Resenha || Dark House - Experimente O Terror #1 - Karine Halle




Editora Única, 2014,Edição 01
Há sempre algo fora do normal em Perry Palomina. Embora ela esteja vivendo uma crise ao passar pela síndrome pós-faculdade, assim como qualquer garota de vinte e poucos anos, ela não é o que chamaríamos de comum.Perry possui um passado que prefere ignorar, e há também o fato de que ela consegue ver fantasmas. Tudo isso vem a calhar quando se depara com Dex Foray, um excêntrico produtor que está trabalhando em um webcast sobre caçadores de fantasmas.Dex, que se revela um enigma enlouquecedor, arrasta Perry para um mundo que a seduz e ameaça sua vida. O farol de seu tio é pano de fundo de um mistério terrível, que ameaça a sanidade da moça e faz com que ela se apaixone por um homem que, como o mais perigoso dos fantasmas, pode não ser o que parece.

"A única coisa mais assustadora que lidar com 
os mortos é lidar com nós mesmos."


Para aqueles que gostam de fantasmas e situações macabras esse é o livro ideal.
Toda a história é ambientada em um enredo para lá de assustador ou no mínimo obscuro.
Perry é uma jovem mulher que tem sonhos estranhos e uma vida que não lhe satisfaz. Ela sempre imaginou que nasceu para fazer algo especial, porém esse algo não aconteceu até hoje e mesmo após, formada em publicidade ela encontra-se insatisfeita em um emprego de recepcionista olhando a vida passar. Na adolescência Perry nunca foi popular, sendo “gorda”; os garotos não lhe davam a mínima e as garotas menos ainda. Então sempre foi muito solitária e continua até hoje. Ela tem uma irmã adolescente que parece ter encontrado seu caminho mesmo sem se dar conta, sendo blogueira prestigiada onde se inspira na moda e lança tendências e já consegue ganhar com propagandas.  Sua mãe é ex-modelo e seu pai um homem comum. Enquanto a vida de todos parece estar exatamente onde deveria a de Perry parece não engrenar..

 "Caminhei até o espelho e averiguei meu rosto
procurando por sinais contundentes de loucura.
Eu estava uma merda, mas era comum ficar assim
pela manhã, antes de as minhas cinco xícaras de café
fazerem efeito."
pág.10


Tudo começa a mudar na vida de Perry quando ela sai para um fim de semana em família na casa de seu tio Albert. Neste local existe um Farol desativado e o mesmo sempre intrigou Perry, que nunca ousou chegar perto antes. Mas nesse fim de semana, cansada do tédio e da rotina massacrante ela resolve arriscar uma visita ao Farol, só o que não poderia imaginar é que sua vida iria mudar para sempre.

O lugar é terrivelmente macabro e tudo nele parece gritar: “cuidado!”, mas mesmo assim, Perry se arrisca a arrombar a janela e se esgueira para dentro.. Lá ela bate de frente com De, que a princípio confunde não só Perry, como nós leitores.. Pois não sabemos se ele é real ou fruto do medo vivenciado por Perry dentro das paredes do Farol.

 "Um sentimento assustador tomou conta de mim.
Eu me lembrei do sonho que tive. De repente, me senti
inexplicavelmente apavorada."
pág.18


Aos poucos Perry perceberá que sabe muito mais sobre o Farol do que pensava, já que vem tendo sonhos horripilantes com o mesmo e sua história. E como se não bastasse, vai vendo-se envolvida cada vez mais por Dex, que hora demonstra ser um cara legal e atraente, outras é completamente confuso e insano.

Ambos possuem segredos em seu passado que de alguma forma parece estar ligado. Uma “velha decrépita” aparece para ambos garantindo a ligação deles.. A velha não está viva, porém também não está tão morta como era de se esperar!

O que achei do livro: Gostei demais da história, adoro esses enredos macabros, pode parecer bobo, mas me assustam verdadeiramente! Cada um com seu cada um, mas eu acredito que existe mais no mundo do que os nossos olhos possam detectar!

Perry é engraçada, imatura ainda, porém esperta para lhe dar com a situação que cai em seu colo.. Quando digo imatura, não que ela seja infantil, mas ela é uma jovem que devido ao seu passado não teve experiência com garotos, e isso a faz ficar suspirando por Dex o tempo todo, apesar de o mesmo a assustar em vários momentos!

Dex é enigmático e perceptivelmente está escondendo coisas de Perry, o que o torna ainda mais charmoso pelo mistério.. rs



Espero que vocês possam ler e apreciem Dark House tanto quanto eu!

4 comentários:

  1. Karini, bem misteriosa a obra. Um lançamento que estava com vontade de ler desde o início. Sua resenha foi a primeira que li do livro e confesso que apenas aumentou a minha vontade.
    O fato dela conseguir ver fantasmas é bem assombrador e me deixou com vontade de saber como que ela lida com tudo isso

    ResponderExcluir
  2. Oi Karini a obra é bem o que eu achei que fosse quando li sua sinopse. Já está na minha lista.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Oi Karini!
    Finalmente alguém fez uma resenha desse livro. Eu vi eles nos lançamentos da Única e me interessei mas tava esperando alguém resenhar pra ver se valia a pena de verdade. E cheguei a conclusão que vale sim! Adoro histórias de terror mas as vezes é dificil achar uma que compensa, que da susto de verdade, e Dark House parece ser muito bom. Não vejo a hora de ler. bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá, Karini tudo bom?
    Comprei Dark House, no sábado - 23 - na Bienal.
    A vendedora me falou tão bem! E o preço estava ótimo, 50% de desconto!
    A capa é tão linda e ainda vem com um marcador no fim, muito fofo!
    Estou louca para começar a ler e a sua resenha me deixou mais curiosa ainda sobre o livro!
    Beijos

    ResponderExcluir