Resenha Nacional II Mansion Rouge - O primeiro amor é sempre agridoce - Andréa Titericz



Editora Literata, Edição 01
A vida de Anna Moore sempre fora muito pragmática, a objetividade e eficiência eram as únicas coisas que importavam. Nada poderia abalar o mundo totalmente estruturado de Anna Moore, nada, exceto Jorge Rimes. Jorge Rimes era o problema na vida de Anna, mas um homem como este é um problema na vida de qualquer mulher que o cerque. Arrogante, inteligente e acima de tudo extremamente sexy, desestruturar corações era uma hobby do qual Jorge muito se orgulhava até que Anna abalou o seu mundo. Anna e Jorge viviam vidas com caminhos totalmente distintos até que um casamento frustrado, o despertar sexual, Mansion Rouge e um ninho de mentiras os colocam mais próximos do que poderiam imaginar. Entretanto um obstáculo surgiu que eles não esperavam... O amor! E este sentimento desconhecido tirou a sanidade da fria e objetiva Anna e derrubou o cinismo do descarado Jorge, perturbando suas vidas e sendo posto a prova pelo sabor amargo de traumas, segredos e mentiras. Será que a doce paixão que os consumia, seria suficiente para vencer todas as barreiras? Uma relação conturbada com emoções a flor da pele... Nada muito doce, muito menos azedo, simplesmente agridoce. 

Anna é uma mulher que sofreu com o abandono de sua mãe quando pequena. Ela foi criada por um pai gentil, porém um homem que não sabia expressar o seu carinho. Seu pai trabalha na residência do seu padrinho. Richard Oshan, seu querido padrinho, a incentivou a estudar e é dono da redes de hotéis Kingstone, onde Anna é uma das diretoras executivas.

No trabalho ela é vista como uma pessoa fria e impessoal, que ergue muralhas e não deixa ninguém ultrapassá-las. A situação piora quando seu padrinho se casa e seu enteado Jorge Rimes vai trabalhar por lá.
A química entre os dois é inegável, mas Anna teve um encontro anterior nada agradável com Jorge antes de serem oficialmente apresentados. Tudo que ela sabe é que Jorge é um conquistador, capaz de flertar com qualquer coisa que se mova, mesmo estando acompanhando. 
Jorge por sua vez, faz de tudo para tirar Anna do sério. Fala coisas cruéis, perturba-a o tempo todo e ainda  sim a deseja de modo enlouquecedor. 
Anna não vai ceder a essa tensão sexual, pois pode arruinar tudo o que ela construiu. Acontece que uma assistente muito especial irá apresentar a ela Mansion Rouge, uma casa onde os prazeres sexuais não são julgados. 

Entre disfarces e fantasias, Jorge e Anna irão perceber que foram feitos um para o outro....
Os protagonistas são inteligentes, fortes e envolventes. Enquanto Anna faz o tipo mais centrada e ainda está explorando a sua sexualidade, Jorge é aquele cara bonito e carismático que faz com que as calcinhas ao seu redor caiam automaticamente.
Além de uma dupla de protagonistas forte, a autora resolveu investir em mais histórias paralelas que enriqueceram demais o livro, como a história da mãe de Anna, a Jane Mac Rae (mulher detestável por sinal), e também conta a história de Marla, a assistente de Anna e de seu pai e o real motivo do abandono.
Esses personagens considerados secundários ampliam ainda mais a gama dos sentimentos que o leitor tem ao ler esse livro. É um livro engraçado, sexy, com muita sensualidade e cenas extremamente calientes, com diálogos explícitos, mas também fala de companheirismo, de solidão e da vontade inerente do ser humano de não querer viver isolado.

A própria Mansion Rouge se torna um personagem, com as histórias sussurradas, as cenas descritas e a sexualidade que exala das paredes desse local tão pecaminoso.
Para os fãs do gênero, esse livro é uma ótima sugestão de leitura!

13 comentários:

  1. Obrigada Carol!!!!
    Adorei a visão que teve sobre o livro!!!! Resenha linda!!!!
    Beijinhos no <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andréa, que bom que gostou da resenha, fico feliz!
      Bjkas

      Excluir
  2. Oi Carol!
    Não costumo ler livros desse gênero, pelo título imaginei algo diferente... Parece ser uma opção ótima para quem gosta de livros hot.
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Evelise, tudo bem?
      Se você tiver interesse em ler algo do gênero adulto, com certeza "Mansion Rouge" é uma ótima opção ;)
      Bjkas

      Excluir
  3. Nossa parece ser um livro muito bom, um hot com conteúdo. Fiquei bem curiosa com a Mansion Rouge

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathalia, tudo bem?
      É um livro muito bom mesmo, vale a pena conferir.
      Bjkas

      Excluir
  4. Estou louca pra ler este. P.S.: Logo mais o lerei. \o

    http://simonepesci.blogspot.com.br/

    http://eoceoi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simone, tudo bem?
      Quando realizar a leitura, venha nos dar a sua opinião sobre o livro. Adoraríamos saber o que achou de "Mansion Rouge".
      Bjkas

      Excluir
  5. Carol!
    Achei o enredo bem atrativo e forte. Conflitos, descobertas e claro, sexo.
    A capa é bem sensual.
    Gostei!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Rudy!
      O livro é ótimo mesmo e a capa realmente é sensual ;)
      Bjkas

      Excluir
  6. Anna parece ser uma personagem bem solitária, ainda mais na infância, e sempre é assim, pessoas que sofreram disso ficam frias e não levam ninguém mais para o seu lado íntimo... e realmente criaram muralhas que quase nada atravessam, e como sempre a protagonista quer lutar contra o desejo do homem sexy.
    Beijos Carol, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  7. Eu ja tinha ouvindo falar desse livro e tinha ficando curiosa para ler agora estou mais, achei os personagens muito intrigantes principalmente a Anna ..........

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol!! Ainda não li nada da Andréa, mas ja me falaram muito bem dela e estou muito curiosa pra ler!! Adoro livros hot então tenho quase certeza que vou gostar!!!

    Bjssssssssss

    ResponderExcluir