Resenha || Almanova - Incarnate #1 - Jodi Meadows



Editora: Valentina
Páginas: 288
Ana é nova. Por milhares de anos, no Range, milhões de almas vêm reencarnando, num ciclo infinito, para preservar memórias e experiências de vidas passadas. Entretanto, quando Ana nasceu, outra alma simplesmente desapareceu... e ninguém sabe por quê.
SEM-ALMA: A própria mãe de Ana pensa que a filha é uma sem-alma, um aviso de que o pior está a caminho, por isso decidiu afastá-la da sociedade. Para fugir deste terrível isolamento e descobrir se ela mesma reencarnará, Ana viaja para a cidade de Heart, mas os cidadãos de lá temem sua presença. Então, quando dragões e sílfides resolvem atacar a cidade, a culpa deverá recair sobre... HEART: Sam acredita que a alma nova de Ana é boa e valiosa. Ele, então, decide defendê-la, e um sentimento parece que vai explodir. Mas será que poderá amar alguém que viverá apenas uma vez? E será também que os inimigos – humanos ou nem tanto -- de Ana os deixarão viver essa paixão em paz? Ana precisa desvendar grandes segredos: O que provocou tal erro? Por que ela recebeu a alma de outra pessoa? Poderá essa busca abalar a paz em Heart e acabar por destruir a certeza da reencarnação para todos?



O livro Almanova é o primeiro volume da trilogia Incarnate da autora Jodi Meadows publicado com capa maravilhosa pela Editora Valentina! Desde que vi essa capa fiquei completamente fascinada, mas ainda não tinha tido a oportunidade de ler.. Porém agora, depois de terminar a leitura só sei que preciso de mais! Quero saber mais sobre Ana, Sam, Stef e todos os outros personagens. Sobre o que realmente Jassan representa, sobre o experimento de Menehen que causou o nascimento de Ana, quando na realidade quem deveria ter reencarnado seria Ciana. 



Nesse mundo criado por Jodi Meadows as almas vivem, morrem e reencarnam acumulando sabedoria, erros, e muitas experiências e vivências, tais quais servem para suas próximas vidas, porém com Ciana foi completamente diferente.. Ela morreu e deveria reencarnar, mas quem veio foi Ana, uma alma nova ou sem alma como alguns costumam chama-la. Nasceu de uma mulher chamada Li que a levou para longe de toda a cidade e a tratou com um nada, como lixo por dezoito anos.. Sempre a menosprezando e deixando claro que ela nunca foi bem vinda por ninguém. Li jamais se importou em ensinar Ana a ler ou a qualquer outra coisa.. Ana teve que se virar desde sempre, em um local frio, com uma mulher maldosa e completamente alheia aos sentimentos de Ana. Mesmo assim Ana conseguiu manter-se forte e sobreviver, até que chegou a hora de partir e buscar por mais informações sobre seu nascimento do motivo de Ciana não ter retornado e ela ter substituído a mesma. Ana obviamente sente-se inferiorizada, desconfiada e é bastante arredia, mantendo-se sempre na defensiva e alerta, por este motivo, ao ser salva por Sam em um lago congelante no caminho para Heart, ela de início não entende como um estranho possa demonstrar tamanha bondade e generosidade para com ela, uma “sem alma” .. Mas pouco a pouco Ana aprende a confiar mais e aceitar ajuda e sentimentos que jamais conhecera antes.. Quando chega a Heart as coisas não são exatamente como esperava, na verdade, ela nem mesmo sabia muito que esperar.. Mas logo Sam é colocado como seu tutor e deverá guia-la em uma série de estudos para que Ana possa ser aceita como membro produtor da sociedade em que vivem os demais. Ela recebe sempre muitos olhares e comentários horríveis, mas encontra também alguns amigos que a acolhem fazendo com que sua estadia seja menos dolorosa e menos massacrante, já que Ana não é livre para ser ela mesma, precisa sempre seguir um padrão determinado pelo conselho ou por alguém, do contrário corre o risco de ser exilada para terras onde Sílfides e dragões poderiam acabar com ela imediatamente. O mundo fora de Heart guarda perigos inimagináveis e Ana certamente não está nem um pouco interessada em descobrir quais são eles, apesar de ser extremamente curiosa e muito inteligente!



Sam é um completo cavalheiro, ajuda Ana desde o começo, sempre preocupado em ser suave em decorrência das coisas que vai sabendo a respeito da forma como Ana viveu seus dezoito anos. Ele já viveu 5.000 anos e apesar disso também possui medos e anseios que compartilha com Ana em determinado momento. Para Ana tudo que está vivendo é melhor do que o que viveu antes, apesar de ter de se reportar ao conselho e acatá-los. Mas Ana tenta fazer o seu melhor a todo instante. Ela ama música, e antes mesmo de saber quem é Sam, ela já amava música, ele a ensina com a tocar piano e inclusive cria uma música dela, chamada “Ana Incarnate”. Claro que as coisas não são simples ou fáceis, pois há pessoas que querem destruir Ana, seja pelo medo que mais Almanovas apareçam ou por qualquer outro motivo que desconhecemos. 



Na cidade de Heart já também um templo muito bizarro que parece ter vida própria. Alguns acreditam terem sido criados por Jassan que os mantém reencarnando a cada vida.. Ana desconfia que não seja algo bom o tal templo desde o momento em que o toca e sente como se o mesmo através de suas paredes pulsasse .. Como se as paredes fossem um coração. Sabe-se que os dragões odeiam o templo, pois toda vez que a cidade é atacada por eles, sempre atacam o tempo o tentam a todo custo arrancá-lo do lugar, porém o mesmo jamais é abalado. Pelo que se sabe não se pode entrar no templo, não há uma porta e Sam diz a Ana que não há nada lá dentro.. Mas a mesma desconfia que não seja bem assim!




Bom ... Resumindo a história é recheada de intrigas, mistérios, e criaturas fantásticas, somando-se algumas situações bizarras como as reencarnações e a Ana ser a única Almanova do pedaço a quem todos temem, sentem raiva ou curiosidade.

Para desvendar os mistérios convido você leitor a iniciar essa leitura que me prendeu do começo ao fim.. E já estou lendo o segundo volume, pois preciso saber mais após esse final eletrizante e cheio de expectativas de mudanças radicais!



4 comentários:

  1. Karini!
    Tenho o livro aqui para leitura e acredito que terei de passar na frente dos outros, o problema é que já quero ter Alma Negra em mãos, assim já leio os dois de uma só vez...
    Gosto do sobrenatural e do tema reencarnação. Curiosa por saber o que acontece com Ana.
    “Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  2. Ola, tudo bom?
    Estou curiosa para ler esse livro, ele parece ser muito bom, como eu gosto muito de seres sobrenaturais, o livro tem tudo para me agradar, a capa é linda demais, espero poder ler o mais breve possivel.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  3. Essa capa é uma das minhas preferidas.
    Desde que vi a primeira vez que estou querendo ler, adoro livro com seres fantasticos e misterios e esse parece ter tudo o que gosto e acho que é muito dificil eu deixar de gosta

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Gostei muito desse novo mundo criado pela Jodi, achei a historia legal e o Sam parece um fofo, fiquei muito curiosa em relação a Ana e adorei essa capa !!!

    ResponderExcluir