Quem ainda não está ligado na Globo Alt? Deveria!

14.2.16

Globo Alt é um selo da Globo Livros que está vindo com livros bastante desejados pelo público em geral.. Vamos conferir o que já foi e está sendo lançado?
Não somos parceiros da Editora, mas estamos amando seus lançamentos e queremos compartilhar com vocês as novidades!



Em um grupo de amigas, a DUFF - sigla para Designated Ugly Fat Friend - é aquela que não se destaca, a menos atraente da turma. Ela não se enquadra nos padrões de beleza tradicionais, ou se preocupa menos com o visual, mas nem por isso deixa de ter seus encantos. Bianca Piper é esse tipo de garota. E estava muito bem, até que Wesley Rush, o pegador da escola, veio puxar conversa dizendo que ser legal com a DUFF o ajudaria a se dar bem com suas amigas Casey e Jessica. A partir de então, Bianca começa a se questionar: ela seria a amiga feia?   
As vantagens e as desvantagens de ser uma DUFF, o que leva alguém a pensar que é uma e outras dúvidas começam a ocupar os pensamentos de Bianca e só não dominam sua cabeça porque ela tem problemas maiores. O casamento de seus pais não vai bem e no dia em que ela descobre que eles estão se divorciando, decide sair com suas amigas para esquecer. Enquanto Casey e Jess se divertem, Bianca encontra Wesley e, num impulso, o beija.
Os dois começam uma espécie de inimizade colorida. Bianca acha Wesley um galinha, que se aproveita da beleza e do dinheiro para ficar com o maior número de meninas possível, mas, no fundo, sente-se atraída por ele. Wesley é um cara amigável e não perde uma oportunidade de ficar com ela, ainda que continue chamando Bianca de DUFF. Com a convivência, os dois descobrem que as aparências enganam.
Bianca Piper é uma protagonista independente, boa aluna, cínica e descolada. Com senso de humor e diálogos afiados, Kody Keplinger criou um romance sobre a amizade e o amor próprio, que aborda com leveza questões como a competição entre as meninas e a importância dada às aparências. Ao enfrentar seus problemas, Bianca amadurece e descobre que os rótulos que colocamos uns nos outros são armadilhas muito perigosas.
DUFF figurou em segundo lugar na lista do New York Times de Young Adult, além de ter estreado nos cinemas brasileiros em 2015.


O lançamento Globo Alt exclusivo em E-book, Histeria narra os estranhos eventos envolvendo uma misteriosa epidemia que afeta as alunas do Ensino Médio na cidade de Danvers, Massachusetts. Subitamente, meninas à espera do resultado das universidades apresentam sintomas estranhos – convulsões, crises de tosse e queda de cabelo –, o que espalha pânico e dá início a especulações na St. Joan Academy. Reação alérgica à vacina contra HPV, poluição ambiental, estresse coletivo... Ou elas estariam apenas fingindo?
É quando uma das estudantes percebe semelhanças entre o que acontece com suas amigas e algo que ocorreu há mais de 300 anos: o julgamento das Bruxas de Salem, episódio no qual 20 pessoas foram condenadas à morte por praticar feitiçaria. Fazendo uma atividade complementar, Colleen Rowley precisa ler os relatos da época e começa a notar que talvez exista mais por trás da doença misteriosa que aflige suas colegas.
Katherine Howe se inspirou no episódio real que aconteceu em 2012 em Le Roy, em Nova York, quando meninas do Ensino Médio começaram a ter distúrbios inexplicáveis. Na época, a autora trabalhava a peça As bruxas de Salem, de Arthur Miller, na faculdade em que lecionava. As semelhanças entre os dois casos fizeram com que Howe intercalasse capítulos narrados por Colleen, em 2012, e Ann, uma das garotas suspeitas de estar envolvidas com feitiçaria, em 1706.
Com doses de suspense, história e inquietação adolescente, a autora constrói uma trama que cativa o leitor, criando uma atmosfera tensa e misteriosa. Ao mesmo tempo, Howe retrata com fidelidade o clima de extrema competitividade acadêmica e mostra como os sentimentos podem se revelar de maneiras misteriosas.


Se a vida fosse justa, Jam Gallahue estaria vivendo sua vida tranquila em Nova Jersey, assistindo a séries e abraçando seu namorado, Reeve Maxfield. Ela não estaria infeliz e sem vontade de se levantar da cama, nem estaria em um internato para adolescentes “emocionalmente frágeis”. Mas a vida não é justa, Jam perdeu seu primeiro amor e está completamente perdida.
A mudança de escola parece a única possibilidade de recuperação para a garota, que passou quase um ano mergulhada em tristeza. No entanto, ela odeia a nova rotina e decide levar tudo com o menor esforço possível. Por isso, Jam fica surpresa quando descobre que foi selecionada para a exclusiva e lendária aula de “Tópicos Especiais em Inglês”, da misteriosa Sra. Quenell.
A turma tem mais quatro estudantes, todos com histórico de traumas ainda piores que os de Jam. Mesmo assim, a professora parece não se importar com a fragilidade de seus alunos quando escolhe o livro que trabalhará durante o semestre: A redoma de vidro, de Sylvia Plath. O romance, que narra a série de eventos que levariam a estudante Esther Greenwood a um colapso nervoso, parece a opção mais improvável, para adolescentes que ainda estão superando experiências difíceis.
Além das discussões sobre o livro, cada aluno tem a tarefa de escrever em um diário entregue pela professora. E é esse trabalho que leva Jam e seus amigos desajustados à Redoma, um lugar misterioso onde o passado pode ser revivido, e cada um dos alunos pode rever sua vida antes do momento traumático que levou ao internato. 
Repleto de referências ao clássico de Sylvia Plath, Redoma é um romance sobre o primeiro amor, o sofrimento, o amadurecimento e os problemas de aceitação na adolescência. É também uma história sobre como a amizade pode ajudar a superar os piores traumas da vida.


Elise Dembowski nunca foi popular na escola. Ninguém conversava com ela na hora do intervalo nem a convidava para sair no fim de semana. Pior. Ninguém jamais se interessou em saber o que tanto a ela escutava em seu iPod: playlists com o melhor da música pop, único território em que Elise se sente confortável e confiante.
Diante de seu desajuste em relação à maioria, a adolescente tenta de tudo – inclusive a mais radical das saídas, felizmente sem sucesso. No auge de seu solitário desespero, o acaso a leva até a porta de uma balada noturna, via de acesso para um mundo completamente novo, cheio de som e diversão, no qual sua veneração por música funciona como senha para inclusão em um inédito círculo de amizades.
As festas noturnas do Start – o melhor clube underground do mundo – tornam-se o lugar onde a felicidade, a aceitação social e até o amor são possíveis para Elise. Não demora muito para que um misterioso bullying eletrônico e a habilidade da garota como DJ coloquem em confronto este universo com a dura realidade cotidiana.
A playlist da minha vida é uma vibrante fábula pop que lida com temas recorrentes nas obras contemporâneas para jovens: exclusão, invasão de privacidade, resgate de autoestima e muita trilha sonora. Escrito pela americana Leila Sales, o livro se ambienta em dois cenários: o escolar, com sua dinâmica de poder juvenil baseada em “popularidade”, e o da cena noturna, em que adolescentes ensaiam seus primeiros voos para uma existência adulta.


Fúria Vermelha é o primeiro volume da trilogia Red Rising. A distopia, comparada a Jogos vorazes por misturar ação e critica social, será adaptada para o cinema por Marc Forster, diretor de Guerra mundial Z. O romance se passa em um futuro não tão distante, no qual o homem domina a tecnologia das viagens interplanetárias e começa a colonizar outros planetas. Marte é uma das primeiras colônias instaladas, e possui uma sociedade estratificada, em que o papel de cada indivíduo é definido pela hereditariedade e a ascensão social é impossível. Um regime arcaico, de castas, contrasta com a tecnologia do período.
Darrow é um dos jovens nascidos em Marte e sua vida está bem longe da felicidade. Ele é um Vermelho, faz parte da base da pirâmide social, composta por operários. Passa seus dias escavando túneis subterrâneos a mando das autoridades, pois essa seria a única forma de, um dia, as próximas gerações habitarem a superfície do planeta. Dia após dia, ele cava, pensando em um futuro melhor e sem jamais ver a luz do sol.
Até que Darrow percebe que o mundo em que vive é uma mentira, e decide desvendar o que há por trás daquele sistema opressor. Com a ajuda de um misterioso grupo de rebeldes, ele descobre a verdade: que a superfície de Marte já havia sido habitada, porém o privilégio de viver ao sol é permitido apenas aos Ouros, a classe dominante. Os Vermelhos, na verdade, são usados como escravos.
Tomado pela vingança e com a ajuda de outros rebeldes, Darrow vai para a superfície e se infiltra entre os Ouros. Lá, ele tem que ser forte o suficiente para não se deixar levar pelos prazeres fáceis de uma vida confortável, enquanto tenta proteger sua identidade, além de se envolver em intrigas que darão início a uma guerra muito maior do que ele poderia esperar.
Um sucesso internacional, Fúria Vermelha figurou na lista de mais vendidos do New York Times, foi considerado o livro do mês da Amazon em fevereiro de 2014 e seus direitos foram comprados pela Universal Pictures.


A esperada sequência de Fúria Vermelha põe novos adversários e desafios terríveis no caminho de Darrow. Dois anos após a conclusão do Instituto, o jovem descobrirá que se infiltrar na elite da sociedade e destruí-la por dentro será mais difícil do que parece. Sua primeira vitória atraiu novos inimigos que usam a intriga e a política em vez das armas. E ele terá que aprender a combatê-los.
Filho Dourado figurou na lista de mais vendidos do New York Times e colocou Pierce Brown entre os jovens autores promissores de ficção científica da atualidade. A mistura de crítica social, ação, distopia e cultura pop que conquistou os leitores em Fúria Vermelha vai além no segundo volume. Novos personagens entram em cena, as disputas chegam a novos pontos do sistema solar. O autor criou uma trama emocionante e cheia de reviravoltas que prendem o leitor até a última página.
Pierce Brown criou um universo fascinante que mistura viagens espaciais, colônias interplanetárias e alta tecnologia com a mitologia grega. O primeiro livro da trilogia, Fúria Vermelha, será adaptado para o cinema por Marc Forster, diretor de Guerra mundial Z.


“Sim, claro, posso fazer uma peça romântica com o ex-namorado que partiu meu coração não uma, mas duas vezes. Sem problemas.” O maior sonho de Cassie está prestes a se realizar: a atriz vai estrear na Broadway. O que ela não esperava era ter que contracenar com seu ex-namorado, com quem ela tem um passado complicado e uma atração irresistível.
Decidida a superar o passado e agarrar a oportunidade de se tornar uma estrela, Cassie aceita atuar em uma montagem contemporânea de Romeu e Julieta ao lado de Ethan. No entanto, o reencontro não será tão simples. Aquele sujeito que fazia de tudo para não reconhecer seus sentimentos, diz estar arrependido e continua extremamente sexy. Só que depois ter sofrido por causa dele, Cassie tem medo de se entregar a esse novo Ethan e se magoar novamente.
Meu Romeu é uma história de amor cheia de desencontros nos quais os personagens precisam lidar com suas inseguranças e desejos.  Um romance sexy e conteporâneo, que conquistou mais de 2 milhões de fãs antes de ser publicado.


Talentoso e sedutor, Ethan Holt conquistou o coração de Cassie Taylor quando os dois eram apenas estudantes de teatro. O namoro não deu certo e anos depois, os dois se reencontraram como estrelas de uma peça na Broadway. O que parecia a grande chance para a carreira de Cassie, se revelou um turbulento reencontro com o seu primeiro amor. Para Ethan, era a chance de admitir seus erros e pedir por mais uma chance. Minha Julieta traz o desfecho da apaixonante história que conquistou as leitoras brasileiras.
Quando Ethan aparece em sua porta pedindo perdão, Cassie se vê dividida. Ela não conseguiu esquecê-lo e a atração entre os dois ainda é explosiva. No entanto, as lembranças do término doloroso da química entre eles ainda a assombram. Consciente de como sua covardia o afastou da felicidade, Ethan está disposto a tudo para mostrar que é um novo homem, pronto para viver um grande amor.
Com diálogos precisos, cenas de tirar o fôlego e capítulos que alternam entre o passado e o presente, Leisa Raven criou um romance que captura os leitores até a última página. Se a conclusão de Meu Romeu deixou os fãs curiosos e esperando por mais, Minha Julieta esclarece as perguntas que ficaram no ar e revela se a versão contemporânea desta clássica história de amor encontra seu final feliz.

Battle Royale é um thriller de alta octanagem sobre violência juvenil em um mundo distópico, além de ser um dos best-sellers japoneses e mais polêmico entre os romances. Como parte de um programa implacável pelo governo totalitário, os alunos do nono ano são levados para uma pequena ilha isolada e recebem um mapa, comida e várias armas. Forçados a usarem coleiras especiais, que explodem quando eles quebram uma regra, eles devem lutar entre si por três dias até que apenas um "vencedor" sobreviva. O jogo de eliminação se torna a principal atração televisiva de reality shows. Esse clássico japonês é uma alegoria potente do que significa ser jovem e sobreviver no mundo de hoje. O primeiro romance do jornalista Koushun Takami, tornou-se um filme ainda mais notório pelo diretor de 70 anos de idade, Kinji Fukusaku.


Eu já comprei alguns e pretendo resenhar ao longo dos meses que virão!
E aí .. quem já leu algo lançado pelo selo Globo Alt

11 comentários

  1. Não tinha lido nenhum livro dessa editora mas Adorei as novidades!
    Quero: Duff;
    -A playlist da minha vida ;
    - Meu romeu e Minha Julieta
    *-*

    ResponderExcluir
  2. Estou adorando os lançamentos da editora já tenho Duff,Meu Romeu,Minha Julieta e A playlist da minha vida e estou gostando muito deste livros a editora esta de parabéns.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu não li nenhum livro da editora eu quero muito ler Meu Romeu e Minha Julieta e DUFF bjs.

    ResponderExcluir
  4. Gostei dos lançamentos da ediora, já conheço Meu Romeu E Minha Julieta e quero muito ler.

    ResponderExcluir
  5. Quero ler simplesmente TODOS os livros dessa editora, acho que vou amar muito todas as histórias! Globo Alt é realmente um selo perfeito, só publicam livros conceituados e bem criticados. Fúria Vermelha, DUFF e Battle Royale são os que mais quero ler. Abraços :)

    ResponderExcluir
  6. Tem livros bem legais nesse editora e queria conferir esses de Fúria Vermelha, vi coisas bem legais dele.

    ResponderExcluir
  7. Quero todos os livros, a maioria estão todos na minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito dos lançamentos, estou super curiosa para ler Meu Romeu e Minha Julieta, estou vendo vários comentários positivos quanto aos livros e estou curiosa para ler.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Realmente a editora está vindo com ótimos lançamentos fiquei interessada em DUFF que vi muitos comentários positivos, Meu Romeu e Fúria Vermelha !!

    ResponderExcluir
  10. Maravilhosos lançamentos.
    Quero muito o livro Filho Dourado. Que é a continuação de Fúria Vermelha, uma maravilhoso livro do Piece Brown.

    ResponderExcluir
  11. Sou apaixonada por Meu Romeu e Minha Julieta, a autora sobre contruir muito bem o enredo e os personagens, já quero o terceiro livro. <3
    Outro livro que quero ler é Duff, ainda não assistir ao filme, mas quero fazer isso em breve, espero que eu goste!
    beijos!!

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por