Resenha || Mascarados - A Verdadeira História dos Adeptos da Tática Black Bloc História Agora # 12


Editora: Geração Editorial
Páginas: 336
A verdadeira história de como e porque os black blocs invadiram as ruas e o que isso significa para o Brasil. Uma invasão inusitada surpreendeu São Paulo em junho de 2013: misturados aos ingênuos manifestantes que reclamavam de tarifas de transportes, mascarados quebravam portas de bancos e enfrentavam com violência a própria polícia. Quem eram eles? "Mascarados - A Verdadeira História dos Adeptos da Tática Black Bloc" leva o leitor para dentro das manifestações que tiraram o sono das autoridades do Brasil. Além disso, desmistifica os (pre) conceitos que surgiram desde as primeiras cenas de violência. Preconceitos reforçados pelo noticiário quase sempre parcial e focado na espetacularização da notícia. Com entrevistas de ativistas, realizadas no calor das manifestações, a pesquisadora, socióloga e professora da Unifesp Esther Solano Gallego entrou no mundo, na cabeça e no cotidiano dos jovens protagonistas das cenas de selvageria que assustaram a cidade. Desse contato merge a visão que os adeptos do Black Bloc têm de nosso país, da sociedade, das autoridades e de si mesmos. A pesquisa é reforçada pela narrativa do jornalista Bruno Paes Manso, que relata como passou a entender o raciocínio desse grupo ao longo da cobertura jornalística feita para o jornal "O Estado de S. Paulo". Na terceira e quarta partes, por meio de diferentes relatos dados ao jornalista Willian Novaes, o livro dá a palavra a adeptos da tática que mostram as origens distintas dos membros do Black Bloc e, também, o discurso convergente contra o sistema político-social vigente no país e a versão do coronel da PM que foi agredido pelos mascarados.

 "A realidade, se existe, é um poliedro. As luzes sempre batem
em ângulos diferentes."
pág.9

Um livro que traz diversos fatos ocorridos em São Paulo na época das manifestações que ocorreram no período da Copa do Mundo aqui no Brasil.
Mascarados foi escrito por Esther Solano (cientista social e professora da Universidade Federal de São Paulo), e pelos jornalistas Bruno Paes e Willian Novaes, o livro tem intuito de mostrar quem são os Black Blocs, qual a intenção de seus atos e o que realmente desejam.

O livro é dividido em três partes; na primeira delas Esther Solano nos mostra através de pesquisas de campo realizadas com os adeptos da tática Black Bloc as variavéis decorrentes de suas ações.. Nos fala sobre as atitudes tomadas por parte dos adeptos, a confusão nas ruas, os momentos realmente intensos vividos por essas pessoas e o que eles pensam sobre tudo isso.


"eles não estão sós: são uma superfície emersa, ainda que 
mascarada, da profunda crise na qual se debate a esquerda brasileira."
pág.20 

 
Na segunda parte, temos Bruno Paes, que nos mostra uma visão mais abrangente e jornalística percebendo o estado de espírito das pessoas que observavam tais movimentos,

"Hora do rush no Minhocão travado.. 
Horas extras no trabalho que não serão pagas..
Dia 6 de junho de 2013.. Eu e meu mau humor seguíamos
dentro do carro a caminho de uma manifestação do 
Movimento Passe Livre (MPL). Eu achava que a história não daria 
em nada, enquanto dava uma longa bufada e batia os dedos no vidro.
Desânimo completo, mas de repente, o trânsito para por completo.
Alguns garotos passam correndo ao meu lado, tapando a boca com a camisa.
A polícia está jogando bombas de efeito  moral no Shopping Paulista.. É o que
eles me contam quando abaixo o vidro. É mais rápido descer e sair correndo pela 
calçada.. Quem diria que aquele fim de tarde aborrecido e sem perspectiva viraria
um capítulo para entrar na história política e social do Brasil?"
pág.143

Na terceira parte escrita por Willian Novaes ele nos mostra de uma forma mais intimista os perfis daqueles que praticaram as ações, seu dia a dia, motivações, o que está por trás das ações de indivíduos, tentando de maneira coesa com todo o conteúdo explicar detalhes até então desconhecidos por nós!

"Num ano funk, rolezinhos, pegação e uma angústia gigantesca dentro
do peito. No outro, a afirmação, o descobrimento de um novo mundo
e uma sequência acelerada de acontecimentos num ritmo alucinante. Essa
foi a transformação vivida por um dos principais radicais do movimento 
Black Bloc, que aterrorizavam os políticos brasileiros com protestos 
marcados por "ações diretas" e pela estratégia de convocar novos companheiros
para a hora de "morfar" nos últimos meses. Podemos dizer que está sendo assim 
a vida do jovem Cris (nome fictício), de vinte e um anos, morador de uma das favelas
mais violentas da Brasilândia, na periferia da zona Norte da capital paulista."
pág.193

O livro é para lá de interessante e a meu ver deveria ser leitura obrigatória de todos os brasileiros, que assim como eu, anseiam mudanças no quadro político do Brasil. Que anseia por melhores condições para toda uma população cansada e sofrida.

Todo o livro está muito bem escrito, com ilustrações fantásticas dos momentos tensos vividos por aqueles que buscaram seus ideais!
Vi que o livro foi censurado, por acreditarem ser conteúdo que incita a violência; eu particularmente não vi dessa forma.. Vi como um conteúdo para absorvermos e conhecermos o lado do movimento Black Bloc, pois na época das manifestações, víamos muitas vezes o lado manipulado de alguns telejornais, que nos informa apenas o que era pertinente ou autorizado!
Realmente a mídia mostrou o movimento Black Bloc, muitas vezes, como uma forma de promover a violência e caos, e ao ler esse livro percebi, mais uma vez, o quão manipuladores podem ser aqueles que passam as informações. O movimento visa lutar pelos seus ideais e não de forma brutal, eles possuem toda uma tradição de reflexão que pensa na forma adequada de promover mudanças sociais. Claro que muitas das vezes foram vistas ações violentas, mas no intuito de lutar contra a violência, roubo, e descaso que sofremos diariamente por parte daqueles que deveriam promover melhoras no nosso país e melhores condições para todos nós!
A questão Black Blocs vai além do que fui capaz de por em palavras, por isso eu realmente recomendo a leitura do livro para melhor entendimento.


Quem quiser adquirir seu exemplar, fiz a pesquisa no Buscapé que mostra várias lojas e preços bem baixos para o trabalho que o mesmo teve em relação a diagramação, papel, ilustrações e etc.


Sei que o assunto não é de constante debate aqui no blog, mas foi realmente instrutivo ler Mascarados e seria ainda mais bacana ter a opinião de vocês leitores para um debate sobre o ponto de vista de cada um, afinal, estamos falando do nosso Brasil, dos nossos políticos e de momentos intensos e que marcaram nossa história.. não momentos passados e sim, momentos que acompanhamos pessoalmente (alguns) e pela internet e tv (outros).

21 comentários:

  1. Olá, Karini.

    Desde que vi o lançamento desse livro não me senti interessada pelo seu conteúdo. Que bom que você curtiu a leitura, mas essa eu passo. Parabéns pela resenha.
    Acho que esse momento foi muito importante para o Brasil, mas na hora das eleições nada mudou. Eu realmente não entendo essa parte. Porque tanta garra pra manifestar e na hora de votar tudo igual. Tenso.
    Paradise Books BR

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes penso um pouco assim também. Infelizmente ainda não é uma grande quantidade suficiente para mudança. Mas espero que um dia seja!
      Pelos meus filhos e pelos filhos deles!

      Excluir
  2. Ema mudança no Brasil se mostra necessária mesmo, do jeito que tá não dá. O livro com certeza é excelente por abordar isso e infelizmente foi censurado por pessoas que não conseguem ver a importância de seu conteúdo. Só acho uma pena toda as manifestações terem acabado e tudo mais, não vemos mais se falar em Black Bock nem nada. Me deu a impressão que foi coisa de momento e já passou. O povo precisava desse gás de novo pra cobrar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nathalia, pelo que soube, não acabou não.
      Ainda há manifestações, não na mesma proporção..

      Mas o livro em si, não está ali para mudanças e sim para nos mostrar a verdade do que ocorreu, o que de fato é o movimento, pois em alguns momentos na mídia tentaram deturpar quem são e a que vieram!

      Excluir
  3. O livro realmente não faz meu tipo de leitura favorita. Mas acho muito importante o tema abordado nele e a explicação desses movimentos no país. Espero talvez, um dia, poder conhecer o livro, mas no momento eu não compraria =)
    Abraços Karini,
    ThayQ.
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo. Eu também não o compraria em um primeiro momento. Mas após leitura, inclusive já disse ao meu filho que espero que um dia ele leia, hoje não, pois ainda é novo demais para compreender tais fatos e situação. Mas acho que é uma leitura obrigatória para todo brasileiro que acredita que algo um dia possa vir a mudar!

      Excluir
  4. Oi Karini,
    parece que você gostou bastante do livro né?! Achei ele interessante, eu gostaria de saber quem são os Black Blocs e o que realmente desejam. A terceira parte me pareceu a mais legal...
    Não é um suuper desejado, mas quem sabe mais pra frente eu leia :)
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que em algum momento possa ler Vanessa, como brasileira.. achei a leitura totalmente interessante, por se tratar da história de nosso país e principalmente por ter vivido esse momento de certa maneira!

      Excluir
  5. Oi, tudo bom?
    É a primeira vez que vejo uma resenha do livro, achei ele super interessante, não faz muito o meu tipo, mas sempre é bom ter conhecimento, espero ter a oportunidade de ler ele.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, também não é meu estilo. Leio mais ficção, porém me deparar com algo real e que faz parte da história do nosso país foi interessante, pois pude conhecer um lado que eu sequer imaginava.. pois só vi o que a mídia mostrou e o livro mostro outro lado da moeda!

      Excluir
  6. O tema abordado é realmente muito bom, e essa capa é demais! É o tipo de livro que eu gosto.

    http://criativare-leitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi! Uma pena que eu não goste desse estilo, parece ser interessante. Passar a visão deles é muito importante para que possamos entender suas atitudes e o porque. A nossa fora de olhar nos impede de enxergar como o nosso próximo enxerga.

    ResponderExcluir
  8. O tema abordado é bem atual e importante para nos brasileiros, fiquei bastante interessante em ler esse livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo, importante para nós brasileiros!
      Deveria ser leitura obrigatória, por fazer parte da nossa história. Vivemos isso, vimos isso.. através da mídia e conhecer o lado do movimento e das pessoas que lá estiveram foi instrutivo!
      Ainda há de se falar muito nesse movimento!

      Excluir
  9. Oi Karine :D

    Sim, eu concordo que o livro tem um conteúdo enorme, mas acho que fiquei tão de saco cheio com essas manifestações que quando soube desse lançamento eu nem dei muita bola! Pra mim, a única coisa realmente interessante é a visão jornalística, mas não acho que vai ter muita coisa diferente do que já vimos por ai ..

    Bjs :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade tem sim Vitória, pois o que vimos por aí.. na tv e jornais foi apenas o lado geral, da massa ou mídia..
      Com o livro vemos o lado do movimento, das pessoas que realmente fazem parte dele e as motivações, como funciona a mente deles e como reagem e agem para alcançar ou tentar alcançar seus objetivos!

      no meio das manifestações tiveram "n" pessoas e nem todos eram do movimento.
      Então .. uma coisa foram as manifestações e outra o movimento em si, após a leitura do livro, percebi que algumas coisas no processo em que foi relatado pela mídia de certa forma, ficaram de fora, ou foram modificados..

      Mas no geral é sobre o que ocorreu sim!

      Excluir
  10. É tão bom um livro que nos proporciona as perspectivas dos Black Blocs, e ai sim nos iremos saber o real motivo deles terem feito tudo aquilo que fizeram durante as manifestações e outros acontecimentos nos estados Brasileiros.
    Estou super interessada nesse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Sarah, pois os Black Blocs (ou o movimento em si) é algo que faz parte da nossa história e acredito que muita coisa ainda está por vir!

      Excluir
  11. Ainda não tinha visto esse livro ma adorei achei muito interessante eu sempre tive muita curiosidade sobre os Black Blocs e ate que fim um livro pra nos mostras mais sobre eles totalmente devia ser uma leitura obrigatória de todos que querem mudanças!!!

    ResponderExcluir
  12. Lamento apenas esconder-se atras de uma mascara, a mascara esconde o que somos, é uma fantasia. Tenho comigo um pensamento, de que, o movimento black bloc, poderia vir a ser o maior movimento da historia do Brasil, poderia, mas ele causa medo, causa estranheza, causa um caos.

    ResponderExcluir