Resenha || A Herdeira das Sombras - As Joias Negras #2 - Anne Bishop


Editora: Saída de Emergência
Páginas: 480
Há 700 anos, num mundo governado por mulheres e onde os homens são meros súditos, uma profetisa viu na sua teia de sonhos e visões a chegada de uma poderosa Rainha. Jaenelle é essa Rainha. Mas mesmo a proteção dos Senhores da Guerra não impediu que os seus inimigos quase a destruíssem. Agora é necessário protegê-la até as últimas consequências.
Três homens estão dispostos a dar a vida por Jaenelle. Mas há quem seja capaz de tudo para controlar ou destruir a Rainha. Conseguirá ela cumprir seu destino como detentora do maior poder que o mundo já conheceu?





"A Herdeira das Sombras" é o segundo livro da série As Jóias Negras da autora Anne Bishop. Quando li o primeiro livro fiquei fascinada com a série, e a expectativa pela continuação era muito alta. Fiquei feliz ao terminar a leitura e perceber que a autora conseguiu manter a qualidade nessa continuação. 

O final do primeiro livro foi repleto de violência e deixou o leitor revoltado e ansioso para saber o que aconteceria a seguir. Após o evento em Briarwood, Jaenelle acabou se "desprendendo" do corpo, em uma tentativa de amenizar sua dor após tamanha brutalidade.

Levou dois anos para a protagonista despertar, e agora, com 14 anos, ela acorda com as lembranças desse evento bloqueadas. O problema é que, ao bloquear essas lembranças, Jaenelle bloqueia também tudo sobre Daemon.

Saetan está com as mãos cheias nesse livro. Tentando lidar com a jovem Jaenelle e ainda por cima, terá que enfrentar o Conselho das Trevas. O Conselho está debatendo a guarda de Jaenelle, e Saetan, que tem a garota como uma filha, fará de tudo para deter esse grupo com interesses próprios.

Lucivar também está mais próximo nesse livro. Após sua fuga, ele volta para a sua família. Temos também um grupo de "jovens especiais" que irão passar o verão com Jaenelle. Pois é, muitos acontecimentos se desenvolvem nesse livro!

Mas nem tudo são flores: Daemon está a cada dia que passa, mais e mais imerso no Reino Distorcido e nós sabemos que isso não é algo bom....

Mantenho as palavras da resenha do primeiro livro:
Já fiz um resumo bom da história, porém não vou prosseguir, do contrário a resenha vira um testamento. Só o que posso fazer é recomendar que leiam e voltem aqui para compartilhar conosco suas impressões! Mas cuidado! Pois o livro possui cenas fortes, macabras e bastante terríveis, a meu ver não é para leitores fracos de estômago ou sensíveis demais do coração!

Três palavras que definem bem esse livro são: Bizarro, sombrio e viciante!

Confiram a resenha do primeiro livro: A Filha do Sangue



5 comentários:

  1. Karini!
    Um livro "Bizarro, sombrio e viciante!" é tudo que espero de um livro.
    Como é uma série, a resenha não fez muito sentido para mim em relação aos acontecimentos com as personagens, porém tenho vontade de ler a série pelas coisas bizarras.
    “Lutar pelo amor é bom, mas alcançá-lo sem luta é melhor.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  2. Oiiieeee, tudo bom?
    Eu estou mega ansiosa para ler essa série, parece ser muito boa mesmo, gostei da resenha e fico super feliz em saber que a autora manteve a qualidade nesse segundo volume, assim que me for possivel irei começar a ler.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  3. Esse é um dos que eu mais quero ler, ainda não li o primeiro, mas eu tenho essa mania de quando é uma serie ou trilogia ou duologia eu tenho que comprar todos antes de começar a le-los

    ResponderExcluir
  4. Oi Karini!!! Quero muito ler essa série e depois dessa sua definição estou me repreendendo por não ter comprado ainda!!!kkkkk

    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Já vi essa serie mas ainda não tive oportunidade de ler, depois de ler a resenha continuo querendo ler e muito bom quando a autora consegue continua mantendo a qualidade ao longo da serie !!!

    ResponderExcluir