Resenha II Esperando por Doggo - Mark B. Mills



Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Dan achava que tinha uma vida feliz com Clara, mas, de uma hora para outra, ela desaparece inesperadamente de sua vida, deixando para trás apenas uma carta de despedida e um cachorro. A pequena criatura é incomum e sequer tem um nome definitivo, ele é simplesmente chamado de Doggo. Agora, Dan tem a missão de devolver Doggo, e, ao mesmo tempo, encontrar um novo emprego. A primeira missão parece ser fácil, a segunda, nem tanto. Com o passar dos dias, Dan começa a desfrutar da companhia de Doggo e não tem coragem de abandoná-lo. De forma singela, mas significativa, a presença do pequeno cão ajuda àqueles que estão ao seu redor. Doggo acaba tornando-se muito mais que um amigo de quatro patas, transforma-se em uma verdadeira fonte de inspiração para o trabalho e para a vida de Dan. Esperando Doggo não é só um livro sobre um cachorro. É um livro sobre o poder de uma verdadeira e sincera amizade.

O protagonista desse livro é Daniel, um homem que está passando por uma grande maré de azar. Ele perdeu o emprego e a namorada foi embora, sem grandes explicações. A única coisa que ela deixa é um bilhete e o cachorro recém-adotado por eles, Doggo (que por sinal, foi ideia dela!). Daniel , ou Dan - como é chamado na maior parte da história, começa a tentar dar a volta por cima, mas não é fácil.
"- Uma palavra. Amor.
- Amor?
- Ela sempre procura o amor no lugar errado.
- E onde é o lugar certo?
- Onde quer que seja que você não está procurando."
Apesar de não querer Doggo, é o cãozinho que começa a mudança na vida de Dan. Doggo consegue acalmá-lo e ao mesmo tempo confortá-lo quando a vida continua sendo uma série de negativas para o protagonista.
A premissa é bem simples: a história trata da amizade entre um homem que está sem esperanças e um cãozinho que em sua sabedoria existencial.
Durante o desenvolvimento da história, vemos a profundidade do impacto de uma amizade sincera. Uma amizade que não pede nada em troca, apenas existe.
"Esperando por Doggo" tem um grande apelo emocional e é irresistível para o leitor se apaixonar por esse cãozinho considerado feio, mas que tem uma bondade inata.
"Ele é apenas um cachorro pequenininho e feio."
“Mas não revido, porque, quando estou prestes a fazer isso, Doggo muda de posição e sinto a pressão do corpinho quente dele contra a minha perna. Geralmente ele não faz isso – ele não gosta muito de contato físico – e, enquanto fico pensando nisso, o momento passa, e a minha raiva começa a passar também de maneira misteriosa.”


11 comentários:

  1. Achei este livro interessante, pra falar a verdade não tinha prestado a atenção nele mais parece ser uma boa história pra passar o tempo.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Adorei a capa e adoraria ter esse livro na minha estante *-*
    Gosto muito de livros que envolvem animais que mesmo sem conversar é um personagem!
    Gostei da trama envolvendo o fim de um relacionamento!
    Quero esse livro pra já!
    Bjus *--*

    ResponderExcluir
  3. Oi eu nunca li nenhuma resenha desse livro, sinceramente a sinopse não me chamou a atenção mas sua resenha ta incrível bjs.

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha e embora não tenha me interessado pelo livro, achei o enredo bacana.

    ResponderExcluir
  5. A premissa do livro é muito linda, adoro histórias simples e acho que vou gostar bastante desse! Abraços, resenha ótima.

    ResponderExcluir
  6. Achei o tema/ ideia do livro bem legal, mas ele em si ainda não me chamou atenção pra ler. A resenha mostra que é um que vale a pena conferir e já vi muitas outras assim. Mas não sei se leria, não me chamou tanta atenção =/

    ResponderExcluir
  7. Sinceramente no momento essa historia não me chamou tanta atenção assim, vou vou anotar, vai que no futuro eu não o leia.

    ResponderExcluir
  8. Oiiee, eu já vi outras resenhas do livro e não me interessei muito por ele, parece ser bem simples e até encantadora, mas algo ainda não me convenceu, eu acho linda historias de amizade entre homem e seu cão, quem sabe mais para frente eu mude de ideia.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Gosto muito de livros que mostram essa amizade, ainda mais o Doggo e o Daniel que parece que um vai crescendo com o outro, mas não foi um livro que me interessou !!

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito da resenha.
    Porém esse livro não faz meu gênero, fica para uma próxima.

    ResponderExcluir
  11. Esse livro parece ser bastante leve e fofo. Ele me lembrou bastante o livro "A mais pura Verdade", já entrou pra lista, vou ler em breve :)

    ResponderExcluir