Resenha II O Garoto dos Olhos Azuis - Raiza Varella




Editora: Pandorga
Páginas: 352
O príncipe encantado existe?
Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella.

Fazia um bom tempo que não lia um chick-lit nacional, estilo do qual sou fã, mas de uns tempos pra cá tenho visto os autores investindo mais nos livros hots e new adults e com isso deixando um pouco de lado os chick-lits.

Vou confessar que estava muito curiosa quanto a esse livro, li a sinopse e já coloquei na minha lista de quero ler/desejados, então quando recebi já fui logo lendo e não conseguia me separar dele.

Então vamos falar do livro.

Para começar nos deparamos com Bárbara/Babi/Bá sendo abandonada no altar pelo noivo, Miguel, que tinha um caso com a melhor amiga dela. Sim, isso mesmo que você leu e o pior de tudo é que ela nunca desconfiou e ficou sabendo de tudo ali no altar. Traumatizante né, e foi assim que a Babi ficou, jurou para si mesma não confiar mais em ninguém e nem entregar mais seu coração.

Para aliviar um pouco a dor e se recuperar, Babi e seu inseparável companheiro, o pit bull Vitório, foram passar uns tempos em Garopaba, onde seus pais e avó moram. Lá ela se recorda de quando era adolescente e de como um certo garoto dos olhos azuis que a salvou da humilhação e lhe deu seu primeiro beijo. Sim, ela caiu de amores por ele e nunca conseguiu esquecê-lo, mas sem saber seu nome, ela nunca conseguiu viver esse primeiro amor, e por conta disso vive pensando no garoto, que em sua concepção é a personificação do homem perfeito.

Depois de muito sofrer e ter vários conflitos com a mãe e algumas conversas com a avó, Babi decide aceitar o convite dos irmãos, Gustavo e Augusto, que ela carinhosamente chama de Mala e Monstro, e vai morar no apartamento/república deles. Lá moram além dos dois irmãos mais dois amigos deles, Ian e Bernardo. Já não bastasse a pessoa ser deixada no altar, ainda tem que ir morar com quatro homens e seguir as regras da casa/as regras do Ian. Mal ela chega e já quebra a primeira regra, o que gera a primeira briga entre ela e o Ian.

Com a decisão de não confiar em ninguém Babi acaba se sentindo muito só, mas ai surge à personagem que ganhou um espaço especial no meu coração de leitora, a Barbie Malibu, ou melhor, a Vivian, irmã do Ian. (Desejei muito ser amiga da Barbie, ops Vivian) Em pouco tempo as duas se tornam inseparáveis o que foi um grande gerador de confusões e muita coisas engraçadas.

Quando tudo parece estar dando certo nessa nova fase, sim parece, por que onde tem Babi sempre tem confusão. E é entre uma roubada e outra que ela começa a ver que o Ian não é esse cara chato e mulherengo que ela imaginava, e que ele está sempre ali para salvá-la das confusões que ela atrai, se tornando cada vez mais presente na sua vida.

Muitas reviravoltas acontecem no decorrer do livro, inimiga da infância que volta para perturbar a paz, notícias surpreendentes e ex que aparecem pra confundir, muitas coisas vão surgindo e deixando o leitor mais e mais envolvido no livro. A Raiza Varella misturou de forma maravilhosa tudo que gosto em bom livro, tem romance, drama, comédia, ação, vingança, final feliz e ainda personagens maravilhosos.

Se vocês gostam de um livro com protagonistas engraçados que são bem gente como a gente, podem ler esse livro, pois valeu cada minuto de leitura. Eu ri muito, senti raiva, me apaixonei, quis bater em alguns personagens (tipo na Camila, na Manuela e no Miguel kkkk) e enfim suspirei de amores. Amei tanto que já fui perturbar a Raiza para saber se teria um segundo livro, mas infelizmente não terá. L Sentirei saudade dos meus personagens preferidos, como a avó, os irmãos e da Babi e também da Vivian, do Ian e da Babi. Super indico esse livro!

Fiquei muito animada que vi no Instagram da Raiza (@raahvarella) que ela terminou um novo livro e já não vejo a hora de poder ler.

Bjs

8 comentários:

  1. Livro com personagens que possuem senso de humor é outro nível =P.
    Gosto de chick-lits e esse me parece formidável *-*. A história é leve, cativante e engraçada, ótimo para uma "ressaca literária" ou para passar o tempo u.u.
    Os personagens parecem bem "maluquinhos" e eu adoro isso <3.
    Vou colocar na minha lista de "livros que quero ler", pois ele com certeza merece estar lá.

    ResponderExcluir
  2. Eu amo chick-lit e sendo nacional e bom então melhor ainda .. Tem surgido muita gente boa no meio com certeza, mas tenho que concordar que esse gênero já não tá sendo um dos primeiros a aparecer .. Gente que capa linda de maravilhosa e a história nem se fala , parece ser muito deliciosa de se ler , quero muito agora rsrs

    ResponderExcluir
  3. QUE CAPA MAIS LINDINHA *-------------------*
    Nossa! Sacanagem fazer isso com moça justamente no casamento
    Quero saber mais sobre o livro, está na minha lista de desejados

    ResponderExcluir
  4. Não leio muito chick-list, é muito dificil algum deles me interessar e infelizmente esse não conseguiu :( mas mesmo não querendo ler eu não posso deixar de dizer que eu adorei essa capa, é linda

    ResponderExcluir
  5. Amooo chick-lit! E pela capa nao falaria que era. Surpreendi!
    Me interessei pela história e com vc falando que tenso senso de humor os personagens, aí que gosto mesmo.
    Achei a capa maravilhosa e pela sua nota eu acho q vou amar!
    Bjus

    ResponderExcluir
  6. Oi Marília!!! Adoro este tipo de livro!!! A primeira coisa que me chamou a atenção foi a capa, que é maravilhosa!!! Gostei demais da resenha e vou acrescentar na minha lista com certeza!!!

    Bjsssssssss

    ResponderExcluir
  7. Não sou muito fã do gênero, desculpa haha'
    Abs

    ResponderExcluir
  8. A historia é bem legal, mas o que mais me encantou foi a capa. Muito linda!

    ResponderExcluir