Resenha II A Lâmina da Assassina - Trono de Vidro # 2.5 - Sarah J. Maas



Editora: Galera Record
Páginas: 406
*Livro do acervo pessoal 
Conheça o caminho da assassina. Pavimentado com sangue, lágrimas e suor. Implacável, sedutora, letal. Poucos conhecem seu rosto, menos ainda sobrevivem à sua fúria. Não à toa Celaena Sardothian é sinônimo de morte. Suas lâminas são certeiras, assim como seu estranho código de honra e seu aguçado senso de justiça. Mas como uma menina, encontrada agonizando pelo rei dos Assassinos de Adarlan, se tornaria a campeã do rei? Disputada pelo capitão da guarda real e o próprio príncipe herdeiro? No centro de intrigas políticas? Acompanhe Celaena vencer um lorde pirata e toda sua tripulação; o encontro como uma curandeira; seu treinamento com o Mestre Mudo, senhor dos assassinos silenciosos, nas dunas do deserto Vermelho; a prisão nas Minas de Sal de Endovier; ou, ainda, sua luta contra o mais escorregadio e traiçoeiro dos adversários — o próprio coração.

A Lâmina da Assassina é um livro composto por cinco histórias: "A assassina e o lorde pirata", "A assassina e a curandeira", "A assassina e o deserto", "A assassina e o submundo" e "A assassina e o império". Essas histórias antecedem os acontecimentos narrados em Trono de Vidro. 

O livro narra Celaena de uma forma que os leitores ainda não viram e que, após conhecerem "A lâmina da assassina", irão compreender seus medos e anseios. Os acontecimentos desse livro se passam entre os 16 e 17 anos de idade da Celaena, do momento em que ela desobedece seu mentor até sua captura.


São cinco histórias, porém elas possuem uma ordem cronológica e devem ser lidas na ordem. Dessa forma, o leitor vai sendo guiado até as Minas de Sal, local onde conheceremos Celaena no primeiro livro da série Trono de Vidro.


Apesar de ser um livro que narra as histórias antes de Trono de Vidro, foi lançado como livro 2.5 e muitos leitores podem estranhar esse fato. A verdade é que "A lâmina assassina" não serve como uma introdução  a série, e sim como uma explicação ao comportamento de Celaena. Quem já leu as resenhas dos livros anteriores, pode perceber que existem momentos em que falamos "Como a Celaena fez isso?" "Não entendo o comportamento dela" e assim vai. Pois bem, conhecer o seu passado fornece aos leitores todas as respostas necessárias.


A autora soube criar uma protagonista feminina forte que não tem mimimi, mas ao mesmo tempo, tem suas vulnerabilidades. Ela apenas decide seguir em frente e isso é incrível, pois a coloca em uma categoria diferenciada de personagem.



8 comentários:

  1. Li só o primeiro livro e gostei bastante,acho que A Lâmina assassina é uma boa forma de conhecermos um pouco mais desta protagonista muito intensa.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. O Trono de Vidro me chama bastante a atenção com suas capas guerrilheiras e belíssimas. Então, eu não poderia esperar nada a mais do que uma história razoável e, para a minha surpresa a história não era razoável, mas, sim, cativante. Gostei bastante das narrativas presentes nas cinco histórias, para conhecermos um pouco mais sobre a Celaena. Estou adorando a série!

    ResponderExcluir
  3. Como eu não lembro as histórias de O Trono de Vidro, eu não sei muito o que falar desse livro. Bom, eu adoro spin-off, pois é bastante gratificante para o leitor ter um conhecimento maior sobre a série. Vendo a resenha desse livro, vi que foi exatamente isso que a autora fez. Apesar de eu ainda não conhecer os livros de O Trono de Vidro, eu gostei bastante do que a autora fez. Adorei a capa desse livro *-*

    ResponderExcluir
  4. Ainda não nenhum dessa série, mas quero muito ler e já estão na minha lista de compras do mes!!!kkkk As capas são muito bonitas e estou muito curiosa sobre a historia!!

    Bjsssssssss

    ResponderExcluir
  5. Personagem com personalidade forte e marcante é excelente. Odeio os mimimis da vida e de livros, não suporto mesmo. Fiquei muito interessada para ler, ainda mais porque são 5 histórias, mas que tem certa ligação.

    ResponderExcluir
  6. Apesar de não ter lido os livros, li as resenhas e admiro a protagonista por ser forte, mesmo com suas vulnerabilidades e gostaria demais de poder ler.
    Acho essa capa belíssima!
    “Quem quiser vencer na vida deve fazer como os seus sábios: mesmo com a alma partida, ter um sorriso nos lábios.”(Dinamor)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  7. Acho muito válida essa iniciativa de explicar as atitudes estranhas que o leitor possa não entender na protagonista. Além disso, para os fãs da série e da escrita da autora, esse livro é praticamente um presente. Adorei a capa, acho que ela segue a mesma linha cheia de detalhes que chama tanta atenção nos outros volumes da saga.

    ResponderExcluir
  8. É isso que eu acho! Conhecer o passado dos personagens deixa tudo muito mais explicativo e informativo, assim a gente entende melhor as ações deles. Não li Troo de Vidro só que... quem não quer, né?

    ResponderExcluir