Resenha II Me Abrace Mais Forte - David Levithan

1.12.15

Editora: Galera Record:
Páginas: 224
*Livro recebido em parceria com a Editora*
Do universo de Will & Will: Um nome, um destino, conheça a história de Tiny Cooper em um fabuloso musical Uma novela musical do universo de Will & Will – um nome, um destino, escrito em parceria com John Green e o primeiro livro juvenil com protagonista gay a figurar na lista do New York Times. Em Me abrace mais forte, o personagem Tiny Cooper, um dos mais carismáticos da trama, disponibiliza o roteiro do musical que acompanha sua trajetória: do berçário até o ensino médio. Com participação especial do fantasma de Oscar Wilde, o roteiro revela os detalhes da vida amorosa de Tiny, seu relacionamento com seus vários ex-namorados, a amizade com a babá lésbica, a relação com os pais e o encontro com o amigo Will Grayson. • Will & Will: Um nome, um destino já chegou a 19ª edição e vendeu mais de 150 mil exemplares. • Me abrace mais forte é um dos livros mais pedidos nas redes sociais da Galera.
Todos já sabem o quanto amo a escrita de David Levithan e claro que tinha que conferir o livro Me abrace mais forte; nesse volume quem é a estrela é Tiny Cooper – Lembram-se dele? Quem não sabe ele teve sua primeira aparição em Will & Will, conquistando espaço e ganhando corações! (muito amor)
O livro é um musical escrito em dois atos (é um musical escrito pelo Tiny):
Na primeira parte saberemos detalhes específicos sobre à vida de Tiny antes de assumir que é gay - dilemas que incluem saber que é gay, mas ter problemas para se assumir até para si mesmo. Todos sabem que ele é gay, pois afinal de contas, dá para perceber. Mas Tiny nunca falou nem que sim, nem não.

E na segunda parte veremos tudo após ele ter se assumido - Quando ele faz a sua “grande” revelação todos ficam de boa com a situação e ele finalmente se sente mais tranquilo em assumir para si e para os outros, porém logo ele percebe que não basta isso, ele precisa de mais.. Precisa encontrar alguém que simplesmente o faça suspirar, amar e feliz, com isso ele começa uma busca reflexiva, talvez até; com seus ex-namorados; cada qual com seus motivos para o fim do relacionamento nisso ele relembra fatos e histórias e seu último ex-namorado foi ninguém menos que Will.

A história é envolvente com um personagem que realmente é memorável e possui um carisma ímpar, tudo será revelado nesse musical sobre a vida de Tiny.. Suas neuras, relações, desejos, pensamentos e inclui conselhos de sua babá lésbica e de Oscar Wild. Tudo regado a muito humor e ensinamentos marcantes. Tiny percebe pouco a pouco o que lhe faz feliz e o que é necessário para se manter assim e o que é relevante.

Toda a história é escrita como se fosse um musical e cada detalhe do mesmo é narrado. Mesmo com suas poucos páginas Me abrace mais forte ganhou meu coração e me encantou com Tiny e suas tiradas. Espero que vocês também gostem!

8 comentários

  1. Oi Karini!!! Por mais incrivel que seja, acredite, nunca li nada de David Levithan!!! Tenho varios livros dele na minha lista de leitura mas sempre vou deixando de lado e lendo outros! Já vi muitos elogios sobre esse autor, mas ainda não o conheço! Gostei muito da sua resenha e vou acrescentar mais um na minha lista e vou fazer o possivel pra ler em breve!!

    Bjssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Li apenas um livro de David Levithan que foi Todo Dia que gostei bastante,tenho vontade de ler seus outros livros este parece ser bem legal,valeu a dica.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá Karini, tudo bem?
    Eu também gosto da escrita do David. Gostei muito de Will e Will e espero poder ler este em breve.
    Ótima resenha. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não li nada do autor ainda. Não imagjno como este livro possa ser narrado como musical. Não li nada parecido, fiquei curiosa.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Todo mundo fala desse autor, mas nunca li nada dele. Sou louca para ler, mas sempre boto outro na frente. Assim que der, vou ler algo dele.

    ResponderExcluir
  6. Karini!
    O que mais admiro no autor é que ele levanta mesmo a bandeira da homossexualidade.
    Como amo música, sei que vou adorar o livro feito em forma de musical e se tem um segredo a ser revelado, melhor.
    “Sentir é criar. Sentir é pensar sem ideias, e por isso sentir é compreender, visto que o Universo não tem ideias.” (Fernando Pessoa)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  7. Acho que teria problemas ao ler esse livro, não consigo me imaginar lendo com ritmo de musica.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Ainda não li nada do David Levithan meta para o ano que vez, mas achei bem legal o livro principalmente por ele explorar as duvidas do Tiny antes e depois e achei diferente temos o livro em musical fiquei curiosa para ver como vai ser !!

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por