Resenha || Hora Morta - The Murder Notebooks #1 - Anne Cassidy



Editora: Rocco
Páginas: 320
O sumiço dos pais de dois adolescentes é o fio condutor de Hora morta, primeiro livro da série The Murder Notebooks, da britânica Anne Cassidy, cujas histórias fazem sucesso ao redor do mundo. Como num intrincado quebra-cabeça, a autora prende o leitor numa teia de suspense e conspirações, ação e romance da qual ele não conseguirá sair enquanto não encaixar a última peça. O livro tem todos os atributos de um suspense eletrizante, gênero que tem se destacado como nova aposta do segmento juvenil nas feiras e eventos internacionais do mercado editorial.




Em primeiro lugar a capa me chamou atenção, depois veio à sinopse e quando percebi, precisava do livro! 

Em Hora Morta uma família é desfeita pelo mistério do desaparecimento de Katy e Brandan deixando seus filhos Rose e Josh para trás. Cinco anos se passaram desde o sumiço e os jovens deveriam ter seguido com suas vidas, mas após esse tempo não saber o que aconteceu aos seus pais é no mínimo angustiante. Josh ainda tem esperanças de saber mais sobre o desaparecimento de seu pai e de Katy e cria sites sobre isso com intuito de obter algum tipo de informação. Já Rose, acredita que eles estão mortos e que saber a verdade não irá trazê-los de volta. De certa maneira ela se conformou com a atual situação de que eles não estavam mais ali. Ambos perderam contato por cinco anos, já que Josh foi morar com um tio e Rose com sua avó fria e reservada. Anna (avó de Rose) proibiu a neta de ter qualquer contato com Josh e vive controlando seus passos o máximo que pode. Anna inclusive colocou Rose em um internato por um longo período, só recebendo Rose de volta, quando a mesma insistiu que seria melhor para se preparar para o futuro acadêmico. Mesmo com sua avó (rica) insistindo para que Rose fosse para um colégio particular, Rose não aceita e vai para um colégio público local, pois acredita que isso lhe traga alguma normalidade ou aproxime-se ao máximo da vida que teria antes do sumiço de sua mãe. Mas não é o que acontece, pois Rose é ignorada e até sofre agressões verbais de alguns colegas que a acham metida, riquinha e etc. Porém em dado momento, Rose retorna o contato com Josh e marca de encontra-lo pela primeira vez desde que foram forçados a seguir cada um seu caminho. Mas no caminho para esse encontro um jovem de sua escola, começa a importuná-la no metrô onde é fatalmente ferido por uma pessoa misteriosa que discute com ele na plataforma superior onde está Rose. Isso marca o primeiro de muitos mistérios que irão surgir, pois logo após esse fato, uma garota de sua escola também é morta.. E Rose se vê cada vez mais envolvida na situação e responsável de alguma forma por fazer mais, pois acredita que a polícia não está se esforçando o suficiente.

Enquanto isso, Josh encontra pistas sobre seu pai e a mãe de Rose e quer a todo custo investigar para saber o que realmente aconteceu e poder seguir em paz de alguma forma.
Josh e Rose são irmãos de criação, seus pais se apaixonaram e todos foram viver como uma família, com sonhos, planos e desejos interrompidos.. 

A história é fluída e prende o leitor pelo mistério a cerca das mortes e motivações; apesar dos personagens adolescentes; coisa que tenho tentado evitar ultimamente; curti muito o enredo e a forma como a autora a desenvolveu. Os mistérios são vários, o bom é que os que envolvem os crimes cometidos contra os alunos da escola onde Rose estuda são desvendados; e Kate e Josh descobrem coisas importantes sobre o desaparecimento de seus pais.. Não é muito, mas é muito mais do que tinham até então!

Hora Morta é o primeiro volume de uma série e eu estou muito ansiosa pela continuação! Adoro o gênero e comecei janeiro com bons livros! Capa e diagramação estão ótimas, encontrei alguns erros na revisão, mas nada que fosse muito incômodo! 
A leitura flui de forma rápida, li em uma madrugada e os mistérios desvendados nos deixa ainda mais intrigados e ansiosos pela continuação!

4 comentários:

  1. Oi Karini, gosto muito deste gênero literário, mas não vou ler por enquanto, como é série, vou esperar sair mais alguns volumes para ler de uma tacada. Estou preferindo fazer assim agora.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Olá Karini,
    a capa chama a atenção mesmo, achei muito linda! E a sinopse também é ótima.
    Anna, a avó de Rose, já me deixou irritada só com a resenha u.u. Não gostei dela!
    Mas o livro traz suspense e mistérios, que são ótimos juntos :D
    Você leu esse livro super rápido ein?
    Fiquei curiosa, adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Karini. Adorei a resenha. Adoro suspenses e esse parece ser muito bom, fiquei bem curiosa pra saber o que aconteceu com os pais desses dois. Já tinha visto o livro por aí e ja tinha vontade de ler, agora só aumentou.

    ResponderExcluir
  4. Oi Karini !
    Achei bem interessante da serie e me deixou bem curiosa amo livros de mistério e quando mais difícil de descobrir melhor fiquei um pouco surpresa de saber que era uma serie eu pensei que seria um livro só mas vou dar um olhada no livro pra ver se gosto!!!

    ResponderExcluir