Resenha || Sol e Tormenta - Trilogia Grisha #2 - Leigh Bardugo


Editora: Gutenberg
Páginas: 368

Perseguida ao longo do Mar Real e aterrorizada pela memória dos que se foram, Alina Starkov tenta levar uma vida normal com Maly em uma terra desconhecida, enquanto mantém em segredo sua identidade como Conjuradora do Sol. Mas ela não pode ocultar seu passado e nem evitar seu destino por muito mais tempo. Ressurgido de dentro da Dobra das Sombras, o Darkling retorna com um aterrorizante e novo poder e um plano que irá testar todos os limites da natureza.
Contando com a ajuda e com os ardis de um admirável e excêntrico corsário, Alina retorna ao país que abandonou, determinada a combater as forças que se reúnem contra Ravka. Mas enquanto seus poderes aumentam, ela se deixa envolver pelas artimanhas do Darkling e sua magia proibida, e se distancia cada vez mais de Maly. Ela será então obrigada a fazer a escolha mais difícil de sua vida: ter sua pátria, seu poder e o amor que ela sempre pensou ser seu porto-seguro ou arriscar perder tudo na tormenta que se aproxima.


Sol e Tormenta é o segundo volume da trilogia Grisha que teve início com Sombra e Ossos - Leia a Resenha AQUI!

Este volume é eletrizante e podemos ver uma Alina modificada, apesar de ainda insegura quanto aos seus poderes ela passa a perceber que quando o Darkling disse que ela iria pouco a pouco ansiar por mais poder, era a mais plena verdade!

Alina e Maly estão foragidos após o acontecimento na Dobra e a destruição de uma cidade inteira que culminou na morte de vários inocentes; isso assombra Alina, que se sente culpada e também responsável pelo mal infringido pelo Darkling, pois afinal, mais uma vez ela permitiu-se ser usada por ele sem lutar! Apesar dos esforços constantes de Alina para voltar a ser quem era antes de ter se tornado uma Grisha, isso não parece possível, pois por mais que ela tenha Maly, as coisas jamais serão como antes! Afinal, não se pode mudar quem você é! Mesmo assim ela parece manter-se firme sem usar o seu poder (o que lhe cobra um preço, já que parece estar definhando pela falta de uso do mesmo), até que o Darkling aparece ainda mais forte que antes, com poderes ainda mais obscuros e a obriga a segui-lo mais uma vez através de um navio baleeiro onde mais tarde descobre-se que estão caçando o Açoite do Mar que poderá dar ainda mais poder a Alina. 
Esse navio pertence ao corsário Sturmhond, que mais tarde iremos descobrir ser uma pessoa extremamente importante na trama e na história de Ravka!
Além disso, as pessoas em Ravka estão chamando Alina de Santa, o que irá arrastar uma enorme multidão de fiéis e fanáticos por onde Alina passar!

Eu estou cada vez mais encantada com esse mundo criado pela Bardugo e não vejo a hora de por as mãos no último volume, Ruína e Ascensão.

Os personagens novos, trazidos por Bardugo a este volume acrescentaram grande importância à trama e tornaram as coisas ainda mais interessantes! E me chamem de louca, mas mesmo sabendo quem é o Darkling e do que ele é capaz, eu não consigo deixar de gostar dele e torcer por uma redenção, como sua própria mãe um dia acreditou ser capaz! O que fazer se amo um bom vilão?!

Maly e Alina pareceram que iam viver uma grande paixão, mas as coisas não são bem assim, apesar de apaixonados, Alina tem um futuro irreversível pela frente, ela não pode simplesmente abrir mão de seu poder, mesmo que pudesse, ela parece estar decidida que isso jamais iria acontecer, o que causa um grande precipício entre ela e Maly, que se sente rejeitado e posto de lado em inúmeras situações! 

Mesmo que negue até a morte, Alina sente-se atraída pelo Drakling, eles realmente possuem uma ligação e essa ligação vai além do colar que Alina usa!

Gente, para os fãs de história de aventura e magia, recomendo esta trilogia, que é muito bem desenvolvida e está caminhando para um desfecho eletrizante!



4 comentários:

  1. Oi Karini!!! Pretendo ler essa trilogia o mais breve possivel, pois voce conseguiu me deixar extremamente curiosa!!!kkkkkk Adoro esse tipo de tema!! (Adoro ler fato)kkkkkk

    Bjsssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Olá Karini,
    o segundo livro me pareceu ainda melhor que o primeiro!
    Ok, prevejo eu amando esse vilão Darkling, mas mesmo assim senti um pouco de pena de Maly :/
    Trilogia recomendada para os fãs de aventura e magia? Opa, estou dentro ;D
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que bom que a história continua boa, me pareceu até melhor que o primeiro, mais ação *-*

    ResponderExcluir
  4. Oi Karini !!
    Esse e uma serie que eu conheci aqui em ser blog e amei simplesmente me apaixonei pela serie assim que vi consegui emprestado e ja estou lendo e adorei a Alina seu crescimento, sua necessidade de achar um lar e principalmente seus sentimentos pelo Maly assim que termina de ler pretendo começar a ler Sol e Tormenta!!!

    ResponderExcluir