Resenha || As Crônicas de Bane, Cassandra Clare



Editora: Galera Record
Páginas: 392

Nesta edição ilustrada, são narradas as mais diversas aventuras do feiticeiro imortal Magnus Bane, das aclamada séries de Cassandra Clare. Entre escapadas no Peru e resgates reais na Revolução Francesa, acompanhe fragmentos da vida do enigmático mago ocorridos em diversos países e períodos históricos, com aparições de figuras conhecidas como Clary, Tessa, Will e Alec, personagens de Os Instrumentos Mortais e As Peças Infernais.






"Às vezes, os vampiros cometiam crimes piores do que um assassinato. Eles cometiam crimes contra a moda."

"As Crônicas de Bane" é uma edição ilustrada dos dez contos já publicados anteriormente em e-book, que narram as diversas aventuras do grande feiticeiro do Brooklyn: Magnus Bane.
Os contos são escritos por Cassandra Clare em parceria com Sarah Rees Brennan e Maureen Johnson. Nessa viagem pelas aventuras de Magnus, ainda temos o prazer de reencontrar alguns personagens das séries anteriores como Clary, de Instrumentos Mortais e Tessa, de As Peças Infernais. 

Os contos tratam de fatos já mencionados nas séries anteriores, mas agora temos os detalhes do que realmente aconteceram e como aconteceram. Como por exemplo, o fato de ele ter sido proibido de entrar no Peru ou sua aproximação de Raphael. E tudo fica ainda melhor com a aparição de vários personagens conhecido e todos aqueles que já ouvimos falar, porém nunca tivemos a oportunidade de ler sobre eles.

"- Quando eu começar a flertar garanto que todos saberão, meus flertes criam diabretes."

“- Pare de flertar com o meu marido - disse Tessa.
- Não vou. Mas farei uma breve pausa para podermos colocar os assuntos em dia".

Essa foi uma sacada genial de Cassandra: sanar as curiosidades dos fãs em relação ao que aconteceu na longa vida de imortal de Magnus. Os contos são pequenos e a leitura flui de maneira tal, que o leitor nem percebe que já acabou. Aventuras, ação, comédia e romance é o que você encontrará, com a escrita inigualável de Cassandra e o humor e personalidade marcante de Magnus. Vale a pena conferir e se divertir muito nessa leitura.

"- Deixe-me falar o que eu disse uma vez, em um contexto diferente, para Catarina — a Grande — declarou Magnus: Prezada dama, você não tem condições financeiras de me pagar, e, por favor, deixe aquele cavalo em paz. Boa noite".


12 comentários:

  1. Patrícia!
    A Cassandra é bem criativa em sua forma de escrever e desvendar os segredos na hora certa sobre os fatos e personagens dos livros.
    Não li ainda esse livro, porém achei interessante.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Bane é um gato, uma pena gostar de homens ( no livro claro) *-*
    Adorei por ser ilustrado, e queria saber os furos que ele passou não é? Ele é uma graça e cheio de sarcasmo. Adorei ele, não li ainda, mas quero.
    Abraços Patrícia,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
  3. Olá Patricia,
    Gosto da Cassandra Clare e também gostei desse livro. Livros ilustrados são legais, já é um ponto positivo. Também por aparecer alguns personagens e por trazer aventuras, ação, comédia e romance. Tudo de bom, quero ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. To simplesmente DOIDA por esse livro, necessitando mesmo kkkkk O Magnus sempre foi meu personagem favorito em TMI mas infelizmente eu nunca li os contos quando saíram separados. Agora que fizeram esse livro divo eu to querendo muito.

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bom?
    Eu li somente um livro da autora, e da série Os instrumentos mortais, li somente Cidade dos ossos e curti bastante o livro, apesar de ter visto o filme primeiro e detestado, adorei o Bane, e achei super bacana ter um livro só dele, pretendo ler assim que eu tiver e oportunidade.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  6. Olá, Patricia.

    Já comprei esse livro e estou bem empolgada com a leitura. Adoro os livros da Cassie e tudo que ela lança já saio pra comprar. Queria ter todos com brilho, mas não foi possível. Espero que ela lance logo os próximos livros sobre os ShadowHunters. Em breve leio esses contos.

    Paradise Books BR

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nenhum livro dessa série da Cassandra, parece ser ótima, só vejo falarem super bem dos seus livros, quero muito ler e esse livro também já foi pra lista de leitura.

    ResponderExcluir
  8. Oi Paty!!! ainda não li nenhum dos outros livros de Cassandra Clare, mas pretendo remediar isso muito em breve!!! Adoro o Magnus e quero muito ler este livro, pois deve ter coisas muito interessantes sobre a vida desse feiticeiro incrivel!!!

    Bjssssssss

    ResponderExcluir
  9. OI! Já conheço a série Instrumentos Mortais e não me cativou. Não sei se eu já estava cansada de histórias como essa, mas nem consegui ir até o final. Esse livro me agradou tão menos do que os outros, percebi que é a mesma ideia dos outros, mas para quem é fã da série será maravilhoso esse conto.

    ResponderExcluir
  10. Oi Patrícia :}

    Comprei o meu livro na bienal, e confesso que o coloquei bem na frente da prateleira só pra poder ficar namorando o meu Magnus, rs!
    Pra mim lançar esse livro foi realmente a melhor ideia que a Cassandra Clare teve, afianl o Magnus foi um personagem marcante na série toda e seu sempre fiquei curiosa pra conhecer mais sobre os sentimentos dele em relação ao Alec <3
    E vamos combinar que essa capa é divina não é? rs!
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Sou fã da Cassandra Clare e as ja faz tempo que estou aguardado "As Crônicas de Bane" lançar mas ainda não tive a oportunidade de ler ainda ta na minha lista de leitura pras ferias !!!

    ResponderExcluir
  12. Oie,
    Não sou fã da Clare, até por qur nunca li nenhum de seus livros.
    Depois que vi o filme baseado no primeiro livro Cidade dos Ossos, me deparei com um homem misterioso, porém sexy. Me apaixonei pelo magnus, ele é um amor, apesar de ser um personagem secundário e meio apagado na história.
    Estou bastante interessada, em desfrutar das histórias que Cassandra quer mostrar ao leitor sobre a história do feiticeiro mais gato da série, Magnus Bane.
    A capa ta meio esquisita, mas ainda assim continua linda de morrer.

    ResponderExcluir