Resenha || O Cemitério - Stephen King



Uma das histórias mais terríveis de Stephen King, O cemitério mostra como a dor e a loucura, muitas vezes, dividem a mesma estrada.
Louis Creed, um jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar em uma pequena cidade do Maine. A boa casa, o trabalho na universidade e a felicidade da esposa e dos filhos lhe trazem a certeza de que fez a melhor escolha.Num dos primeiros passeios pela região, conhecem um cemitério no bosque próximo à sua casa. Ali, gerações de crianças enterraram seus animais de estimação. Mas, para além dos pequenos túmulos, há um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras. Um universo dominado por forças estranhas capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível. A princípio, Louis Creed se diverte com as histórias fantasmagóricas do vizinho Crandall. No entanto, quando o gato de sua filha Eillen morre atropelado e, subitamente, retorna à vida, ele percebe que há coisas que nem mesmo a sua ciência pode explicar. Que mistérios esconde o cemitério dos bichos? Terá o homem o direito de interferir no mundo dos mortos? Em busca das respostas, Louis Creed é levado por uma trama sobrenatural em que o limite entre a vida e a morte é inexistente. E, quando descobre a verdade, percebe que ela é muito pior que seus mais terríveis pesadelos. Pior que a própria morte – e infinitamente mais poderosa.




Este é sem dúvida, um dos melhores livros do King, eu simplesmente não consigo deixar de apreciar suas obras e a cada uma lida, me torno mais fã do autor.. Se é que isso é possível!
A escrita de King é ao mesmo tempo macabra, sobrenatural e realista. Ele sempre cria personagens palpáveis que agradam o leitor ou mesmo nos faz ter algum ponto onde ligar algo ou alguém aquele personagem. Outra coisa que admiro muito na escrito de King é o humor negro, as ironias e tiradas que nos faz pregar os olhos ao livro e dar boas gargalhadas mesmo em um cenário completamente horripilante!

O médico Louis Creed e sua família  se mudam para uma casa no Maine, e o Dr. passa a trabalhar em uma universidade. Sua nova casa está localizada em uma rodovia onde muitos animais já foram atropelados e mortos devido ao fluxo dos carros e a falta de controle do mesmo. Os animais são enterradas em um cemitério no terreno da casa do Dr.Creed.
Além desse cemitério de animais, ha um local onde índios enterravam seus descendentes e onde as pessoas costumam ter medo, pois acreditam existir uma maldição.
Jud, vizinho dos Creed, parece saber muito sobre o local onde a família foi morar, assim como outros moradores do local e tudo que contam é de dar arrepios.. A família vivência situações sinistras onde o limite entre realidade e pesadelo parece se entrelaçar e deixar não só os personagens aterrorizados, mas a nós leitores também!
Em dado momento o gatinho da família morre atropelado e após ser enterrado no cemitério dos bichos o mesmo reaparece na casa um tanto quanto alterado.. não sendo mais o bichinho de estimação e sim algo bem mais macabro e de dar medo!

Ha momentos de puro horror que pude vivenciar com essa história, não sei se por ter personagens tão jovens como o pequeno Gage.. Mas realmente me senti agoniada no decorrer da leitura!

Mais um clássico do querido King que tenho o prazer de ler e ter em minha estante!


3 comentários:

  1. Quando o livro é do King a adrenalina já começa pela capa, pelo nome, se perde na sinopse e acaba na última página.
    É surpreendente como o autor tem o poder de criar personagens e criar histórias únicas e incríveis.
    Adorei a resenha, o livro, a capa, o nome, tudo. O autor é deslumbrante.

    ResponderExcluir
  2. Oi Karini, realmente o Mr King é um dos poucos autores que conseguem usar tão bem o humor negro.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Oi Karini! Eu já assisti o filme, é bem antigo mas eu adorei, bem macabro mesmo e tenho muita vontade de ler o livro, é uma história muito boa. King faz jus ao seu nome haha

    ResponderExcluir