Resenha || Billy e Eu - Giovanna Fletcher

12.8.15


Editora: Phorte
Páginas: 368
Quando você tem o namorado dos sonhos tudo deve estar perfeito, certo? Então, por que não está? Questiona Sophie May.
Quando Sophie e Billy se conheceram e se apaixonaram, ela pensou que estava vivendo em um conto de fadas. Afinal de contas, Billy é um ator, um galã adorado por adolescentes em todo o mundo - e ele ama Sophie. Ela é a única garota para ele. Mas estar nos braços de Billy tem um preço. Este relacionamento tem deixado Sophie no centro dos holofotes, após anos mantendo-se afastada de atenção.
Será que ela poderá lidar com todo o assédio resultante de estar com Billy? Mas acima de tudo, estaria ela preparada para que sua mágoa seja descoberta por toda a nação?
Charmoso, emocionante e super-romântico, Billy e Eu irá capturar completamente o seu coração.
Billy & Eu é um livro que recebi em parceria com a Phorte Editora, para quem não conhece a mesma, basta CLICAR AQUI que será redirecionado para a página da Editora!


A história é um Chick-lit bastante gostosinho, que agrada o leitor desde o começo. A fórmula é batida, ao menos para minha pessoa, que leu alguns temas bastante parecidos do ano passado para cá - garota ou garoto se apaixona por homem ou mulher famoso e passa sufoco com as questões que não apenas o romance em si já nos trás, mas também toda a coisa de lidar com fãs, ciúmes, imprevistos e etc. Porém a Giovanna Fletcher tem uma escrita agradável e soube dar o seu toque especial à história, com uma fórmula já usada tantas vezes. Talvez por ela ser de fato casada com o vocalista de uma banda e ser "a pessoa comum" da relação! Gostei de como ela caracterizou seus personagens e também como conduziu a história!  Ler Billy e Eu foi uma "sentada" prazerosa! (li em uma única sentada/ entende-se - devorei as páginas!).

Sophie é uma jovem comum que trabalha em uma casa de chá de sua amiga (Sra.Molly) e segue uma rotina normal; sua maior ambição é um dia ser proprietária de uma casa de chá como a que trabalha; nas horas vagas, Sophie ama ler, e seu livro "de cabeceira" é Orgulho e Preconceito. Ela fica sabendo da regravação de seu clássico preferido com atores modernos e não curte muito a ideia; as gravações serão na sua cidade e mesmo que ela não ligue à mínima, todos estão loucos com a possibilidade de conhecer o elenco de atores famosos e conhecidos, menos ela que não tem tanta intimidade assim com o cinema e muito menos se liga em atores famosos. Mas o destino tinha algo para "sacudir" sua vida.. Não só tirando Sophie de sua "zona de conforto", como lhe apresentando um cara charmoso e muito atraente que lhe rouba instantaneamente a atenção, sem que ela perceba que se trata de um dos atores do elenco da regravação que tanto repudia! Seu nome é Billy e esse encontro promete abalar a vida de ambos! 

"Pela primeira vez encontrei algo que posso verdadeiramente amar: encontrei você.
Você é a minha compaixão - o meu eu -, meu anjo bom. estou ligada a você por um
forte laço - Você é bom, talentoso, adorável: uma paixão ardente e solene foi concebida no meu coração; ela se inclina para você, atrai você ao meu centro e gera vida, envolve minha existência ao seu redor, e, atiçada em uma chama pura e poderosa, funde nós dois em um só."
pág.337/338

Billy convence Sophie a aceitar um encontro e se tornam um casal apaixonado; mas todos que já se apaixonaram um dia, sabe que não é fácil manter uma relação e somando isso a toda loucura que a fama trás é quase enlouquecedor! Será que Billy e Sophie conseguirão lidar com todo o caos, fama, mudanças, fãs e diversidades que a vida de ambos possui?

"A Molly uma vez me disse para agarrar todas as oportunidades que surgissem no meu caminho. Agora, vou levar o conselho ao pé da letra... Ela ficaria orgulhosa."
pág.365

Sobre capa, diagramação e revisão.. Eu gostei da capa externa, mas o fato de não ter orelhas no livro é algo que me desagradou muito! Detesto livros sem orelha! A revisão está boa e diagramação também! É o primeiro contato que eu tenho com a Editora e posso dizer, que tirando o detalhe da orelha, eu gostei do trabalho realizado.
  

4 comentários

  1. Karini!
    Recebi esse livro também para análise e acredito que seja uma das minhas próximas leituras.
    Estou bem curiosa e adoro chick lit...
    “Quando vires um homem bom, tenta imitá-lo; quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo.”(Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  2. adorei a resenha de livro, é a primeira que eu leio, nao sabia que era um chick lit ( coisa que eu adoro!), o livro parece ter uma historia em leve e fofinha, fiquei curiosa pra ler.
    PS: também me desagrada muito o fato do livro nao ter orelhas, acho que boa parte do "charme" do livro estão nelas.

    ResponderExcluir
  3. Que delícia de resenha adorei, já estou apaixonada sem ler ,amo um livro fofo e este parece ser um sem dúvida,quero muito ler.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre fui fã de Chick-lit, li desde mto novo esse genero, e até hoje gosto mto.
    Que bom que gostou da forma que a autora levou a historia que é mais batida, com personagens melhor caracterizados, para mim faz diferença!
    Mas como assim o livro nao tem orelha??? Tb odeio!! Por isso q nao compro versao economica, por causa da falta de orelha! Vamos dar um toque na editora, hehe.

    ResponderExcluir

© MIX LITERÁRIO- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por