Resenha II Apenas Um Ano - Apenas Um Dia #2 - Gayle Forman


Editora: Novo Conceito
Páginas: 352
*Recebido de parceria
Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro. Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta.
"Apenas um ano" é narrado pela perspectiva de Willem e traz ao leitor a trama de "Apenas Um dia" de forma mais dramática e com mais lições e mensagens positivas.
A história começa 24 horas depois do final do primeiro livro. O leitor é levado de volta ao dia seguinte do encontro final de Willem e Lulu (a Allyson). Tudo isso para explicar o motivo do protagonista não conseguir se rever Allyson.
"O amor não é algo que se protege. É algo que se arrisca."
Por conta do acidente, ele acorda confuso em um hospital e a única certeza de que tem é que Lulu o aguarda. Porém esse desencontro permite que os meses seguintes sejam momentos de profundo amadurecimento e contemplação para Willem, que precisa resolver seus problemas antes de conseguir seguir em frente.
No primeiro livro, sabemos que Willem precisava voltar à Holanda para resolver uma situação importante, mas que acabou adiando o retorno para apresentar a cidade para Lulu. Agora, compreendemos de forma mais ampla o motivo desse protagonista hesitar tanto em remexer o seu passado.
"Não tenho certeza de que seja possível amar e manter algo em segurança ao mesmo tempo. Amar alguém é um ato tão intrinsecamente perigoso. No entanto, é no amor que está a segurança."
O interessante na personalidade de Willem é que ele foi construído de forma bem humanizada. É um jovem que cometeu muitos erros na vida, mas nunca com o propósito de magoar ou machucar alguém intencionalmente. Essas imperfeições ressaltam ainda mais o amadurecimento pessoal que ele realiza em um ano.
Apesar de ser uma boa história, a leitura se torna um pouco cansativa por conta das repetições do primeiro livro.
Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um ótimo trabalho. A capa combina perfeitamente com a trama.
"Alguma coisa aconteceu naquele dia. Ainda está acontecendo. Está acontecendo aqui em cima deste palco. Foi apenas um dia e apenas um ano. E talvez um dia seja o bastante. Talvez uma hora seja o bastante. Talvez o tempo não tenha nada a ver com isso." (p. 325)

7 comentários:

  1. Eu já li Se eu ficar, dessa autora. A história é simplesmente maravilhosa, mas não gostei muito da escrita dela, por isso, acho que vai demorar um pouco para ler algo dela de novo.

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li Apenas um dia,espero ler logo para aí ler Apenas um ano,gostei muito de Se eu ficar então estou ansiosa para ler este também.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Tenho os dois livros, mas ainda não li nenhum! Pretendo ler em breve, pois gostei muito do filme!!!

    Bjsssssssss

    ResponderExcluir
  4. Bem, li ambos os livros e achei esse muito mais uma busca interior de Will, do que a busca por Lulu...
    O que tornou a mensagem do livro muito mais interessante do que apenas uma repetição do livro anterior pelo olhar de Will...
    “Sentir é criar. Sentir é pensar sem ideias, e por isso sentir é compreender, visto que o Universo não tem ideias.” (Fernando Pessoa)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  5. Saiu continuação e eu nem li o primeiro, gostei das capas se ambos os livros. Tenho curiosidade de ler essa historia parece ser boa.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Desde que vi a resenha do primeiro livro fiquei bem interessada nessa serie, adorei como o autor explora os personagens é legal quando no final vemos o quando eles cresceram, também quero muito ler esse livro pois no primeiro senti o Willem bem misterioso e nesse livro parece que teremos muitas respostas !!

    ResponderExcluir
  7. por incrivel que parece nao li nenhum livro desta autora apesar de serem sempre bem comentados. gostei da tua resenha sobre este. parece que willem vai passar por mtos questionamentos e mudanças...

    ResponderExcluir