Resenha || As Confissões das Irmãs Sullivan - Natalie Standiford



Editora: Galera Record
Páginas: 352
As Confissões das Irmãs Sullivan - Quando o futuro da família está em jogo, não há segredo grande ou pequeno demais.
A avó das irmãs Sullivan reúne a família para anunciar que em breve morrerá. E, possivelmente pior, que removeu toda a família de seu testamento. Como ela é a fonte de quase toda a renda familiar, isso significa que ficarão sem um tostão. Ela foi ofendida por alguém da família, mas diz que, se o ofensor se revelar com uma confissão do seu crime enviada para seu advogado, ela pode recolocar a família no testamento. Agora, nenhum segredo é grande ou demais para as irmãs Sullivan. E que comecem as confissões.



A família Sullivan imaginava que sua noite de Natal ocorreria tranquila como em todos os anos: troca de presentes, músicas tradicionais e a ceia com a matriarca da família, a Poderosa Lou. O que eles não faziam ideia é que naquela noite muita coisa mudaria, a começar por um anúncio grave. Ela avisa que recentemente descobriu um tumor em seu cérebro e que poderá morrer em breve, mas não fica por aí, seu próximo passo é informar que todos foram retirados de seu testamento e que só reconsiderará a decisão caso um membro da família que lhe causou uma grande ofensa entregue sua confissão através de uma carta.

Todos ficam desnorteados com sua decisão, porém depois de algumas interações familiares, eles chegam à conclusão de que as únicas capazes de ter desagradado a Poderosa seriam: Norrie, Jane e Sassy. E a partir desse ponto passamos a ter conhecimento do que poderia ter sido a grande ofensa.

Norrie dá início à narrativa; considerada a mais perfeita das irmãs, está sempre tentando agradar a Poderosa Lou. Com isso, ela também é a mais cobrada, vive sobre a imposição rígida da avó. Prestes a atingir a maioridade e concluir o ensino médio, começa a viver as descobertas do primeiro amor; é neste ponto que ela supõe que tenha magoado Lou.

Jane é a segunda a se confessar; tem um ar rebelde, é sarcástica e não está nem aí para o que a família pensa, tanto que cria um blog intitulado de: minhafamiliamalvada.com, em que devaneia sobre os “podres” da família. É através dela que sou conquistada pela autora, e também por quem percebemos que toda família tem certo desequilíbrio.

Sassy é a caçula, com um temperamento “tranquilo”. Sua trama seria a mais interessante das três, porém foi deixada de lado totalmente pelas ideias sem nexo, criadas pela personagem; chega ao ponto de ser algo completamente absurdo, fora do contexto.

Enfim, “As Confissões das Irmãs Sullivan” teve seus altos e baixos, foi divertido em sua maioria. Com escrita leve, a leitura flui rapidamente, entretanto a autora deixou alguns fios soltos em seu enredo, o que pode ter deixado um pouco óbvio, sem grandes segredos ou revelações. Mas para quem está procurando uma leitura leve e descompromissada, ele é uma indicação perfeita.


6 comentários:

  1. Pela sinopse parece até ser um livro interessante.
    Gostei da sua resenha!!!
    Bjus
    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa Patrícia, fiquei imaginando agora se fosse comigo. A gente fica pensando em como pode pensar se magoamos alguém ou não e como podemos pedir perdão. Adorei a sinopse. Bem diferente.
    Vi que o blog faz parte do grupo da Arqueiro. Peguei o blog de lá!

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Greice!
      Obrigada pela visita!
      Esse é um livro leve, feito para descontrair.

      Volte sempre!
      Bjos!
      Paty

      Excluir
  3. Patrícia!
    Leituras leves e descompromissadas são maravilhosas após livros densos e profundos.
    Achei que os segredos permeavam o enredo, porém pelo visto, tudo é muito superficial, ainda assim gostaria de saber o desenrolar da trama e dar algumas risadas.
    Tenha um dia de muito amor!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Já ouvi falar tanto neste livro que cada dia q passa minha vontade só aumenta de ler ele. me parece uma historia bem original, com uma pitada de mistério.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Paty!!! Fico imaginando a avó delas lendo as confissões e descobrindo coisas que nem imaginava sobre as netas!!!kkkkk Parabéns pela resenha!!!

    Bjsssssssssss

    ResponderExcluir