pela leitura, quero ver se consigo ler esse mês.

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto muito de romance mais fico em dúvida se gostaria desse livro,pelo fato de ter como pano de fundo a guerra,quer dizer,é bom sim ter uma ambientação histórica,mais contanto que isso não tome mais espaço na história do que o romance em si.

    Enfim,pela capa e título esse livro nunca me chamaria a atenção,mas sua resenha sim me chamou a atenção,por saber como a autora vai desenvolver esse romance deles,e também fiquei curiosa em relação ao final,não sei,mas estou com a impressão de ser triste...será?!

    Vou dar uma conferida,bjoss!

    ResponderExcluir
  6. Não sou muito de romances, mas é interessante esse plano de fundo da segunda guerra e o cenário habituado que é a ilha. Com certeza vou ler, não irei perder de forma alguma uma leitura que gostaste tanto, aparentemente super leve e gostosa. Abraços =)

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Gostei muito da historia do livro principalmente por temos a historia no presente e no passado e por ser ambientada na Segunda Guerra Mundial o que achei bem interessante parece ser bem construída e com ótimos personagens me deixando com vontade de ler !!

    ResponderExcluir
  8. Adorei a ideia do romance passar na Segunda Guerra, confesso que gosto de estudar assuntos da mesma!
    Fiquei encantada com a resenha e curiosa pra ler o livro!
    Bjus *-*

    ResponderExcluir
  9. Livros se passa em uma ilha paradisíaca na década de 40? Preciso urgentemente ler! Adorei a resenha e confesso que se não fosse por ela eu não me interessaria pelo livro.

    ResponderExcluir
  10. Livros se passa em uma ilha paradisíaca na década de 40? Preciso urgentemente ler! Adorei a resenha e confesso que se não fosse por ela eu não me interessaria pelo livro.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Confesso que no início achei a capa "meia boca", mas pessoalmente deve ser linda. Adoro a sinopse dele, fico muito curiosa pra lê-lo. Gosto muito desse gênero e achei os quotes muito bonitos.

    ResponderExcluir
  13. Ja li diversos comentários sobre essa resenha, porém até o momento não fiquei com aquela mega curiosidade para ler esse livro.

    ResponderExcluir
  14. Oiiee, tudo bom?
    Eu ainda não li nenhum livro da autora, mas vi elogios, principalmente sobre Bangalô, amei a resenha o livro parece ser ótimo, e fico já imaginando essa historia de amor, se passando na Segunda Guerra Mundial, uma ambiente de caos, tenho certeza de que o livro irá me conquistar.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  15. Não gostei da capa.
    Amei a resenha.
    Mas não gostei da sinopse e a estória não me chamou a atenção, vou deixar para uma próxima que sabe. Gosto de livro de época, mas esse para mim não rola.

    ResponderExcluir
  16. Adoro livros que tem essa temática de Segunda Guerra Mundial, e quero ler esse livro desde que vi o lançamento. Ainda não li nenhum livro dessa autora, mas pelo que escuto, ela é muito bem elogiada. E confesso que lendo a sua resenha, só fiquei ainda mais com vontade de adquiri-lo. Eapero gostar tanto quanto você!!
    beijos!

    ResponderExcluir