Resenha || No Coração da Floresta - Emily Murdoch


Editora: Agir Now
Páginas: 272
No Coração da Floresta - E se tudo o que você soubesse fosse uma mentira? E se a pessoa que deveria te proteger não tivesse condições nem mesmo de cuidar de si mesma? Carey é uma jovem de 15 anos com uma história de vida difícil. Levada às escondidas pela mãe para um parque nacional quando ainda era uma criança, tudo o que ela e a irmã menor conhecem é a floresta. Elas só têm uma a outra, considerando que a mãe, viciada em drogas e mentalmente instável, muitas vezes desaparece por dias sem fim. É durante um desses sumiços que repentinamente as meninas se vêem diante de dois estranhos, que as tiram da floresta e as levam para um mundo novo e surpreendente de roupas, meninos e aulas. Agora Carey precisa enfrentar a verdade por trás do seu passado e decidir se vale a pena revelar um terrível segredo, que, caso descoberto, pode colocar em risco a segurança e a nova vida das duas irmãs. No coração da floresta foi indicado a inúmeros prêmios, como a Carnegie Medal em literatura, e seus direitos foram vendidos para 8 países. Primeiro livro de Emily Murdoch, recebeu a seguinte crítica estrelada do Booklist: “Um livro cheio de dor e esperança. Uma estreia surpreendente.”

Amo ler e sempre que leio embarco completamente na história; algumas vezes essas histórias deixam um aperto no coração; uma saudade ... E mudam um pouco "seu mundo real" e assim foi com "No coração da Floresta" da Agir Now.. Estou emocionada com um turbilhão de sentimentos e sem conseguir palavras suficientes para descrever o que estou sentindo! Sentirei saudades de Carey e Janessa, que sempre protegeram uma a outra, cada uma oferecendo o que a outra precisava para seguir em frente! Saudades de Melissa, que como diz o ditado: "Coração de mãe sempre cabe mais um" e de outros personagens fundamentais para o desenrolar dessa história triste, com esperança de um futuro.. Dessa história que me fez rir e chorar! ‪#‎NoCoraçãoDaFloresta

No Coração da Floresta nos apresenta Carey e Janessa duas irmãs que vivem no limite da pobreza e abandono no meio de uma floresta tendo que se virar como podem. A mãe delas é uma viciada em metanfetamina que aparece as vezes, traz alguns parcos suprimentos enlatados e não tem mais nada a oferecer além de ausência, loucura e coisas que achou no lixo (só pode); apesar de usar casaco comprado em loja e mesmo magra parecer muito melhor cuidada do que suas meninas. Carey é mais velha, e ficou responsável por manter Janessa viva e saudável e sempre foi sua verdadeira mãe, pois por muitas noites manteve sua pequena irmã aquecida embalando-a como somente uma mãe faria; sempre se preocupou e a protegeu abrindo mão de si pela sua pequena Nessa, como a chama carinhosamente. Sua mãe leva homens para o trailer no meio da floresta às vezes e a atração é Carey, desde muito pequena.. Quando digo muito pequena, nem mesmo dez anos a menina tinha quando tocada e bulinada por clientes que sua mãe trazia para ganhar um trocado.. Eles não podiam "invadir" Carey, apenas tocar .. Nem beijar.. Mas independente do que eles podiam fazer, jamais seria o desejo de Carey, apenas o que ela precisava fazer obrigada por sua mãe.. E para proteger Nessa!

Em dado momento, depois de muitos dias com a mãe sumida, chegam à floresta um homem e uma mulher com uma carta escrita pela própria mãe das meninas, informando que não poderia mais tomar conta das filhas e pedindo ajuda, informando que é o pai de Carey e é aí que a vida sofrida dessas meninas começa a mudar, é aí que aparece Melissa, uma mulher com o coração do tamanho do mundo que as acolhe como delas; Melissa é esposa de Charlie (pai de Carey). Todos são muito pacientes e carinhosos o tempo todo e tentam se aproximar respeitando as limitações imposta pelas meninas.. Nessa não fala.. Porque não quer... Aconteceu algo que a fez se calar, mesmo que tenha a capacidade de pronunciar palavras, frases e seja bastante inteligente.. Há um segredo entre irmãs da noite das estrelas brancas, que elas prometeram jamais contar! Afinal.. "O que acontece na floresta, fica na floresta" é o lema de Carey.

Ambas as meninas são muito traumatizadas e carentes de tudo. Para Nessa é um pouco mais fácil se adaptar, pois com apenas seis anos, ela é extremamente carente de pessoas, comida, atenção e cuidados.. Mesmo que Carey tenha feito sempre o melhor por ela.. Ter Charlie, Melissa e até Delaney é algo fabuloso, assim como comida, cama quentinha, roupas e muito amor! Já Carey, não se adapta tão bem, pois se sente culpada e nem mesmo a idade que ela achava ter é a sua real idade! Ela sofreu muito, teve que amadurecer de formas inimagináveis, foi mãe quando deveria ser uma criança.. Passou frio, fome e sofreu abusos que marcaram sua alma.. As coisas que teve que fazer e o grande segredo que guarda consigo que é o motivo de sua irmã não falar a corrói todos os dias. Seu maior medo não é a nova família não a querer mais quando descobrir, e sim não quererem mais Nessa.. Ela pensa em se encaixar, mas imagina que isso jamais será possível, tendo o passado que tem..
Não permite que as pessoas se aproximem o suficiente para lhe mostrarem que pode ser amada como é, ou que entendem tudo que precisou fazer na floresta para sobreviver!

Mesmo com todo esse sentimento conflitante dentro de si.. Carey encontra Fadinha, uma amiga de verdade no ensino médio.. E também reencontra um amigo de infância e um alguém para amar e que possa fazer parte do seu futuro se permitir.. Seu pai tenta se aproximar, mas para Carey é muito difícil permitir, afinal a mãe a levou aos quatro nos porque ele batia nelas e precisaram fugir! Ela não consegue compreender porque ele não a quis antes e a quer agora e desconfia que quando todos souberem tudo que aconteceu na floresta ela será posta para fora imediatamente! 

Mas o futuro às vezes reserva coisas para nossas vidas, mesmo que pareçamos céticos e desgostosos com o mundo e algumas vezes só é necessário se permitir para viver coisas melhores e reescrever sua história! Infelizmente o que acontece não podemos apagar, mas certas coisas que vivemos nos faz crescer, amadurecer e sermos mais fortes e pessoas melhores! 

Todo o amor expressado nessa história tocou minha alma; amor que vai além do sangue! Toda tortura e maldade vivida por Carey e Janessa me fizeram pensar: "como pode isso?" "Que mãe é essa?" - mesmo sabendo que a mãe era doente diagnosticada com bipolaridade e viciada, nada me fez perdoar todo o mal que ela fez as meninas que deveriam ser apenas meninas e serem protegidas e amadas! 

Parece que aqui contém spoilers.. Mas não estou falando nada que não vão descobrir nas primeiras páginas que lerem.. O x é vocês saberem de fato que segredo as meninas escondem, o que realmente aconteceu para que elas fossem parar no meio de uma floresta vivendo em condições precárias.. As intenções e recepção da nova família.. O que Carey sabe sobre seu pai e que a faz não entender porque ele a aceitou e Janessa.. Se as meninas conseguirão se adaptar a nova vida na civilização.. São tantos "se" que tornam essa história uma daquelas que ao começarmos não conseguimos mais largar até que tenhamos terminado!
Tenho certeza que essa resenha não está à altura de tudo que eu senti lendo essa história.. Mas espero ter conseguido transmitir minha paixão pelos personagens e minha gratidão à autora por compartilhar conosco essa história que nos faz pensar e repensar tantas coisas, que nos acrescenta e nos transforma! 
A autora escreveu com a alma e tocou meu coração profundamente, já sinto saudades das meninas, da assistente social que as buscou e demonstrou tanta empatia, do jovem rapaz que mostrou que nem todos os homens pensam apenas em tocar uma mulher nas suas partes mais intimas, e sim tocar o coração dela, fazer parte de sua história e não apenas uma aventura.. Aprendi com Delaney que por mais que sua história não tenha sido tão trágica, ela também sofreu a sua maneira e mesmo assim viu uma oportunidade de mudar sua forma de agir quando Carey demonstrou compaixão! 

Concluindo todos precisam ler No Coração da Floresta! A capa é linda, mas não faz juiz ao conteúdo.. À revisão está boa e a Agir Now mora no meu coração após me apresentar uma história que jamais esquecerei e que indiquei para muitas amigas que conforme estão lendo estão amando tanto quanto eu amei!

Carey e Janessa vocês terão um lugar no meu coração para sempre, sofri com vocês e me emocionei a cada virada de página!

5 comentários:

  1. Karini!
    Acredita que me emocionei tanto com sua resenha que chorei...
    Quanto sofrimento dessas meninas e quantos segredos guardados...
    E que mãe é essa? Pelo amor de Deus...
    Quero muito ter a oportunidade de ler esse livro e me emocionar com ele.
    “Lutar pelo amor é bom, mas alcançá-lo sem luta é melhor.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rudy é um livro intenso.. Eu chorei bastante lendo esse livro e em público!
      Recomendo de coração, pois apesar de ser uma história triste .. há possibilidades e esperança!
      Eu estou com saudades e desde essa leitura, me parece que nada foi tão tão tão emocionante!
      Aguardando o próximo livro que me toque dessa maneira! Tiveram outros antes desse.. veremos qual virá depois!

      Beijos!

      Excluir
  2. Oiiiee
    Gostei muito da resenha, eu ainda não conhecia o livro, mas ele pelo visto é mutio bom, fiquei curiosa para ler, pois eu preciso saber que segredo é esse que essas irmãs guardam, to vendo que irei gostar muito desse livro, e realmente a capa é bonita.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro. Até pouco tempo atras eu não conhecia essa editora, mas ultimente tenho visto algumas resenhas dos livros dessa editora.
    A capa desse livro tambem é legal e misteriosa

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Ainda não conhecia o livro a historia parece intensa e emocionante ao longo da resenha fui ficando com muita do da Carey e fazendo muitos questionamentos também fiquei muito curiosa em relação ao segredo !!!

    ResponderExcluir