Resenha II A Menina da Neve - Eowyn Ivey

Editora: Novo Conceito
Páginas: 352
*Cortesia da Editora
Alasca, 1920: um lugar especialmente difícil para os recém-chegados Jack e Mabel. Sem filhos, eles estão se afastando cada vez mais um do outro. Em um dos raros momentos juntos, durante a primeira nevasca da temporada, eles constroem uma criança feita de neve. Na manhã seguinte, a criança de neve some. Dias depois, eles avistam uma criança loira correndo por entre as árvores. Uma menina que parece não ser de verdade, acompanhada de uma raposa vermelha e que, de alguma formam consegue sobreviver sozinha no frio e rigoroso inverno do Alasca. Enquanto Jack e Mabel se esforçam para entender esta criança que parece saída das páginas de um conto de fadas, eles começam a amá-la como se fosse sua própria filha. No entanto, nesse lugar bonito e sombrio, as coisas raramente são como aparentam, e o que eles aprenderão sobre essa misteriosa menina irá transformar a vida de todos.
"A menina da Neve" é uma história delicada sobre a perda de um filho. A história se passa no Alasca, no ano de 1920, quando conhecemos Jack e Mabel. O casal mudou-se para lá para tentar recomeçar depois de ter perdido algo muito valioso para eles: um filho. A perda trouxe um distanciamento entre os dois que talvez o tempo não seja capaz de superar...
“Ela não se lembrava da última vez que ele tocara sua pele, e aquele pensamento doía como solidão em seu peito. Então ela viu alguns fios prateados em sua barba avermelhada. Quando eles apareceram? Ele também estava ficando grisalho? Os dois desaparecendo sem que nenhum notasse o outro.” (p. 13)
Em um momento de descontração eles constroem uma criança na neve que some misteriosamente. Apesar de estranha a situação, eles não levam muito a sério, só que alguns dias depois, uma garotinha começa a aparecer nas proximidades de sua casa. Uma garotinha muito parecida com aquela que fizeram na neve...
"Era fantástico e impossível, mas Mabel sabia que era real — ela e Jack a tinham feito com neve e galhos e capim congelado. A verdade a impressionou. A criança não apenas era um milagre, como também era criação deles. E ninguém cria vida e a abandona."
A trama tem um ar de contos de fadas, mas fala também sobre a necessidade de se superar a perda e a força do amor. Jack e Mabel são personagens incríveis, cheios de falhas e inseguranças, mas que crescem e aprendem conforme avançamos nas páginas.

O enredo foi muito bem construído e a escrita de Eowyn Ivey é concisa e bem trabalhada. A capa combina perfeitamente com a trama e o trabalho da editora foi bem executado.
“A menina conhecia a floresta e seus atalhos. Ela encontrava comida e abrigo. Não era só disso que uma criança precisava? Mabel diria que não. Diria que a menina precisava de calor e afeto e de alguém para cuidar dela, mas Jack ficou imaginando se isso tinha ou não mais a ver com os desejos da mulher do que com as necessidades da criança.” (p.105)

10 comentários:

  1. Tenho muita vontade de ler este livro mais ainda não tive a oportunidade a história parece ser muito bela e triste,a capa é bem bonita.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. A Menina da neve é um livro que tenho muita curiosidade em ler, pois além de se ambientar em outro século, tem todo esse mistério acerca dessa menina misteriosa que se parece com a criança de neve que eles fizeram. Gostei da tua resenha e to bem curiosa com o livro.

    ResponderExcluir
  3. Oi, a capa do livro é linda mas sinceramente a sinopse desse livro não me chamou a atenção bjs.

    ResponderExcluir
  4. achei mto diferente a proposta do livro. quando vi a capa pensei que ia amar. mas vendo a sinopse e as resenhas que li nao me da mta curiosidade. sei la acho que tenho outros livro que quero ler mais...

    ResponderExcluir
  5. Oiiee, tudo bom?
    Gostei muito do enredo do livro, parece ser algo encantador, pois eu acho maravilhoso podermos acompanhar o processo de superação dos personagens, amei a temática do livro, tenho certeza de que irei amar.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Gostei desse livro principalmente pelo Eowyn Ivey tratar de um tema importante como a superação da perda dos personagens e ainda colocar um com conto de fada o que achei bem interessante !!

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Eu não tinha lido nenhuma resenha desse livro, mas a sua e deixou com vontade de conferir a história. Acho uma graça essa capa e acho que também vou gostar dessa mistura de contos de fadas com a superação do luto de um casal...
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Me encantei assim que vi A Menina da Neve nas vitrines de livrarias e da Novo Conceito. Não pude deixar de me apaixonar pela história, então vim conferir a resenha. As minhas expectativas foram todas correspondidas, gostei bastante do cenário invernal do Alasca, dos mistérios e segredos que rondam a garota e dos personagens que fazem o casal. A escrita desta autora parece mesmo incrível.

    ResponderExcluir
  9. O começo do livro me deixou tão assustada em relação à sinopse inicial. O primeiro capítulo me deixou confusa com o gênero do livro, pois tanto suspense me deixou com receio de ser um terror, depois tudo flui muito bem e gostei muito da intensidade do livro.

    ResponderExcluir
  10. A Menina da Neve me deixou com uma sensação sensacional, eu ainda estou lendo o livro, mas tudo me agrada bastante, desde as características dos personagens, os enormes sentimentos às ambientações invernais. Uma narrativa encantadora, cheia de reviravoltas.

    ResponderExcluir