Resenha Nacional II Os Servos do Apocalipse - Cleiton Machado



Independente
Páginas: 97
Desde o ano de 1559 um segredo é guardado e se perde no tempo com a morte de um Monarca. Esse segredo revela fatos os quais uma vez comprovados podem levar á salvação da humanidade. Após 454 anos este segredo está prestes a ser revelado, porém, o fim da humanidade pode estar próximo e sua revelação será em vão.







"Os Servos do Apocalipse" é um livro curtinho (apenas 97 páginas), mas de conteúdo denso. Composto por um prólogo, nove capítulos e um epílogo, o livro tem como protagonista o Dr. Henry Laflour, um francês de 36 anos de idade, professor de teologia medieval e pesquisador teólogo com PHD em literatura profética. Tudo começa quando ele está ministrando uma de suas aulas na Universidade de Paris, em 05 de agosto de 2013, quando um jovem entrega um envelope em suas mãos. 

O conteúdo do envelope revela à Henry que o Apocalipse está próximo. Henry, junto com o amigo e colega de profissão Dr. Vicenzo Marchelli, começam uma jornada atrás de informações sobre os Quatro Cavaleiros do Apocalipse e a temível abertura dos sete selos. 

O enredo em si é muito bom e prende a atenção do leitor, porém existem algumas ressalvas a serem feitas. Primeiramente, faltou um pouco de desenvolvimento durante as investigações. Por ser um livro curtinho, a impressão que tive foi de que os personagens concluíam as respostas rápido demais e viajavam pra lá e pra cá em busca da pista seguinte. Se cada pista fosse mais desenvolvida, deixasse mais "dicas" para o leitor, tornaria a obra mais interativa.

Os diálogos possuem uma linguagem um pouco florida, tornando a interação entre os dois personagens, um pouco "forçada" demais em alguns instantes.
Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um bom trabalho. O principal problema da revisão foi a acentuação, porém também foram encontrados erros de digitação em algumas páginas, como por exemplo, nas páginas 16,20 e 76.
Reforço que a ideia do livro é muito boa e o leitor que é fã da temática deve dar uma chance.



8 comentários:

  1. Oi Carol, não me interessei muito pelo livro, desta vez eu passo.
    Bjs,Rose.

    ResponderExcluir
  2. OI, Carol.

    Esse gênero literário não me chama muito a atenção. Saber que os diálogos são um pouco floridos também não. Essa leitura eu deixo para os verdadeiros fãs de ficção.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol!!! Apesar de gostar do genero, esse livro não despertou meu interesse, então quem sabe no proximo livro do autor!!

    Bjssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei muito da temática desse livro, adoro livros e filmes com esse temática e isso me deixou muita vontade de ler esse livro, mas tenho um detalhe achei esse livro muito e acho que historias com esse tipo de enredo devia ser mais trabalho e como você disse não foi bem trabalhado, mas fora isso seria um livro que se parece na minha mãe eu leria com certeza.

    ResponderExcluir
  5. Parece interessante, e o conteúdo lembra muito a série de Tv The Messengers, mas estou um poico cansada do assunto então estou evitando um pouco rsrs'

    ResponderExcluir
  6. Carolina!
    Pelo visto o livro é curtinho e pode ter até um mote bom, mas achei que não é essa coisa toda, portanto, no momento, deixarei passar.
    Gosto de resenhas sinceras.
    Bom domingo!
    “Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo.”(Chico Xavier)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  7. Adorei a sinceridade da sua resenha, parabens
    Quanto ao livro por não ser o meu gosto preferido não pretendo ler, mesmo assim obrigado pela dica

    ResponderExcluir
  8. Ate gostei da idéia do livro.. Uma pena q seja tao curto e com isso a estória tenha sido tao corrida.
    Com certeza seria melhor um número maior de páginas e desenvolver melhor as pistas e os personagens.
    Agora erros de acentuação, de escrita eu acho tenso. Estraga totalmente o felling ne? A gente está bem lendo naquela animação e do nada aparece um erro q quebra o clima.
    Espero q a Editora reveja as edições seguintes.
    Beijos

    ResponderExcluir