Resenha || Elena: A Filha da Princesa - Marina Carvalho



Editora: Galera Record
Páginas: 322
Este não é um conto de fadas comum. Sim, existe uma princesa. Não uma donzela, mas uma jovem moderna, preocupada com os problemas de seu tempo. Há também um príncipe. Só não espere que ele seja um perfeito cavalheiro. Afinal, uma pitada de bad boy nunca fez mal a nenhum herói.
Elena, filha da princesa Ana — a brasileira que se tornou herdeira do trono da Krósvia —, já não é mais a menininha apaixonada pelo primo Luka, com quem deu o primeiro beijo aos 13 anos. Cresceu, namorou, viajou o mundo. Mas uma notícia surpreendente a faz voltar para casa... justamente quando obrigações familiares também exigem a presença de Luka.
O reencontro é explosivo. Luka não estava preparado para adulta que a prima tímida se tornou. Uma mulher que sabe muito bem o quer. E quem quer.


"Um amor deixa marcas. (...) Mas, se essas marcas custam a se curar, é aconselhável investigar a profundidade delas."


Elena: A Filha da Princesa” é um conto de fadas moderno, que nos conta a história de Elena, filha da Princesa Ana de Krósvia. Para quem está receoso de ler o livro por conta dos livros “Simplesmente Ana” e “De repente, Ana”, fiquem tranquilos que dá para ler tranquilamente, por se tratar de histórias distintas.

Elena é uma menina doce, nascida em berço de ouro, onde tem tudo para ser uma pessoa, egoísta e mimada; no entanto, a princesa surpreende: a história inicia com Elena em uma missão humanitária na Nigéria, onde se voluntariou para alfabetizar crianças, se dedica como muito amor e ternura ao trabalho, por se tratar de um país em guerra onde tem que lidar com alguns pais que preferem ver seus filhos trabalhando a serem alfabetizados.

Em determinado momento Elena recebe uma ligação de seu pai, Alex, como uma ligação fora do horário de costume. Elena desconfia que possa ter ocorrido algo sério, e, sim, Alex pede que ela retorne a Krósvia. Eles acabam de descobrir que Ana está grávida, o que pensavam não ser mais possível, e que é uma gestação de risco. Assim, dedicada à família como é, Elena se prontifica e retorna imediatamente.

E claro, que seu retorno é recebido com muito amor. Contudo, Elena encontra vários cenários. Sua mãe em repouso absoluto contra sua vontade, o casamento de sua prima Luce a todo vapor e um grupo a favor democracia fazendo manifestações para destronar Andrej. E claro, Luka, seu grande amor de infância, que pensou ter esquecido, porém ao vê-lo tudo pareceu reacender.

Ufa! Muita coisa realmente acontece em Elena e o livro já começa a todo vapor. Marina nos presenteou com uma história incrível, cheia de amor, romance, aventura, drama, ação... Haja fôlego para acompanhar.

De um lado teremos Elena, pronta a salvar o mundo por assim dizer, do outro o bad boy lindo — Luka que só pensa aparentemente nele, digamos um rebelde. A relação deles é cheia de conflitos, Elena tenta entender o que realmente o levou a se rebelar contra a família, ela sabe de parte da história e que a família esconde muito do passado de Luka, porém, quer entender os motivos dele. Luka só quer cumprir seu papel de bom irmão no casamento da irmã e se mandar para continuar vivendo sua vida, porém muita coisa acontece e o que seria uma breve visita se torna um retorno, e o que parecia impossível acontecer nada vida de Luka, ele pode estar descobrindo tão inesperadamente: o amor.

Marina, simplesmente me encantou, um enredo cheio de reviravoltas, que nos fez odiar algumas vezes as atitudes de seus personagens e amar incondicionalmente, por que quando há amor tudo é possível, em especial o perdão.

"Elena: A Filha da Princesa" é livro recomendado para aqueles que amam um conto de fadas e que simplesmente se derretem por uma linda história de amor.

"Quando olho nos olhos dele, enxergo as sombras que o atormentam.É difícil não me sensibilizar com o que vejo. Luka é um homem e tanto, mas suas dores, seus mistérios, derrubam o gigante sempre que ele baixa a guarda."



7 comentários:

  1. Esse livro já queria ler desde o seu lançamento, gosto de romances e essa tema de princesa, príncipe bad boy magia... haha! =)
    Não gostei do nome do protagonista ser Luka, achei infantil. Já o nome Elena é lindo!
    Muito bom saber que o livro tem uma estória incrível com romance, aventura, drama, ação...
    Pela sua resenha, já percebi que sim o livro é feito para mim, pq adoro um conto de fadas e esses mais modernos estou adorando muito ler.
    Vou com certeza ler!
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Eu estou num impasse entre ler esse livro ou não, porque eu fiquei interessada na história mas o primeiro livro ( simplesmente ana) eu não conseguir passar das 20 primeiras páginas 😐 Mas a vontade de ler o livro d filha dela é muito grande por isso acho que vou dar um chance a esse livro 😉 Que bom que você gostou do livro e adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  3. Oi Paty, gosto muito da forma como a Marina conta suas histórias de uma forma leve e envolvente. Com certeza lerei este livro que aliás está com uma bela capa.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Oi. Eu estou meio em duvida sobre esse livro, hoje mesmo eu li uma resenha negativa e agora leio um positiva. Acho que terei que ler para dar minha propria opinião

    ResponderExcluir
  5. Todos amam a Marina neh? Hauahuaha ainda não li nenhum dos livros, mas já tenho os autógrafos e Elena aqui em casa só me esperando ter tempo para ler hauahuaya.

    Com certeza deve ser super legal a história da filha da Ana, achei a capa linda e fofa a diagramação do livro.
    Xoxo

    ResponderExcluir
  6. Oi, Patrícia.

    Ainda não li nada da Marina, mas apesar de saber que não precisa ler Simplesmente Ana para ler Elena eu pretendo fazer a leitura antes. Já até comprei Elena.
    Adoro rebeldes e sei que irei adorar o Luka. Fiquei mais louca para fazer logo essa leitura.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books

    ResponderExcluir
  7. Patrícia!
    Então o livro é feitinho para mim: adoro contos de fadas contemporâneos.
    Já li os dois livros anteriores da autora e gostei demais, agora quero apreciar Elena...
    “A amizade é , acima de tudo, certeza – é isso que a distingue do amor.”(Marguerite Yourcenar)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir