Resenha || Despertar - Trilogia Abandono #3 - Meg Cabot

Editora: Galera Record
Páginas: 320
*Livro recebido em parceria com a Editora
Em Despertar, a protagonista Pierce Oliviera, agora namorada do Senhor da Morte, John Hayden, precisa lidar mais uma vez com as terríveis Fúrias, quando estas descobrem que ele quebrou uma de suas regras mais severas: ressuscitar uma alma humana. Se o equilíbrio entre vida e morte não for restaurado, tanto o Mundo Inferior quanto o lar de Pierce serão destruídos. Mas há uma forma de consertar tudo: alguém precisa morrer.






"Filho meu,
Aqui de fato poe haver tormenta, mas morte jamais."
DANTE ALIGHIERI, Purgatório, 
Canto XXVII 

Neste terceiro volume da Trilogia Abandono Pierce e John Heyden (#otudodebom) continuam em sua obstinada luta contra as Fúrias; nisso quando Alex é  morto por Seth e seus amigos, John o ressuscita e leva não só Alex, mas Kayla para o Submundo, a fim de mantê-los a salvos! Mas ressuscitar alguém causa um caos fora de todo o terror que possa ser imaginado, pois as Fúrias ficam enfurecidas! Não interessa quanto poder Pierce e John detenham as coisas não funcionam ou não podem funcionar como eles desejam exatamente!

"Na escola , eles nos mandam seguir as regras.
Não fale com estranhos. A segurança vem primeiro, disseram. Não corra - a não ser que seja para fugir de um estranho, é clar. Esperava-se que fugíssemos de estranhos o mais rápido possível, da mesma forma que Perséfone, a menina daquele antigo mito grego, tentou fugir de Hades, o rei dos mortos, foi atrás dela. (...) Segundo as regras pessoas da nossa família não devem nos machucar. Porém, não fugir da minha própria carne e sangue foi o meu primeiro erro. O segundo foi fugir de John Hayden. ele era exatamente o tipo de estranho que vivem descrevendo na escola. Não, ele não me ofereceu balas ou drogas. Mas um só contato com aqueles olhos cinzas, repletos de tormenta, e mesmo sendo uma menina inocente de 15 anos eu já soube que a sua oferta seria bem mais viciante do que chocolate ou metanfetamina."

As Fúrias são sempre motivo de terror e investidas que normalmente não seriam realizadas por Heyden, pois ao tentarem impedir que almas embarquem rumo ao seu destino conseguem matar Heyden que tenta impedir esse ataque delas. Mas como assim John Heyden morre? Pasmem! O Senhor do Submundo e "imortal" morre sim! Todos ficam devastados, incluindo Pierce é claro! Mas ela acredita que precisa tomar as rédeas e como Senhora do Submundo ou algo assim parte rumo a Isla Huesos para dar prosseguimento aos trabalhos que são realizados no submundo. 

Mas lá ela se depara com Sr. Smith um sacristão do cemitério e Patrick que juntos estão realizando uma baita festa onde um furacão se aproxima. O médico cego do submundo revela a Pierce que a alma de Heyden pode estar presa com o Senhor da Morte Tânato e aí descobre que Seth está realizando uma festa, aquele Seth que fez o que fez com Alex o primo de Pierce e acredita que pode encontrar lá o tal Senhor da Morte e obter respostas sobre John. Porém ao ir para a “casa” onde deveria viver, já que não está morta, fica sabendo do retorno de seus pais e muitas outras coisas lhe vêm à memória e percebe o quanto sente falta de tantas delas! Alex é mais um que precisa acertar contas e entender sobre a prisão de seu pai, então juntos, todos vão de encontro a Seth em sua casa onde está acontecendo à festa do caixão! 

Na intenção de evitar grandes problemas ela mantém Alex e Seth bem longe um do outro, o máximo que pode.. Mas aí descobre quem é Tânato – e que ironia! Aí queridinhos, ela travará sua própria batalha para libertar seu amado de Tânato e muitas coisas acontecem e é adrenalina pura!

Acredito que Meg Cabot fecha Despertar com chave de ouro e toda a trilogia me agradou bastante! Já estou com saudades do #tudodebom John Heyden - que Senhor do Submundo! Ah um desse lá em casa! kkk Protetor, honrado e um tremendo Bady-boy - Amo! Toda a trama é entrelaçada e sem pontas soltas. Terminei satisfeita!




9 comentários:

  1. Oi Karini, é muito bom quando chegamos ao fim de uma trilogia ou série e ficamos satisfeitas, sem aquela sensação de que o autor encheu linguiça. Não li ainda nenhum dos livros, mas fiquei empolgada para ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Confesso que li por alto porque só li o primeiro livro da trilogia, quero muito terminar ,gosto muito dos livros da Meg Cabot.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Como eu nunca ouvi falar dessa trilogia, eu não sei muito o que falar. Vendo sua resenha, vi que o último livro da trilogia é maravilhoso. Percebi que no livro contém fúrias, submundo etc. o que acabou despertando minha curiosidade hahah Eu amei essa capa *-*

    ResponderExcluir
  4. Não entendi muito bem a trama que este último livro tomou. Não acompanhei as resenhas dos primeiros livros de autoria da Meg Cabot, portanto fiquei um tanto confuso. Logo me deparei com uma cura, uma ressurreição de um personagem, então me interessei um pouco. Mas, logo depois não entendi muito boem. Fico feliz que tenha gostado do desfecho.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nenhum livro dessa trilogia, mas fiquei muito interessada, pois gosto muito de historias que falam de mitologia e tudo mais!!! Mais uma série pra minha lista!!

    Bjssssssssss

    ResponderExcluir
  6. Karini, é tão bom quando a gente pega o último livro de uma série/trilogia e se sente como se tivesse feito a escolha certa, a sensação de que a autora fez o dever certinho e que te agradou. Não li nenhum dos livros, confesso, mas não tenho muito interesse pelos livros dessa autora. Talvez a trilogia seja algo diferente, porque já tem um estilo bem diferente. Me interessei, não vou negar.
    Parabéns pela resenha empolgante, que me fez até ficar interessada por um livro de uma autora que não curto hahahaha

    ResponderExcluir
  7. Karini!
    Os livros da Meg são bons mesmo e aqui tem o lado da fantasia bem exacerbado, o que só melhora o livro e a série.
    “Quem quiser vencer na vida deve fazer como os seus sábios: mesmo com a alma partida, ter um sorriso nos lábios.”(Dinamor)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  8. Que bom tu ficou satisfeita com o final da trilogia, é sempre decepcionante quando os autores não conseguem satisfazer as nossas expectativas. Eu adoro as capas, elas tem um ar sobrenatural que eu curto muito, além de detalhes lindos. Quanto ao enredo, não se foi só impressão minha, mas me pareceu que a autora quis colocar muitos elementos distintos dentro da história, tanto é que em determinado momento eu já estava perdida entre tantas criaturas. Acho que isso deixou a história um tanto confusa.

    ResponderExcluir
  9. Que bom que gostou, espero ficar tão satisfeita quanto você, ainda não li um livro da série, mais gosto dos livros da Meg, e acho que desse também gostarei. Só fico na duvida que eu fiquei meio perdidinha dentro da resenha, porque cara! É muita informação e coisas para guardar eu juro que não sei se daria conta, minha amiga está começando a ler os livros dela e vou perguntar assim que ela terminar sobre o que achou.

    ResponderExcluir