Resenha Nacional II Érica - Larissa Barros Leal



Editora: Novo Século
Páginas: 272
Moscou. Dois jovens sobrevivem a um duplo atentado que mata quase todos os seus amigos. Cairo. Uma ONG islâmica tenta escapar de uma armadilha, arquitetada por integrantes da Ordem das Doze Tribos de Israel. Washington. Na sede da Ordem, a filha de um funcionário da Casa Branca cai em ciladas para que seu pai colabore com os radicais. Pequim. Um filho procura o pai, há meses desaparecido. Fortaleza. Em uma triste manhã, Érica encontra seus pais mortos... Nessa incrível trama, todas essas histórias se entrelaçam de forma impressionante. E somente Érica, que acaba de descobrir que foi incluída em uma lista negra da Ordem das Doze Tribos de Israel, poderá impedir uma grande desgraça planejada por judeus fundamentalistas, prestes a atingir a todos. 


"Érica" traz uma história de ação e complôs, onde temos jovens atuando como heróis contra uma poderosa organização que acredita na supremacia de sua religião. 
Os capítulos intercalam entre diversos locais no globo e diversos personagens. Cada local tem um protagonista com um papel importante na trama central, então o leitor precisa ficar atento às suas histórias pessoais, seus dramas, suas alegrias e seu cotidiano.

O livro tem um prólogo narrado em terceira pessoa, onde apresenta aos leitores casos de perseguições religiosas que datam de 1400 a. C. A partir desse momento, temos uma jornada que se inicia na Parte 1 do livro, no ano de 2014 e vai até o epílogo, datado de setembro de 2016.

A autora cria a Europol, onde temos agentes jovens, treinados para combater algumas situações que podem causar o caos mundial, como a Ordem das Doze Tribos de Israel. 
Para os leitores que são fãs de livros espiões, ou que sempre sonharam em ser um agente quando eram adolescentes, "Érica" é a indicação ideal.

6 comentários:

  1. Parece ser cheio de tramas o livro, correrias e segredos, e também contendo religião.. uma coisa que não curto muito em livros, mas acho legal a troca de protagonistas.
    Parece ser bem drama, essas coisas de perseguição.
    Me interessei mais pela parte da perseguição, leria o livro sim.
    Beijos ThayQ.

    ResponderExcluir
  2. Olha só. não conhecia o livro. Gostei, vou anotar a dica.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, mas vou acrescentar na minha lista, pois parece ser interessante!! Os autores nacionais estão se destacando cada vez mais e isso é ótimo, pois assim temos muito mais opções de leitura, além da qualidade dos nacionais que aumenta a cada dia!!

    Bjssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Olha, não conhecia esse livro mas fiquei super interessada já. Parece aqueles livros cheios de conspirações e tal. Adorei a capa também.

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha do livro eu ja tinha visto alguas vezes esse livro mas não tinha dado muita boa agora estou doida pra ler ele adoro livros de que tenha tramas e um bom ritmo de leitura .....

    ResponderExcluir
  6. Nossa!
    Achei muito interessante, gosto de livros que abordem temas onde há mistérios, espionagem e religião envolvidos.
    Bem interessante ainda mais porque uma parte passa aqui o Brasil.

    Desejo uma semaninha de muita alegria!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir