Resenha || O Limiar - Eles não querem que você saiba a verdade - O Limiar #1 - David Baldacci


Editora: Gutenberg
Páginas: 368
O Limiar - Vega Jane nunca saiu do vilarejo de Artemísia. Nem ela e nem ninguém. Isso jamais aconteceu porque ir além dos limites daquele lugar não é algo permitido. Até que um dia Quentin Herms, seu mestre e amigo, ultrapassa o limiar da cidade e desaparece rumo ao desconhecido e escuro Pântano, onde, segundo dizem, só há perigos, abismos e criaturas assustadoras com sede de sangue.

A fuga não é simples. Ele é violentamente caçado, mas deixa para trás uma trilha de pistas para a jovem: um mapa e um anel, que podem levá-la a descobrir o que há além do limiar de Artemísia, mas que ela deverá ocultar, sob pena de ser acusada de cumplicidade. Cada passo seu torna-se arriscado, e aos poucos ela percebe que aquele lugar e a vida que ela conheceu até então foram construídos sobre mentiras, capazes de fazer poderosos matarem para manter seus segredos. Mas Vega Jane se vê disposta a lutar pela liberdade, mesmo que a descoberta da verdade custe sua própria vida. Tradução: Rogério Bettoni




Narrado em primeira pessoa, a história se passa em Artemísia, um vilarejo que possui em suas fronteiras um Pântano. Segundo a história do local e o próprio Conselho atual, não existe nada além do Pântano, e os Wugmorts ou "Wugs" (cidadãos de Artemísia) que se arriscam no Pântano, são mortos pelas criaturas vis que o habitam.


Vega Jane é uma jovem de 14 anos de idade que cuida de seu irmão mais novo John e trabalha nas Chaminés como finalizadora. Jane presencia uma situação que vai contra tudo o que aprendeu e a partir desse momento, começa a questionar a veracidade dos fatos.

Só que da mesma forma que ela começa a questionar o que aprendeu durante toda a sua vida, o Conselho também começa a questionar suas ações e crenças. É um jogo de gato e rato que Jane precisa ganhar, senão, o preço a se pagar será muito alto.

Alguns personagens se destacam no livro, como o melhor amigo da Jane, o Delph. Delph é um jovem que sofre certa limitação após ter sofrido um grande trauma. Ele é um fofo, sabe aqueles gigantes que por dentro são uns ursinhos de pelúcia? Delph é fisicamente chamativo, mas tem uma personalidade amável e é extremamente carismáticos.

Jane é uma protagonista forte e destemida, que sabe que vai sofrer, mas precisa agir. É tão cativante ler uma história com uma protagonista assim!

Cada capítulo tem uma numeração de acordo com a linguagem de Artemísia e no topo das páginas iniciais dos capítulos existem detalhes que enriquecem ainda mais a obra. 


7 comentários:

  1. Olá, Karini.

    Tenho curiosidade de ler esse livro, mas tenho tantos sem ler que no momento não faria essa leitura. Fiquei imaginando o que existe no Pântano. Adoro protagonistas fortes e destemidas. Quem sabe depois não compro O Limiar. \o/

    Beijos.
    Visite: Paradise Books

    ResponderExcluir
  2. Ohhh.. não dava nada pela capa do livro, mas a resenha tá otima hein!?
    Voce falando do gigante, pensei no Hagrid do Harry Potter, aquele coração de ouro!
    Gostei da estória e ação é comigo mesmo, adoro uma leitura dessa rápidas que a gente nao consegue parar.
    Amei a dica!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro me lembra a aquele filme A Vila kkk e já li uma resenha desse livro antes e sua nota foi a mesma que a dela, tenho muita vontade de ler esse livro porque parece ser muito bom e esse tipo de leitura me agrada e adora ainda mais por a protagonista ser dura na queda, adoro esse tipo de personagem ^^ ótima resenha.

    ResponderExcluir
  4. Quero muitooooo ler esse livro! Espero gostar *o*

    ResponderExcluir
  5. Minha amiga está lendo este livro. Mas ainda não tinha lido resenha alguma, eu gosto muito de aventuras, essa parece ser uma muito legal com certeza iria querer conhecer o Delph, adoro este tipo de personagem *-*

    Ótima resenha ! Bjs

    ResponderExcluir
  6. Karini!
    O nome do lugar já é lindo Artemísia e com personagens tão fofos e lindos, nem dá para deixar de ler, né?
    “A amizade é , acima de tudo, certeza – é isso que a distingue do amor.”(Marguerite Yourcenar)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro quando a personagem é forte e destemida e enfrenta os desafios que são postos na frente dela, com certeza irei adorar essa personagem, não conhecia livro e com certeza ele entra para a minha lista

    ResponderExcluir