Resenha || Amor Fora do Ar - Jessica Park

6.11.15

Editora: Pandorga
Páginas: 368
Ele era alto, pelo menos 1,80, com cabelos loiros sujos que pendiam sobre os olhos. Sua camiseta dizia “Nietzsche é o meu garoto”. Então, esse era Matt. De quem Julie Seagle gosta. Muito. Mas há também Finn. Que ela ama.Complicado? Estranho? Completamente.Mas, realmente, como esta recém-transferida estudante de Boston e caloura da faculdade deveria saber que ela acabaria vivendo com a família de uma velha amiga de sua mãe? Isso tudo deveria ser temporário. Não estava previsto Julie ser tão importante para os Watkins, nem se apaixonar pelos irmãos Matt e Finn. Especialmente Finn, que ela nunca viu pessoalmente. Mas isso realmente importa? Finn a entende como ninguém nunca o fez antes. Eles têm uma conexão.Mas esse é o caminho do amor, em todas as suas estranhas mudanças, ele sempre coloca algumas curvas. E ninguém escapa ileso.

Em Amor Fora do Ar conhecemos Julie recém-chegada a Boston com intuito de fazer faculdade, porém e depara com seu primeiro problema. O apartamento que havia alugado pela internet era fictício; ele não existe. Mas logo ela é convidada a uma estadia na casa de Erin (amiga de sua mãe) e sua família.

A família a acolhe de boa, porém eles são completamente diferentes do que Julie esperava; não é bem uma família típica, pois cada um tem seus projetos e objetivos sendo um tanto distantes uns dos outros. Erin e Roger (casal) são muito legais com Julie, porém percebe-se logo que o objetivo de vida deles está no trabalho que juntos desenvolve. Celeste é a filha caçula (treze anos) do casal e vive com um totem do irmão mais velho com intuito de lidar com sua ausência; a menina é extremamente inteligente e interessante. Matt é inteligente no estilo nerd e não possui qualquer vida social, ele é estudante da MIT, cursando duas faculdades ao mesmo tempo; muito cuidadoso e atencioso com sua irmã Celeste. Flinn é o irmão mais velho dos três e está em uma missão pelo mundo a fora com trabalho voluntário.
É muito bom conhecer você, Pôster do Finn. Pensei que você estava viajando.
Celeste torceu o nariz.
– Finn é o único que está viajando. Agora ele é voluntário em uma reserva de caça para animais resgatados. Este é o Pôster do Finn. Ele é uma representação simbólica de meu irmão.
Julie não imaginava que mesmo com todas essas particularidades que cada um demonstra ela fosse ficar tão chegada a eles, principalmente a Celeste com quem acaba fazendo uma amizade mais profunda e influenciando grandes mudanças na menina. Tem um suspense a cerca da menina e de suas atitudes e é perceptível como todos a protegem e parecem fechar os olhos para algumas estranhezas da jovem.

Meu personagem favorito foi Celeste obviamente e ver o “desabrochar” “desenrolar” de sua história foi sem dúvidas o melhor momento da história!
Finn é Deus Eu alcanço entre nós e solto as fivelas que estão mantendo-nos juntos. Isto é quando eu realmente entro em pânico. O passeio de avião não me assustou. Ou a altura, ou o salto, ou o barulho. Nada disso me assustou. Mas, agora, somente uma coisa me assusta.
Julie Seagle Diga-me
Finn é Deus Estou apavorado que quando eu soltar a fivela e te soltar, que você se levantará e andará para longe de mim. Não consigo pensar em nada mais excruciante.”

Um comentário

  1. Tenho este livro já faz um bom tempo sempre vou deixando pra depois,parece ser uma história bem gostosa de ler.
    bjs

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por