Resenha || EmBuscadoAmor.com - Emma Garcia



Bertrand Brasil, 2014, Edição 01
Quando seu noivo, Rob, rompe o noivado pela terceira vez, Viv faz o que qualquer garota faria: procura as respostas para suas angústias no Google. Ao deparar com inúmeras histórias de abandono e sofrimento, ela decide criar seu próprio site de autoajuda para pessoas que tiveram o coração partido. Mas, depois de passar pelos três estágios essenciais do rompimento (negação, vodca e um corte de cabelo desastroso), Viv começa a acreditar que ainda não é tarde demais para tentar – e conseguir – reconquistar Rob. Quando tudo sai de controle, após uma embriagada declaração de amor em um momento extremamente inapropriado, seu melhor amigo – o desajeitado Max, um pinguço movido a tequila – é quem está lá para tentar recolher os pedacinhos que sobraram de Viv e colocar tudo de volta no lugar. Agora – depois de fazer uma gigantesca escolha errada e ganhar um ex-noivo –, ela precisa encarar a seguinte questão: Qual é a maior loucura que você faria por amor?


Nada melhor que um bom chick-lit para acalmar os ânimos não é mesmo? 
Em dias normais, não é o tipo de livro que eu procure de cara.. Mas em dias de TPM e sensibilidade feminina .. ah! Cai como uma luva!

EmBuscadoAmor.com é uma história divertida e um pouco trágica com os tantos "pé na bunda" que as pessoas contam que tomaram no blog da Vivienne. Um livro com um tema bastante atual já que vivemos conectados 24h por dia e hoje se tornou comum até as pessoas "desabafarem" virtualmente. É muito mais fácil encontrar apoio seja em qual situação for, , pela internet, do que conversar com as pessoas do nosso dia a dia que geralmente nos julgam de forma muito mais dura.


Vivienne vive com Rob faz cinco anos e estão noivos, por duas vezes desmarcaram o casamento, por Rob dar para trás, não se sentindo preparado para a situação e tal.. Viv sempre compreensiva.. Mas já é a terceira vez e agora ela acredita que está tudo certo e as coisas irão fluir conforme o planejado. Até que Rob chega em casa e simplesmente cospe mais uma vez que não se sente preparado para se casar. Meio que em choque, Viv decide que precisa dar uma "lição" em Rob e sai da casa dele, esperando que em cerca de um mês ele a procure percebendo a besteira que fez. Só que o tiro sai pela culatra. 
Rob não procura por Viv e quando ela resolve ligar, ele diz que irá a um casamento de amigos em comum acompanhado. Claro que Viv surta! 
Ela não tem acompanhante, não está vestindo 38, não tem um vestido de arrasar e está pirado sem saber como reconquistar seu homem! 
Viv consegue companhia; leva Max, seu melhor amigo, consegue também um vestido lindo e as coisas parecem estar se alinhando.. Mas no dia as coisas não saem como ela planeja e tudo se torna uma grande loucura!
A vida de Viv vira de pernas para o ar.. As coisas no trabalho não vão bem, ela vive deprimida e se lamentando por Rob; as pessoas ao seu redor não demonstram o afeto que ela esperava com sua situação amorosa em frangalhos.. Parece que todos odiavam Rob e acreditam que Viv ficará melhor sem ele, menos a própria Viv!
Ela se apoia em seu blog e a ajuda emocional bem de onde ela menos espera, como de Michel, um colega de trabalho.. E até mesmo de Max, que a surpreende, pois em dado momento eles se envolvem além da amizade e ele confessa amá-la desde sempre!
Quando as coisas parecem estar fluindo para o lado de Viv, ela parece estar aceitando o fato de Rob estar com outra e Max fazer parte de sua vida.. Rob volta rastejando e dizendo que a quer de volta.. E aí? Quem será que ela escolhe? 


Viv dá muitas mancadas ao longo da história, paga um baita mico no casamento que vai por conta da sua dor de cotovelo. Mas também, depois de 5 anos com alguém, tendo adiado o casamento 3 vezes, descobrir que com 1 mês de afastamento seu noivo já arrumou outra e vai se casar em Bali no mês seguinte, desestrutura até as pessoas mais centradas! 

Falando de alguns personagens:

Lucy (melhor amiga de Viv) - é muito interessante, uma mulher confiante, bem sucedida e louca por sexo. Não tem Mimi Mimi com ela.. E Gostei quando ela coloca Viv no lugar dela, dizendo que ela vive passando por uma crise.. E que parece gostar disso! Foi um tapa na cara sem mão que a Viv estava mesmo precisando!

A avó de Viv, uma jovem senhora viúva que resolveu seguir em frente com seu vizinho, porém Viv acha aquilo absurdo e a critica ou se afasta sempre que pode. Ela se sente incomodada que sua avó de 70 anos tenha alguém após 2 anos de falecimento de seu avô.. Isso me fez ficar chateada com Viv, pois é de extremo egoísmo querer que sua avó esteja, como ela mesma menciona, disponível para ela sempre.. E solitária?  Alouuuu!

Rob -  é egoísta, egocêntrico, e está preocupado com o próprio nariz. Eu o detestei de cara. E realmente Viv era uma cega de não ter percebido quem ele era de verdade! Não sei de onde vinha todo aquele encantamento.. Bom, na verdade sei! Da carteira dele! A segurança financeira que ele poderia lhe proporcionar, o sonho de filhos, família perfeita, e etc.. Era isso que Viv via nele!

Max - Um artista, um tanto boêmio, porém atraente, sexy e um perfeito cavalheiro. Um ótimo amigo, que cuidou de Viv em momentos que ela mais precisava. Por mais que ele não tivesse um futuro promissor, cheio de notas no bolso, ainda sim, um bom partido, com um talento nato para a arte!

Bom.. Resumindo, eu curti bastante a história, que mesmo em momentos de completo desespero da personagem principal teve seu toque cômico. 
Fiquei com raiva de a Viv ser tão burra em determinadas escolhas e situações, mas quando se ama ou pensa que ama, agimos no impulso, então meio que a entendo! 
Eu recomendo EmBuscadoAmor.com para quem curte comédias românticas e quer se divertir!







13 comentários:

  1. Oi, Karini.

    Realmente as vezes os chick-lit não são meu gênero de livro mais procurado, mas vezes eu curto pra distrair. Eles sempre são tão divertidos.
    Gostei muito da sua resenha e me identifiquei com a Vivienne. >.<
    Irei anotar o nome dele aqui.

    Visite: http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oii Karini!
    Eu adoro chick-it, sem dúvida é um dos meus gêneros favoritos! Já fiquei apaixonada pelo Max hahaha
    Adoro comédias românticas e com certeza procurarei mais sobre o livro!

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Karini!
    Chick-lit é sempre um leitura mais leve e hilária. Fiquei imaginando por tudo que Viv passou e realmente é de surtar, adiar 3 vezes o casamento de um relacionamento de 5 anos e após um mês o cara já estar com outra e viajar para Bali, é demais....
    Bem interessante.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Amo Chick-lit, mas tenho minha autora favorita que é Sophie Kinsella e depois dela acho difícil encontrar outra autora que supere as minhas expectativas. Só pela sinopse não leria o livro, mas gostei bastante da sua resenha.

    ResponderExcluir
  5. Curto muito comédia romântica e essa parece ser ótima, fiquei ainda mais interessada em ler o livro depois de ver essa resenha, já foi pra lista.

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha Karini!!!! Só não gostei desse Rob, rsrsrsrs!! Me parece que a Viv merece coisa bem melhor e acredito que ela encontre, rsrsrs. A história me pareceu meio clichê, mas eu gosto de clichês e de dar boas risadas também, rsrsrsrs.

    ResponderExcluir
  7. Que legal! Amo chick-lit e quando alguém comenta de um que gostou, me animo e vou atrás dele.
    Esse tipo de gênero eh pra aqueles que querem um momento de descontração.
    Adicionei na minha lista ;)

    ResponderExcluir
  8. Esses livros sao muito bons mesmo pra distrair, apesar de ter lido poucos, da pra dar uma relaxada sim... rsrs
    Pois é, eu mesmo ja desabafei pela internet, ou por mensagens, enfim hoje em dia ta muito comum mesmo, mas eu ainda prefiro a conversa cara a cara, não tem nada melhor do que conversar com uma pessoa, seja pra desabafar, ou só conversar mesmo.
    coitada da Viv.. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Não há nada melhor para nos distrair do que um bom chick-lit,sempre deixo um reservado pra aqueles dias quando estou mal humorada ou deprimida.E eu entendo o que tu sentiu pela Viv eu nem li mas já fiquei com vontade de mandar ela abrir os olhos e enxergar quem realmente a ama.Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  10. Desmarcar o casamento três vezes não foi o suficiente pra Viv? Pelo amor de Deus hen, ela é bem burrinha, o cara é um babaca e eu percebi isso sem nem ler o livro, aff.

    ResponderExcluir
  11. Eu adoro este genero, ele sempre nos traz um romance fofo e muito engraçado,
    este eu ainda não conhecia e parece ser bem engraçado,
    mas tenho medo de quem ela escolhe no final...espero que seja esperta e não seja o ex rsrs,
    beijos.

    ResponderExcluir
  12. Olá Karini!!
    Não vou negar que se fosse pela capa eu NUNCA leria esse livro e pela sinopse muito menos, mas eu adorei a sua resenha, e ela me despertou o interesse pelo livro, talvez eu o leia. A história parece ser divertida com um pouco (muito?) de clichê e no final uma escolha importante!! Realmente gostei!

    Xo
    Re.View

    ResponderExcluir
  13. Karini, eu não li esse livro. Ontem terminei um chick-lit e gostei bastante. Geralmente não curto o gênero não, mas esse aí me despertou o interesse.

    ResponderExcluir