Resenha || Os Suspeitos - Os Filhos das Sombras#2 - Margaret Peterson Haddix



Editora: Fundamento
Páginas: 144
Durante 12 anos a vida inteira Lucas teve que se esconder. Ser observado seria a morte.
Lucas Garner é um filho das sombras, um terceiro filho ilegal. Crianças como ele são caçadas e mortas pela Polícia de Controle da População. Ou torturadas e mortas, o que é ainda pior. Agora, pela primeira vez na vida, Lucas está fora do esconderijo e longe de sua família. Com a ajuda do sr. Talbot, ele consegue sair da clandestinidade ao assumir a identidade de Lee Grant, um garoto que morreu num acidente. Ser Lee era seguro. Ser Lucas, não.
Como parte de seu disfarce, Lucas ingressa em Hendricks School, um colégio para meninos ricos e desajustados. Lá não existem janelas, os alunos se comportam como cordeiros e os professores desaparecem à noite. E o mais estranho é que ninguém ousa ir para o lado de fora. Por quê? Lucas sabe que há muitos perigos, tanto nos corredores, como além das paredes do misterioso colégio. Entretanto, ele está cansado de viver com medo e nas sombras...
Lucas precisa se misturar à rotina do lugar antes que alguém perceba que ele é um impostor. Mas em quem ele pode confiar? Em seus novos e estranhos amigos? E se ele for traído, assim como Jen? Cabe a Lucas descobrir os segredos de Hendricks School e se lá será seu novo lar ou sua nova prisão. Eu mereço existir. Nós merecemos existir.

Quem ainda não leu a resenha do volume anterior, poderá fazer clicado AQUI!


Neste segundo volume da série Sombras, Lucas já possui outra identidade e deixou sua família para trás com a promessa de ajudar outros como ele, de dar um propósito a perda de sua amiga Jen.
Ele vai para um colégio para garotos onde terá a oportunidade de se misturar e ter um futuro; lá ele passa a ser Lee Grant; essa identidade lhe foi concedida pela própria família do verdadeiro Lee, pois o menino faleceu e os mesmos, mesmo não querendo fazer parte de nada com relação a Lee, resolvem fazer essa boa ação!

Nessa escola Lee tem um impulso enorme de realmente aprender coisas que ele jamais imaginou que pudessem existir, porém a mesma não é lá muito comum já que seus alunos são estranhos, os professores parecem não estar nem aí para nenhum deles, já que são um tanto quanto desinteressados com relação ao que se passa. Lee/Lucas acaba sendo perseguido por outro aluno, que o incomoda constantemente.. A Escola não possui janelas o que chama a atenção de Lee/Lucas e em dado momento ele descobre uma porta para o bosque que tem ao redor da mesma, com isso ele passa a fugir para lá, já que não se sente confortável dentro da escola. Ele pretende fazer do bosque seu novo lar; um lugar onde passa o tempo, e até mesmo faz uma horta. Mas em uma de suas escapadas descobre sua horta destruída o que lhe dá coragem para investigar quem cometeu tal ato. 

Nisso ele descobre um grupo de jovens como ele, que parecem estar reunidos para achar uma forma de se verem livres de suas prisões invisíveis e poderem ser quem realmente são.. Mas claro, nem tudo é o que parece e Lee/Lucas descobre que nem todos são o que dizem ser e possuem a intenção que aparentam! E é aí que ele precisará seguir seus instintos e fazer o que for necessário para se permanecer seguro e todos aqueles que o cercam! 

Terá Lee/Lucas a força necessária para enfrentar os perigos que se apresentam? E quando ele percebe que tem muito mais por trás das aparências ele precisará tomar decisões e arcar com suas consequências!

A leitura flui rápida e interessante a cada virada de página e assim como no volume anterior, continuo curiosa para saber o que virá a seguir, se "Os Filhos das Sombras" conseguirão existir e ser eles mesmos!
Lee/Lucas é um personagem cativante que nos faz ter vontade de estender as mãos e ajudá-lo em sua difícil jornada por um mundo tão injusto e novo.





17 comentários:

  1. Oi Karini, fiquei curiosa também!
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. É uma série bem grande, já ouvi falar hahaha
    Achei interessante essa negócio de dupla identidade, mas teria que ler os primeiros para pode entender.
    Mas gostei :)

    ResponderExcluir
  3. Karini!
    Lucas deve ter muito trabalho pela frente para identificar quem é ou não realmente o que fala. E aí vale a intuição, né?
    Uma semana tranquila, carregada de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não tenho muito interesse na série... parece ser boa mas não chama minha atenção.

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bom?
    Eu já tinha ouvido falar do primeiro livro, mas esse ainda não sabia, gostei da resenha, mas não pretendo ler o livro por enquanto, quem sabe mais para frente.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  6. Não conheço a série, pra dizer a verdade. Esta série parece ser bem juvenil, e pra ser sincera, não tenho lido muitos livros neste estilo, mas gosto muito. Que bom saber que o Lucas é um personagem carismático, é muito ruim quando temos um protagonista chato, que não conseguimos simpatizar rsrs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi! Não tinha ouvido falar desse livro e nem dos outros, mas estou com um pé atrás porque ambiente escolar me recorda a muitos outros livros, que a mesma proposta de desvendar o mistério que ronda aquele colégio. Eu já estou um pouco cansada desse tipo de leitura. Mas o que me animou é que o mistério maior está em torno dele, da procura por ser "alguém".

    ResponderExcluir
  8. Oi Karini,
    Não conhecia essa série. Essa escola é muito estranha haha, por hora não pretendo lê-la.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  9. Quantos livros tem essa série Karini?
    Achei interessante o enredo desse segundo livro, mostra um Lucas/Lee descobrindo mais coisas né. To bem curiosa quanto a história.

    ResponderExcluir
  10. Nossa quanto mistério! Fiquei sim muito curiosa, pena que o livro é bem pequeno, só 144 páginas é pouco pra uma leitora curiosa como eu. O Lucas é tao novinho, ainda uma criança e ter que viver como um fugitivo.

    ResponderExcluir
  11. Uau, desde criança viver fugindo não deve ser legal, alias de idade nenhuma, mas que criança nos chama mais a atenção. Muito cheio de mistérios este livro, gostei dele.

    ResponderExcluir
  12. Uau, desde criança viver fugindo não deve ser legal, alias de idade nenhuma, mas que criança nos chama mais a atenção. Muito cheio de mistérios este livro, gostei dele.

    ResponderExcluir
  13. Uau, desde criança viver fugindo não deve ser legal, alias de idade nenhuma, mas que criança nos chama mais a atenção. Muito cheio de mistérios este livro, gostei dele.

    ResponderExcluir
  14. Adoro livros com mistérios e climas sobrenaturais. Esse livro me despertou interesse, e tem tantas poucas páginas, com certeza tentarei lê-lo.

    ResponderExcluir
  15. Sinceramente, o enredo não me chamou a atenção, e não acho que menos de 150 páginas dê pra faze um bom livro de mistério, então, provavelmente não lerei.

    ResponderExcluir