Resenha: Enquanto houver amor haverá esperança - Sarah Kilimanjaro

19.8.15



Editora: Petit
Páginas: 304
Até que ponto alguém consegue superar suas dores?Por que uns têm coragem e seguem em frente apesar de todas as dificuldades e outros caem em desânimo?Esta é a linda história de Erika e Maurício, uma história de coragem, persistência e superação.Erika quando criança sofre um grave acidente que a deixa paraplégica, porém com o amor dos pais, dedicação dos médicos e coragem da menina ela consegue superar suas limitações.Maurício é um famoso e admirado corredor de automóveis, mimado, tendo tudo nas mãos, se deixa cair no desânimo quando um acidente o deixa fora de seu “mundo ideal”.Duas histórias que se cruzam, e com resultados diferentes.Conheça essa comovente história e saiba por que enquanto houver amor há esperança!


"Enquanto houver amor haverá esperança" é uma história de amor, que aborda superação e entendimento.
Erika é uma jovem alegre e curiosa com o mundo, amada por seus pais e feliz. Um terrível acidente a deixa paraplégica e tem sua vida mudada. Erika continua perseverando, procurando especialistas, tratamentos, tudo o que se pode imaginar e com o apoio dos pais, Alex e Viviane. Esse árduo trajeto que é a vida da jovem, a deixa mais ciente sobre as alegrias da vida e a torna uma mulher espetacular, não apenas pela sua beleza, mas também por sua generosidade e bondade.
Os anos passam e Erika decide se tornar médica. Estuda com afinco, passa no vestibular e acaba se voluntariando em uma clínica, onde irá conhecer Maurício, um jovem de 23 anos de idade, arrogante e prepotente, que foi diagnosticado com uma paraplegia irreversível. Acostumado a liberdade, seu novo estado o deixa depressivo e até mesmo agressivo.

"Erika era muito segura do que queria, não queria nenhum compromisso, estava "casada" com a Medicina, e ela era sua prioridade. Um relacionamento mais sério poderia desviá-la de seus objetivos, e deles ela não abria mão. Formar-se em Medicina era ponto de honra, ela o devia à vida, que não a deixara defeituosa e, por isso, queria retribuir, dedicando-se, mais tarde, mais tarde, quando se formasse, à Traumatologia." (p. 99)

Erika e Maurício são completamente opostos. Erika é positiva quanto a vida e Maurício é negativo e irritado. Então a jovem torna sua missão pessoal melhor a auto-estima de Maurício e tentar retirá-lo dessa depressão. 
O que os dois não sabem é que em outra vida eles se conheceram e que foi necessário uma segunda chance para conseguirem corrigir seus erros.
O livro tem um teor religioso e espiritual, mas também possui elementos interessantes e reflexivos que não envolvem esse lado. 
A escrita da Sarah Kilimanjaro é fluida e concisa, com explicações claras e simples. A capa possui detalhes da trama e a revisão foi muito bem realizada.  

"Aprender é a tônica de todos, diminuindo desacertos, aumentando créditos no círculo dos amigos, subtraindo os adversários, enfim, amando indiscriminadamente, quem sabe deixando o homem psicológico ultrapassar o homem fisiológico." (p. 174)


5 comentários

  1. Parabéns pela resenha não conhecia o livro mas parece ser uma boa história de superação e otimismo,valeu a dica.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol, gosto muito de livros com este lado espiritual, e sempre que posso os leio. Vou anotar esta dica, até porquê gostei do enredo.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
  3. ja´li tantos romances que agora dei um tempo neles, gostei desse e por isso vou deixar anotadinho na minha lista de desejados, pra ler no futuro.

    ResponderExcluir
  4. Oiiii Carolina, achei a trama desse livro simplesmente linda. Quantas pessoas não passam pelos "problemas" como o da Erika e o do Mauricio? Achei super legal, a autora mostrar que o problema só tem a devida força de acordo como encaramos a vida- seja pelo grau de positivismo ou negativismo. Não é verdade? Além de que esse teor espiritual, meio religioso que o livro tem, deve ajudar na construção dessa história.

    bju

    ResponderExcluir
  5. Nao conhecia esse livro da Petit e gostei do que li.
    Acho que mostra bem como um pessoa positiva consegue conquistar seus sonhos, apesar das dificuldades. Gostei da protagonista e de como ela teve o amor e apoio da familia e com isso venceu na vida apesar de ficar paraplégica.
    Gostei do livro e gostaria de ler sim.
    Bjus

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por