Resenha || O Baile de Máscaras - Blue Bloods #2 - Melissa de la Cruz


Editora: ID
Páginas: 335
Schuyler Van Alen deseja uma explicação para as mortes misteriosas de jovens vampiros. Ao lado de Oliver, ela viaja a Itália na esperança de encontrar seu avô, o único homem que pode ajudá-la a encontrar as respostas. Entretanto, de volta a Nova York, todas as atenções estão voltadas para o Baile dos Quatrocentos, uma festa exclusiva em que jovens Blue Bloods – entre eles, os gêmeos Jack e Mimi Force – serão apresentados à sociedade dos vampiros. O Baile de Máscaras preparado por Mimi, por sua vez, irá desviar o foco de Schuyler para outros problemas mais urgentes – como as complicações de sua natureza meio humana, meio Blue Blood e a paixão de Jack – e lançá-la em outro mistério que, por trás de uma máscara, colocará a sua vida e a de outros Blue Bloods em risco.

Este é o segundo volume da Série Blue Bloods de Melissa de la Cru.
Quem ainda não leu a resenha anterior, poderá fazer clicando AQUI!

Temos mais ação e o cerco em torno de alguns personagens estão se fechando revelando paixões e muita adrenalina em torno dos Silver Bloods e das mortes que vem ocorrendo.
Schuyler vai para Veneza como sugestão de sua avó Cordélia que terminou seu ciclo forçadamente pelas mãos de um Silver Blood, mas a tempo de ter seu sangue preservado para o próximo ciclo. Claro que seu fiel escudeiro Oliver acompanha Schuyler nessa viagem e lá infelizmente ela não encontra as respostas que procura, mas fica intrigada por ver sua mãe Allegra, ou ao menos é isso que ela imagina, correndo por lá, mesmo tentando alcançá-la acaba sendo em vão. Infelizmente também não consegue encontrar seu avô, afinal esse era o propósito da viagem. Mas de certa forma começa a reparar um pouco mais em seu amigo de sempre e conduto Oliver.
Ao retornarem para casa Schuyler participa do Baile dos Quatrocentos e após o baile há uma festa armada por Mimi para "animar" as coisas, a festa é um baile de máscaras e lá Schuyler é beijada por um menino que não tem certeza quem possa ser; em seu íntimo espera que tenha sido Jack,  mas pode também ter sido o garoto novo ou mesmo seu amigo Oliver.. 

O que muda de fato tudo, é que seu avô resolve voltar a Veneza e sacudir a poeira, destronando Charles Force e provando a existência dos Silver Bloods como sempre dissera que ainda existiam.. Assim como ajuda Schuyler a se conhecer melhor; usar seus poderes e outras coisas relacionadas a sua história. 

Não é segredo nenhum que os gêmeos Force estão destinados um ao outro, porém Jack possui uma atração por Schuyler, assim como possuía por Allegra e isso deixa Mimi louca e a mesma acaba mais enlouquecida que nunca e resolve brincar com as trevas com intenção de eliminar Schuyler de uma vez por todas.. Mas o tiro sai pela culatra e Mimi acaba sendo salva por nada mais nada menos que Schuyler. 

Bliss também é uma personagem ativa nesse volume, assim como no outro, e algo demonstra que há mais por detrás de sua história, então acredito que todos irão ficar surpresos com o que vem  seguir. A paixão de Bliss parece ter se tornado um Silver Blood, será? O novo garoto que aparece, Kingsley é misterioso e também não parece se importar muito com as regras do conclave.. será? Ele esconde muito e quando é revelado muitos ao seu redor ficam realmente surpresos!

Bom, neste volume Schuyler começa a compreender mais sobre os Blue Bloods, Silver Bloods e todo o mundo que a cerca, já que antes tudo isso para ela era inexistente, afinal, ela era humana, ou assim pensava. Vem a necessidade de ela se alimentar, ou seja, praticar o tal beijo mencionado desde o primeiro volume.. por Schuyler ser mestiça, ela enfraquece rápido ao exercitar seus poderes podendo a entrar em coma como sua mãe.

Bom.. Tem muita coisa nesse volume e espero que a minha resenha tenha instigado um pouco vocês sem revelar demais! rsrs

12 comentários:

  1. Oi! Aguçou a minha curiosidade sobre a série, logo quando vi a capa imaginei que era a continuação do outro já resenhado, mais uma capa chamativa e linda. Estou achando ainda mais misterioso o mundo que a autora criou, nunca pudi associar outra raça que pudesse deter os vampiros. Ao começar por um baile de máscara me fascinou, acho que é uma festa misteriosa e sensual, se o plano da autora era de colocar esses dois itens acabou acertando.

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus.

    Não sei se leio a resenha toda ou não. Mas no fim me decidi por não. Porque eu realmente fiquei interessada nessa serie de livros. Realmente tu aguçou a minha curiosidade a respeito, mulher. Gosto de saber que tem mais ação nesse exemplar e acabei lendo a respeito de uma mulher que não é humana e o tal de "beijo". Assim não dá, não posso comprar nada agora. =/'

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bom?
    Gostei da resenha, estou curiosa para ler essa série, parece ser muito boa, as capas são lindas, e eu curto muito o gênero, espero gostar do livro.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  4. Contendo mais ação no segundo volume, me deixou mais ansiosa para poder conhecer. Ainda mais com as mortes acontecendo em torno deles. Parece também que não teve propósito a viagem, não acabou encontrando o avô. A pessoa é beijada e nem sabe por quem? Jesus Christ!. O romance entre os personagens é complicado, ainda mais com incertezas e as atrações de Mimi. A autora parece ter desenvolvido bem os personagens e também secundários. E também começa a se aprofundar mais nos vampiros e mostrar mais sobre eles. Espero poder ler, como disse, amei a 1° e também agora a 2° capa.
    Abraços Karini,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
  5. Claro que instigou Karini, nossa, to querendo muito ler essa série já! Me encantei com essa capa também.

    ResponderExcluir
  6. Curto muito histórias com vampiros e essa parece mesmo ser ótima, essa resenha desse segundo livro me deixou ainda mais interessada em conferi essa série.

    ResponderExcluir
  7. Muito boa a resenha me deixou ainda mais curiosa eu ainda não comecei ler o primeiro livro da serie mas espero em 2015 conseguir começar a ler!!!

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    O livro parece ser maravilhoso, porém não fiquei nenhum pouco interessada, apesar de parecer uma leitura agradavel e fluida.

    ResponderExcluir
  9. Oii :D
    Acho que a Schuyler vai ser uma protagonista que vai me surpreender, nas primeiras resenhas que li do livro não tinha gostado tanto dela, mas to mudando de idéia ..
    Você realmente me deixou bem curiosa .. Pelo que vi a leitura vai fluir bem rápido com essa série. Fora que só de te-las na prateleira seria maravilhoso!
    Bj :*

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler essa série, pois adoro o tema e as sinopses me interessaram muito, sem contar as suas resenhas que deixam a gente com os dedos coçando de vontade de pegar no livro!!!kkkkkkk

    Bjsssssssss

    ResponderExcluir
  11. Que capa linda.
    Vou ler em breve tb rss

    ResponderExcluir
  12. Amo livros de vampiros e depois de ler a sua resenha fiquei bem curiosa para saber como se desenrola a trama.
    Parabéns pelo blog!

    Beijos!
    Viviane Gonçalves
    vsg_caue@hotmail.com

    ResponderExcluir