Resenha || Onde Deixarei meu Coração - Sarra Manning


Editora: Galera Record
Páginas: 336
Bea acredita que é a mais entediante adolescente do mundo. Aos 17 anos, não é popular, engraçada ou bonita. A única coisa interessante em sua vida é o pai, que a abandonou mesmo antes de ela nascer e agora vive em Paris. Bea recebe um convite para passar as férias em Málaga e com um bônus: pode se afastar da mãe irritante e controladora. Porém, depois de apenas 48 horas na Espanha, ela se flagra mudando o itinerário.Ansiando pela vida parisiense a cada momento de sua apagada existência, ela acaba na cidade luz, à procura do pai que nunca conheceu. No caminho, conhece Toph, um estudante americano mochilando pela Europa e, em vez de achar o pai pelos cafés e boulevards de Paris, ela acaba perdendo um pouco a cabeça. Mas pode encontrar muito mais do que desejava. Pode encontrar a si própria.

"Porque eu não tinha uma vida, eu era monótona. Tudo a meu respeito era sem graça. Eu tinha até o número de sutiã mais sem graça do mundo, tmanho médio. Mas o negócio era que eu não queria fazer o que as outras garotas da minha idade faziam, que era ficar bêbada, dar uns amassos nos garotos e arrumar problemas com os pais. Quero dizer, pra quê? Você só acabava de ressaca, com chupões e sem mesada."

Paris é meu sonho de consumo, me imagino andando por todas aquelas ruas, em seus cafés, admirando a Torre Eiffel e o rio Sena... Sem falar que Paris transborda arte e cultura. Um dia quem sabe eu não esteja escrevendo para o Mix de lá. Agora, imagina minha cara de satisfação quando eu vi esse livro... Sabe aquele olhinho esbugalhado de quando você vê algo que lhe encanta? Foram os meus olhos ao ver esta capa. Então dá para imaginar a minha ansiedade para leitura. 

Onde Deixarei meu Coração” de Sarra Manning, nos conta a historia de Bea, uma menina simples, careta e sem graça... Desculpa mas é assim que ela se enxerga. Agora, imagina o susto que ela toma quando Ruby e seu bando de populares resolvem se interessar por ela e suas opiniões. Isso não passa de uma “bela” pegadinha, certo? Entretanto, surge um convite para passar as férias Málaga, oportunidade perfeita para dar um tempo da família e obrigações. Contudo, Bea se vê mudando de itinerário, a menina decide visitar Paris para encontrar o pai que nunca conheceu. Afinal, a cidade luz pode emprestar um pouco de clareza a um período nebuloso de sua vida familiar. 

"Não quero beijar garotos estranhos em quartos estranhos. Eu quero romance. Quero ser louca por um garoto, e que ele seja louco por mim também, assim, mesmo que a gente acabe cometendo um erro, ele não me abandone num piscar de olhos. Mas romance parece estar tão fora de moda quanto usar um vestido da Primark."


Um romance delicioso, escrito de forma leve e descontraído, nos arranca vários suspiros e nos faz viajar pela linda e inesquecível e romântica cidade da luz: Paris! 
Nessa viagem Bea encontra Jeane uma garota cheia de atitude, bem diferente dela que devida sua criação controladora é bem recatada. Porém, esse recato ou inocência irrita Bea não demora a reagir aos ataques de Ruby, que claro, é uma menina má e cruel. Talvez essa seja a parte mais chata do livro, ver Ruby tripudiar, se fazer de vitima, brincar um carnaval legal sobre Bea. A garota não tem a mínima noção da vida, nunca foi a uma festa, namorou ou saiu da linha e isso complicou demais sua reação sobre a garota, mas enfim isso acontece. Jeane da uma ajudinha neste quesito.

Bem, é obvio que não ficou só nisso, e o melhor eu deixei para agora: Toph!! Ele aparece por volta da metade da trama, mas não deixa de arrancar suspiros e mais suspiros. Lindo, paciente e um doce... Ele é o cara da vez! Parando por aqui para não estragar as surpresas.


Sarra Manning, tem uma escrita adorável, ela nos fez amar e odiar, rir e chorar e se perder completamente em suas páginas. Portanto, “Onde Deixarei meu coração” é um livro encantador e apaixonante.



"Foi como se tivesse acordado de um sono profundo e eu vi o mundo de uma nova maneira. Que eu não precisava mais sonhar porque a vida que estava vivendo era melhor que qualquer coisa que pudesse inventar. E essa vida tinha você nela, Toph." 

26 comentários:

  1. Achei bem fofo e parece ser bem romântico, achei meio clichê o jeito que Bea se ve em si mesma,fiquei curiosa sobre o Toph ♥. Parece ser leve e gostosa a leitura, a capa é uma lindeza só. Mas mesmo assim sempre é bom ter uma leitura mais leve e fofa.
    Beijos Patricia, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  2. fiquei muito curiosa, com uma vontade louca de ler.
    excelente resenha, parabéns!!! tô adorando o blog!!!

    ResponderExcluir
  3. Histórias passadas em Paris sempre tem todo o charme então já estou louca pra saber como vai se desenrolar toda a trama que tem a cidade mais charmosa do mundo, como plano de fundo, amo esses romances leves.

    ResponderExcluir
  4. Achei interessante a história. Me fez lembra de Anna e o beijo francês por também se passar em Paris. Mas um para minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  5. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela capa, título e sinopse, depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa pra conferi essa história apaixonante.

    ResponderExcluir
  6. Provavelmente sou a unica aqui que não é amante de Paris kkkkkkkk.
    A capa é realmente linda e o titulo é apaixonante.
    Fiquei morrendo de curiosidade pra saber se ela encontra o pai dela.

    ResponderExcluir
  7. Aí gente, ameeeeei a arte deste livro, adorei a sinopse, mas depois que li a resenha, fiqueeeeei louca pra ler, parece ser uma estoria leve e bonita, super interessada

    ResponderExcluir
  8. Nossa eu estou louca para ler esse livro, ele me parece ser ótimo, muito lindo e gostoso demais de se ler, adorei a sua resenha, amei o enredo do livro e espero ler ele assim que possível.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  9. Patrícia!
    Um enredo ambientado em Paris é tudo de bom, ainda mais quando há romance e pelo visto, há uma ventura fantástica vivida pela protagonista e gostaria de poder acompanhar tudo que acontece com ela.
    Um final de semana carregadinho de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Aiin achei bem fofo a resenha, imagina o livro, quero muito ler *-*

    ResponderExcluir
  11. Nossa, a Bea é mt parecida comigo! rs

    ResponderExcluir
  12. adoro livros romanticos,a capa desse é muito linda sou apaixonada pela Torre Eiffel e pelas histórias em Paris . quero muitoo ganhar o sorteito haha

    ResponderExcluir
  13. Ultimamente Paris também tem sido um dos meus sonhos de consumo, então é um livro que eu também estou super ansiosa pra ler! Já li muitas resenhas positivas sobre essa história, então a cada dia fico mais curiosa pra saber o desenrolar e principalmente para conhecer o Toph lindo... Parece mesmo ser um daqueles romances que te deixa com um sorrisinho no rosto do início ao fim... Quero muuuuito ler \o/
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  14. Assim que vi essa capa e sabia que precisava ler esse livro, porque confesso que as capas tem um grande peso pra mim, elas as vezes acabam fazendo a diferença.
    Que bom que não só a capa é linda como a história dentro dela também é bem legal. Amei saber que é um livro leve, pois é exatamente esse tipo de leitura que estou precisando no momento. Quero muito conhecer e ver o crescimento de Bea ao longo dos capítulos.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  15. Confesso que desanimei um pouco com esse livro,por ler em algumas resenhas que ele era um pouco juvenil demais,mas essa capa me faz querer ele msm assim kkkk
    Mas suas resenha me deu um pouquinho mais de esperança quanto a ele,espero gostar tbm.
    Bjus

    ResponderExcluir
  16. Meus olhos brilharam quando vi essa capa *-* até eu que não tenho essa vontade louca de ir pra Paris fiquei com vontade de ir rs A história parece ser bem legal, uma grande aventura pra Bea. Espero que ela cresça, aprenda sobre a vida e tudo mais.

    ResponderExcluir
  17. A capa desse livro é muito linda! Tive vontade de ler esse livro quando vi a capa dele na livraria hahaha
    A história dele parece ser super fofa, e os personagens parecem ser ótimos. Eu estou procurando um livro leve pra ler, então devo ler esse mesmo :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Gostei bastante desse livro porem não sou muito fãn de Paris sou mais Londres (♥) mas gostei do enredo criado a proposta d aautora é muito boa (me imaginei no lugar da Bea, *suspira*) enfim ja esta na minha lista.

    ResponderExcluir
  19. Oi Paty, estou namorando este livro desde o seu lançamento. Não sei se gostei mais da sua resenha ou do trecho que você escolheu para finalizá-la.
    Bjs Rose.

    ResponderExcluir
  20. Oi Patty!!! Eu sinceramente não havia me interessado por esse livro, mas agora depois de ler a resenha confesso que fiquei curiosa!!! Vai pra minha lista de leitura!!!

    Bjssssssssss

    ResponderExcluir
  21. Gostei muito da descrição dos personagens principalmente a da Bea e do Ruby que são totalmente dois opostos a historia me parece muito legal mas cheia de superação e evolução da Bea !!!!

    ResponderExcluir
  22. Livros envolvendo personagens adolescentes e seu crescimento sempre trazem algo de bom. Espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  23. Simplesmente me apaixonei pela capa do livro assim que foi anunciada, e essa é a segunda resenha maravilhosa peita para o livro que eu leio e me deixando cada vez mais interessado em ler o livro.

    Xo
    Re.View

    ResponderExcluir
  24. Dos lançamentos da Record de setembro, esse é o livro que eu mais quero ler.A história parece ser bem bonitinha mesmo, e o melhor de tudo é que é em Paris *u*
    Bjss

    ResponderExcluir
  25. Já li o livro. Achei pouco criativa mas é uma história super boa. Bea é muito previsível, só descobre isso depois de ver as coisas de outra maneira quando conhece toph e a liberdade... Toph é incrível. Queria que tivesse mistérios e mais sedução. ..Queria que tivesse continuação sabe, pra poder saber como eles ficam, se ela encontra os outros amigos(os da viagem), enfim deixa a gente com gostinho de" quero mais,muito mais".Bom espero que não tenha falado muito rs... Bjos e divirtam-se.

    ResponderExcluir
  26. Quando vi essa capa linda e a resenha, pronto! Meu coração disparou. Quero muito ler essa história e embora tenha-se comentado aqui que ela seja previsível e clichê (o que muitas vezes não é bom e torna tudo trivial), eu resolvi que vou encarar e ver como me saio. Espero não me decepcionar. Acho que na verdade, criticamos a atitude da Bea por se ver tão inferior porque no fundo vemos sua situação por fora e não achamos que seja verdade que uma garota se veja assim. Ou talvez seja porque queremos quebrar a realidade com uma ficção que corresponda a tudo que queríamos ser mas no fundo não conseguimos superar. É uma boa reflexão trabalhar isso dentro de nós. Beijos, gente.

    ResponderExcluir